Percepção dos Profissionais Contábeis da Região Metropolitana de Belo Horizonte Sobre a Importância do Contrato de Prestação de Serviços e da Carta de Responsabilidade da Administração / Perception of Accounting Professionals in the Belo Horizonte Metropolitan Region About the Importance of the Service Agreement and the Letter of Responsibility of Management

Leonardo Moreira Faria Madeira, Geová José Madeira, Cristiano Moreira da Silva, Gilberto Galinkin

Resumo


O presente artigo realizou um estudo em escritórios de contabilidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte, mais especificamente com profissionais contábeis que terceirizam seus serviços para empresas. O objetivo foi identificar o índice de aplicação do Contrato de Prestação de Serviços Contábeis e da Carta de Responsabilidade da Administração entre profissionais de contabilidade e seus clientes. Os dados foram coletados por meio de entrevista guiada por um questionário virtual, no qual foi possível analisar o comportamento dos entrevistados, profissionais de contabilidade, quanto à utilização de tais documentos. Investigou-se o nível de aplicação dos documentos, dificuldades, resistências, vantagens e desvantagens da utilização dos mesmos na prática contábil. Os resultados encontrados resultado da análise de 56 respondentes que participaram do estudo, 91% afirmam utilizar o Contrato de Prestação de Serviços Contábeis, e 41% disseram receber a Carta de Responsabilidade da Administração de seus clientes. Foi observado, também, que 80% dos respondentes afirmam enfrentar dificuldades e resistências para obtenção de Contratos de Prestação de Serviços e Carta de Responsabilidade, tais como desconfiança, clientes antigos, excesso de confiança, e desconhecimento. Sendo assim, o Contrato de Prestação de Serviços Contábeis e a Carta de Responsabilidade da Administração merecem atenção das autoridades e órgãos de classe, seja na sua fiscalização, quanto na reeducação das relações entre contratados e contratantes, ou mesmo na aplicação de penalidades.


Palavras-chave


Contrato de Prestação de Serviços Contábeis, Carta de Responsabilidade da Administração, Responsabilidade Civil, Código de Conduta Ética do Profissional da Contabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, A. C. et al. Compreendendo as definições do ITG 1000 utilizando a Carta de Responsabilidade. Trabalho apresentado como requisito para aprovação na disciplina Contabilidade Básica II do Curso de Ciências Contábeis da UFJF-GV, Governador Valadares – MG, 2013 (mimeo).

BALAMINUT. Carta de Responsabilidade da Administração. Disponível em: < http://www.balaminut.com.br/site/!!!!!Informa%C3%A7%C3%B5es_Online/informacoes online_balaminut/capa.asp?IDMateria=4468&IDMn=128>. Acesso em: 28 set. 2014.

BARRETO, G. A. A responsabilidade do contador perante o código civil brasileiro e suas aplicações contábeis: obrigatoriedades previstas no código civil brasileiro, lei nº 10.406 de 10/01/2002, em vigor desde 11/01/2003. Belo Horizonte: Líder, 2003.

BARRETO, G. A. Manual do contador. 1.ed. Belo Horizonte: Líder, 2005.

BRASIL. Resolução nº 987/03 do Conselho Federal de Contabilidade: regulamenta a obrigatoriedade do contrato de prestação de serviços contábeis e dá outras providências. Brasília, DF. Conselho Federal. Disponível em: .

Acesso em: 16 abril 2014.

BRASIL. Resolução nº 1.418/12 do Conselho Federal de Contabilidade: aprova a ITG 1000 – modelo contábil para microempresa e empresa de pequeno porte. Brasília, DF. Conselho Federal. Disponível em: . Acesso em: 25 abril 2014..

BRASIL. Resolução nº 1.457/13 do Conselho Federal de Contabilidade:

Obrigatoriedade da Carta de Responsabilidade da Administração. Disponível em: . Acesso em: 25 abril 2014.

BRASIL. Código Civil. Brasília, DF: Congresso Nacional. Disponível em: . Acesso em: 08 mai. 2014.

BRYMAN, A. Quantity and quality in social research. London: Unwyn Hyman, 1988.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE - CFC. Contrato de prestação de serviços de contabilidade. 1.ed. Brasília: CFC, 2003.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DE MINAS GERAIS – CRCMG.

Cartilha institucional. 3.ed.CRCMG, 2012, 39p.

DORNELES, J. L. R.; BARICHELLO, S. E. A responsabilidade civil do contabilista após o novo código civil brasileiro. Revista Eletrônica de Contabilidade, UFSM, 2004. Disponível em: . Acesso em: 4 mai. 2014.

FIUZA, R. Novo código civil comentado. 5.ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

JACOMOSSI, F. A.; PADILHA, E. S. A responsabilidade civil do profissional contábil à luz da lei 10.406/2002: uma análise das medidas preventivas e o resguardo de seus direitos. Disponível em: acesso em 28 abril 2014.

JUS BRASIL. Preposto. Disponível em:

. Acesso em: 08 mai. 2014.

OLIVEIRA, C. M. Responsabilidade civil e penal do profissional de contabilidade.

ed. São Paulo: IOB-Thomson, 2005.

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS. Pró-Reitoria de Graduação. Sistema de Bibliotecas. Padrão PUC Minas de normalização: normas da ABNT para apresentação de teses, dissertações, monografias e trabalhos acadêmicos. 9.ed. rev. ampl. atual. Belo Horizonte: PUC Minas, 2011. Disponível em: < http://www.pucminas.br/biblioteca>. Acesso em: 03 mar. 2014.

SILVA, L. R.; BRITO, V. B. O novo código civil para contadores. 2.ed. São Paulo: IOB Thomson, 2004.

SOARES, A. L. R. Carta de Responsabilidade da Administração uma mudança para melhor. Disponível em: < http://www.contabeis.com.br/artigos/1511/carta-de- responsabilidade-da-administracao-uma-mudanca-para-melhor/ >. Acesso em: 29 set. 2014.

TEIXEIRA, L. M. Ética profissional do contador. Disponível em: < http://www.artigonal.com/negocios-artigos/etica-profissional-do-contador-5825682.html >. Acesso em: 28 set. 2014.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 13.ed. São Paulo: Atlas, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.