Produção de mudas de alface (lactuca sativa l.) Com diferentes substratos em ambiente fechado / Production of lettuce muds (lactuca sativa l.) With different substrates in closed environment

Iolly Barbara dos Santos Mesquita, Dalcirlei Pinheiro Albuquerque, Ana Laura da Silva Luz, Luã Souza de Oliveira, José Pires de Araújo Neto, Felipe Cunha do Rego, Izadora de Cássia Mesquita da Cunha, Érica Joziélen Cunha da Silva, Marília Lima da Silva, Gabriela Cristina Nascimento Assunção, Francisco Carlos Rossetti Junior, Davi Henrique Lima Teixeira

Resumo


Na produção de mudas, o substrato é o componente mais importante, uma vez que influencia uma série de outros fatores produtivos. Com o objetivo de avaliar a produção de mudas de alface com diferentes substratos alternativos, foi realizado experimento em casa de vegetação, onde os tratamentos utilizados foram: T1: Terra preta; T2: Compostagem; T3: Terra preta + esterco bovino (1:1); T4: Terra preta + esterco de galinha e T5: Terra preta + serragem, com delineamento experimental inteiramente casualizado e quatro repetições. Os caracteres avaliados foram porcentagem de germinação (%G) aos 15 dias após semeadura e peso fresco, seco e número de folhas após 34 dias. Os resultados mostraram que para %G o tratamento mais eficaz foi T1, porém para os outros caracteres avaliados destaca-se os tratamentos T2 e T4, mostrando que compostos orgânicos propiciam bom desenvolvimento de mudas, trazendo grandes benefícios e rentabilidade aos produtores.

 

 


Palavras-chave


Compostos orgânicos, hortaliça, rentabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


BURÉS, S. Substratos. Madri: Agrotécnicas, 1997. 342 p.

CÂMARA, M. J. T. Diferentes compostos orgânicos e plantmax como substratos na produção de mudas de alface, Mossoró – RN: ESAM, 2001. 32p

CORTEZ, L. A. B; HONÓRIO, S. L.; NEVES FILHO, L. C.; MORETTI, C. L. Importância do resfriamento para frutas e hortaliças no Brasil. In: CORTEZ, L. A. B.; HONÓRIO, S. L.; MORETTI, C. L. Resfriamento de frutas e hortaliças. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2002. p.17-35.

DE MEDEIROS, M. C. L.; DE MEDEIROS, D. C.; FILHO, J. L. Adubação foliar na cultura da rúcula em diferentes substratos. Revista Verde (Mossoró – RN – Brasil) v.2, n.1, p. 85-89 Janeiro/Julho de 2007.

DINIZ, K. A.; GUIMARÃES, S. T. M. R; LUZ, J. M. Q. Húmus como substrato para a produção de mudas de tomate, pimentão e alface. Biosci. J., Uberlândia, v. 22, n. 3, p. 63-70, Sept./Dec. 2006.

LÜDKE, I.; SOUZA, R.B.; BRAGA, D.O.; LIMA, J.L.; RESENDE, F.V. Produção de mudas de pimentão em substratos a base de fibra de coco verde para agricultura orgânica. In: IX SIMPÓSIO NACIONAL DO CERRADO. II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE SAVANAS TROPICAIS, 2008, Resumos... Brasília. Planaltina, DF: Embrapa Cerrados, 2008.

MARQUES, P. A. A.; BALDOTTO, P. V.; SANTOS, A. C. P.; OLIVEIRA, L. de. Qualidade de mudas de alface formadas em bandejas de isopor com diferentes números de células. Horticultura Brasileira, v. 21, n. 4, Brasília, p. 649-651, oct./dez. 2003.

MINAMI, K. Produção de Mudas de alta qualidade em Horticultura. Piracicaba: T. A. Queiroz, 1995. 135p.

SALA, F. C.; COSTA, C. P. ‘Piraroxa’: Cultivar de alface crespa de cor vermelha intensa. Horticultura Brasileira, Brasília, v.23, n.1, p. 158-159, 2005.

SILVA, A. C. R.; FERNANDES, H. S.; MARTINS, S. R.; SILVA, J. B. SCHIEDECK, G.; ARMAS, E. Produção de mudas de alface com vermicompostos em diferentes tipos de bandeja. Horticultura Brasileira, Brasília: v.18, p jul.2000.

SMIDERLE, O. J; SALIBE, A. B.; HAYASHI, A. H.; PACHECO, A. C.; MINAMI, K. Produção de mudas de alface, pepino e pimentão desenvolvidas em quatro substratos. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 18, p. 510-512, jul. 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.