Correlação de indicadores socioeconômicos e a geração de resíduos sólidos urbanos do município de Atalaia, Alagoas, Brasil / Correlation of socioeconomic indicators and the generation of urban solid waste in Atalaia, Alagoas, Brazil

Amanda Silva de Medeiros, Maxwel Costa de Amorim, Mariana Dé Carli de Albuquerque Melo, Mayara Andrade Souza, Velber Xavier Nascimento

Resumo


Estima-se que, nas últimas décadas, o aumento da quantidade de resíduos superou em três vezes o aumento populacional. Em consequência, devido a inexistência de uma destinação adequada e que acompanhe tal evolução populacional, esta intensificação na produção de rejeitos ocasiona inúmeros problemas no meio urbano e ambiental. Diante disso, o presente trabalho objetiva correlacionar indicadores socioeconômicos a produção de resíduos sólidos urbanos no município de Atalaia, Alagoas, Brasil, identificando as principais variáveis que norteiam a conexão dos resíduos sólidos urbanos (RSU) com a sustentabilidade, bem como no tocante a intensidade do impacto na geração de RSU. A pesquisa se deu através da obtenção de dados de plataformas detentoras de informações dos mais diversos segmentos da sociedade civil, nas diversas escalas (federal, estadual e municipal). Mediante a análise dos resultados, obteve-se a correlação entre o Potencial Reverso de Resíduos e População acima de 25 anos com ensino superior completo com maior notoriedade, o que revela relação diretamente proporcional entre tais variáveis. Com a apresentação desta correlação, foram proporcionados dados para progresso no enfrentamento das adversidades sustentáveis impostas pelo gerenciamento inadequado de resíduos, fornecendo maior conhecimento para melhores investimentos nas estruturações das políticas públicas quanto a esfera ambiental.


Palavras-chave


Sustentabilidade, Meio ambiente, Variáveis; Lixo, potencial reverso de resíduos.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EMPRESAS DE LIMPEZA PÚBLICA E RESÍDUOS ESPECIAIS (ABRELPE). Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2017, São Paulo, p.1-74, 2017.

FERREIRA, Juliana Carvalho; PATINO, Cecilia Maria. O que realmente significa o valor-p? J Bras Pneumol. v. 41, n 5, p. 485-485, 2015. http://dx.doi.org/10.1590/S1806-37132015000000215.

FIGUEIREDO FILHO, D. B.; SILVA JUNIOR, J. A. Desvendando os Mistérios do Coeficiente de Correlação de Pearson (r). Revista Política Hoje, vol. 18, n. 1, p. 115-146, 2009.

GHINEA, Cristina; DRAGOI, Elena Niculina; COMANITA, Elena-Diana; GAVRILESCU, Marius; CÂMPEAN, Teofil; Curteanu, SILVIA; GAVRILESCU, Maria. Forecasting municipal solid waste generation using prognostic tools and regression analysis. Journal of Environmental Management, v. 182, p. 80-93, 2016. http://dx.doi.org/10.1016/j.jenvman.2016.07.026

LEVIN, Jack. Estatística Aplicada a Ciências Humanas. 2a. Ed. São Paulo: Editora Harbra Ltda, 1987.

ROSSINI, Valéria; NASPOLINI, Samyra Haydêe dal Farra. Obsolescência Programada e Meio Ambiente: A Geração de Resíduos de Equipamentos Eletroeletrônicos. Revista de Direito e Sustentabilidade, Brasília, v. 3, n. 1, p. 51-71, 2017.

SUN, Nayseang; CHUNGPAIBULPATANA, Supachart. Development of an Appropriate Model for Forecasting Municipal Solid Waste Generation in Bangkok. Energy Procedia. 2017, v. 138, p. 907–912. 10.1016/j.egypro.2017.10.134


Apontamentos

  • Não há apontamentos.