Perfil socio-econômico dos coletores de materiais recicláveis de Senhor Do Bonfim (BA) / Socio-economic profile of Senhor Do Bonfim, Brazil, Bahia recycling materials collectors

Beatriz Hanna dos Santos Oliveira, Edilane Silva Leite, Fabiano Costa de Sá, Emile Mena Lima Menezes Rios, Claudine Gonçalves de Oliveira

Resumo


O objetivo deste trabalho foi conhecer o perfil dos catadores de material reciclado de Senhor do Bonfim (BA), a fim de fornecer subsídios ao Poder Público, Organizações Não-Governamentais (ONGs) e a sociedade civil para planejar estratégias e ações voltadas à criação de uma nova consciência ecológica entre os coletores. Inicialmente, foram feitas revisões bibliográficas relacionadas ao impacto ambiental provocado pelo descarte inadequado de resíduos sólidos, e sobre a saúde dos trabalhadores que tem contato direto com esse material. A pesquisa caracterizou-se como pesquisa de opinião quali-quantitativa e descritiva realizada na cidade Senhor do Bonfim (BA).  A coleta dos dados foi realizada, através de um questionário estruturado composto por 15 perguntas abertas e fechadas, a respeito de questões sócio-econômicas e sobre a atuação dos catadores. Os dados foram analisados por amostragem e tabulação e permitiram elaborar o diagnóstico Social, identificando entre eles, baixa escolaridade e renda obtida pela informalidade de suas atividades laborais, que estão aquém do necessário para suprir as necessidades de uma vida digna, a ser utilizado para iniciar e ampliar as discussões e reflexões acerca da realidade e dificuldades vivenciadas pelos catadores do município.


Palavras-chave


Reciclagem, Lixões, aterro sanitário, resíduos sólidos.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRELPE. Panorama dos resíduos sólidos no Brasil. 2016. Disponível em: http://www.abrelpe.org.br/Panorama/

BENVINDO, Aldo Z. A nomeação no processo de construção do catador como ator econômico e social. 2010. Dissertação (Mestrado) – Universidade de Brasília, Brasília, 2010. http://repositorio.unb.br/handle/10482/6948

BAHIA. Ministério Público. Desafio do lixo: problemas, responsabilidades e perspectivas: Relatório 2006/2007 / Ministério Público do Estado da Bahia. Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Meio Ambiente - Salvador: Ministério Público, 2006. 125 p.

BRASIL. Lei 12.305, de 02 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Brasília. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm

CASTELLS, M. Communication, Power and Counter-power in the Network Society. Annenberg School for Communication.University of Southern California. P. 238-266. 2006.

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. Guia de atuação ministerial: encerramento dos lixões e Inclusão social e produtiva de catadoras e catadores de materiais recicláveis / Conselho Nacional do Ministério Público. Brasília: CNMP, 2014. http://www.cnmp.mp.br/portal/publicacoes

CRUZ, S.L.F., GOMES, M.V.C.N., BLANCO, C.J.C. TRABALHO E RESÍDUOS: UMA INVESTIGAÇÃO SOBRE OS CATADORES DE LIXO DE UM ATERRO CONTROLADO NA AMAZÔNIA. R. gest. sust. ambient., Florianópolis, v. 6, n. 2, p. 351 - 367, 2017. http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v6e22017351-367

FREITAS, D. G., FERREIRA, F. P. M. Perfil dos Catadores de Materiais Recicláveis nos Lixões de Minas Gerais. Caderno de Geografia, v.25, n.44, p. 2015. http://dx.doi.org/10.5752/p.2318-2962.2015v25n.44p.1

FREITAS, C. A. L. L., TAVARES, J. C. Emancipação humana e controle social da produção: os dilemas das classes trabalhadoras na perspectiva de superação do capitalismo. PLURAL, Revista do Programa de Pós Graduação em Sociologia da USP, São Paulo, v.19.1, 2012, pp.99-117. https://doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2012.74453

GONÇALVES, C. V., Malafaia, G., Castro, A. L. S., Veiga, B. G. A. A VIDA NO LIXO: UM ESTUDO DE CASO SOBRE OS CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS NO MUNICÍPIO DE IPAMERI, GO. HOLOS, Ano 29, Vol 2, p. 238-250, 2013. http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/841

HARARI, Yuval Noah. Sapiens: uma breve história da humanidade. Trad. Janaína Marcoantonio. Porto Alegre: L&PM, 2015. 464p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Projeção da população do Brasil. 2008. https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=298582

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Pesquisa Nacional de Saneamento Básico. IBGE: Rio de Janeiro, 2002. 397 p. https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=283195

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Pesquisa Nacional de Saneamento Básico. IBGE: Rio de Janeiro, 2010. 219 p. https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=283636

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Pesquisa nacional de saneamento básico. 2008. https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=245351

IPEA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Situação Social das Catadoras e dos Catadores de Material Reciclável e Reutilizável. Brasil. Brasília, 2013. http://ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_alphacontent&view=alphacontent&Itemid=373&search=situa%C3%A7%C3%A3o+social+das+catadoras+e+dos+catadores+de+material+recicl%C3%A1vel+e+reutiliz%C3%A1vel

IPEA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Catadores de materiais recicláveis: um encontro nacional. Brasil. Rio de Janeiro, 2016. http://ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_alphacontent&view=alphacontent&Itemid=358&search=catadores+de+materiais+recicl%C3%A1veis

KIRCHNER, R. M. SAIDELLES, A. P. F., STUMM, E. M. F. Percepções e perfil dos catadores de materiais recicláveis de uma cidade do RS. G&DR v. 5, n. 3, p. 221-232, 2009. http://www.rbgdr.net/032009/

MAGERA, Márcio. Os empresários do lixo. São Paulo: Átomo, 2003. 193 p.

MARX, Karl. Das Kapital. Band I. MEW 23. Berlin: Dietz Verlag, 1983.

MARX, Karl. Das Kapital. Band III. MEW 25. Berlin: Dietz Verlag, 1983.

MARX, Karl. Ökonomisch-philosophische Manuskripten. MEW 40. Berlin: Dietz Verlag, 1968.

MORIN, E. O método II: a vida da vida. Porto Alegre: Sulina, 2005. 528p.

PINHEL, Julio Ruffin. Do lixo à Cidadania: guia para formação de Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis. / Julio Ruffin Pinhel (org.); ilustrado por Luciano Irrthum. - São Paulo: Petrópolis, 2013. http://www.socioeco.org/bdf_fiche-document-2137_pt.html

OLIVEIRA, Denise Alves M.. Percepção de riscos ocupacionais em catadores de materiais recicláveis: Estudo em uma Cooperativa em Salvador-Bahia. 2011, 174f. Dissertação (Mestrado em Saúde) Faculdade de Medicina da Bahia, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2011. https://www.academia.edu/35503400/Percep%C3%A7%C3%A3o_de_riscos_ocupacionais_em_catadores_de_materiais_recicl%C3%A1veis

OST, F. A natureza à margem da Lei: a ecologia à prova do direito. Lisboa: Instituto Piaget, 1995.

RIOS, E. M. L. M. et al. O Território do Lixo: discutindo o caso dos catadores de materiais de Jacobina – Bahia. Revista Espaço e Geografia. v. 20, n. 2 (2017). http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/issue/view/31

1 SAUVÉ, L. A Educação Ambiental: uma relação construtiva entre a escola e comunidade. Montréal: Projeto EDAMAZ, UQAM, 2000.

SNIS. Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento. Ministério das Cidades. Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental [SNSA]. 2018. http://app3.cidades.gov.br/serieHistorica/#

SOUZA, M. A., SILVA, M. M. P., BARBOSA, M. F. N. Os catadores de materiais recicláveis e sua luta pela inclusão e reconhecimento social no período de 1980 a 2013. Revista Monografias Ambientais - REMOA v.13, n.5, p.3998-4010, 2014. http://dx.doi.org/10.5902/22361308115145

THEIS, I. M. Limites energéticos do desenvolvimento. Blumenau: FURB. 1996.

9.2. TRES, D. R. et al. A construção de cenários da relação homem-natureza sob uma perspectiva sistêmica para o estudo da paisagem em fazendas produtoras de madeira no planalto norte catarinense. Ambiente & Sociedade. vol.14 no.1 São Paulo Jan./June 2011. http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-753X2011000100009


Apontamentos

  • Não há apontamentos.