Teorias e práticas relacionadas ao empreendedorismo e inovação no cps: projetos dessa natureza que envolvem pessoas, instituições de ensino e empresas em um levantamento teórico-prático / Theories and Practices Related to Entrepreneurship and Innovation in CPS: Projects of this nature that involve people, educational institutions and companies in a theoretical and practical survey

Adriano Carlos Moraes Rosa, Any Moraes Rosa, Elton Orris Marinho Da Silva, Fulvia Carolina Alves Correa, Vanessa Cristhina Gatto Chimendes

Resumo


Pequenos negócios respondem por mais de um quarto do PIB brasileiro, entretanto, vários estudos mostram que no Brasil são muitas as dificuldades das pessoas para iniciarem empresas, praticar o empreendedorismo. Projetos em parceria com escolas, universidades, grandes empresas e poder público, propõe estudos, análise e capacitação que oportunizam os indivíduos, primeiros passos, direcionando-os ao empreendedorismo e inovação, proporcionado uma experiência em que, diante do talento, esforço e até mesmo, “sorte”, esses consigam o sucesso. O Centro Paula Souza, com as unidades de ETECs e FATECs, possuem vários desses projetos e iniciativas cujo propósito é incentivar o empreendedorismo e a inovação, que visam disponibilizar o ferramental necessário básico para a formação empreendedora de alunos, ex-alunos e, pessoas da comunidade, facilitando e desenvolvendo seu entorno sócio econômico. A escrita deste artigo aborda esse tema, inovação e empreendedorismo em instituições de ensino através de projetos integradores e, utilizando de pesquisa exploratória, bibliográfica e documental, teve-se como objetivo, além de propor uma atualização teórica, apresentar prática, explorando e incentivando novos projetos alicerçados nessa temática, estabelecendo assim, um suporte ao aluno, ex-aluno, ou membro da comunidade. Com teoria e prática conseguiu-se aprimorar a elaboração de projetos, desenvolver habilidades de pesquisa, promover trabalhos em equipe, assim como, desenvolver a escrita acadêmica e, aproveitar a oportunidade de participação em um congresso internacional.


Palavras-chave


empreendedorismo, inovação, prática, projeto, teoria.

Texto completo:

PDF

Referências


AVENI, A. Empreendedorismo Contemporâneo: teorias e tipologias. São Paulo (SP):Atlas, 2014.

CERVO, A.; BERVIAN, P.; DA SILVA, R. Metodologia Científica. 6ª. Ed. São Paulo (SP): Pearson Prentice Hall, 2007.

CHERUBINI NETO, R. As Práticas e Ferramentas da Gestão do Conhecimento Auxiliam na Gestão da Interação Universidade-Empresa? Fundamentando e Apresentando a Hipótese. Encontro Nacional de Pós-Graduação em Administração. Salvador (BA): ANPAD, 2006.

CRESWELL, J.; CLARK, V. Designing and Conducting Mixed Methods Research. Reino Unido, Londres (UK): Sage Publications, 2007.

DEGEN, R. O Empreendedor: empreender como opção de carreira. 4ª. Ed., São Paulo (SP): Pearson Prentice Hall, 2009.

DORNELAS, J. Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. 6ª Ed., Rio de Janeiro (RJ), Elsevier, 2016.

ETEC. Escola Técnica Padre Carlos Leôncio da Silva. Quem Somos, 2018. Disponível em: . Acesso em: fevereiro de 2019.

GIL, A. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo (SP): Atlas, 2010.

HISRICH, R.; PETERS, M.; SHEPHERD, D. Empreendedorismo. 9ᵃ Ed. Porto Alegre (RS): AMGH Editora, 2014.

IPIRANGA, A.; FREITAS, A.; PAIVA, T. O Empreendedorismo Acadêmico no Contexto da Interação Universidade Empresa Governo. Cadernos Ebape.BR, vol. 8, n.4, p.676-693, 2010.

JUDGEV, K.; MÜLLER, R. A Retrospective Look At Our Evolving Understanding Of Project Success. Project Management Journal, New Jersey (USA), vol. 36, n. 4, p. 19-31, 2005.

KHORSHEED, M.; AL-FAWZAN, M. Fostering University-Industry Collaboration In Saudi Arabia Through Technology Innovation Centers, Innovation: Management. Policy & Practice, vol. 16, n. 2, p. 224-237, 2014.

KON, A. Ecossistemas de Inovação: a natureza da inovação em serviços. Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace, vol. 7, n. 1, 2016.

LAHORGUE, M. Pólos, Parques e Incubadoras: instrumentos de desenvolvimento do século XXI. Brasília (DF): ANPROTEC, 2004.

MACULAN, A.; MERINO, J. Como avaliar a transferência do conhecimento na interação universidade-empresa? XX Simpósio Gestão da Inovação Tecnológica. São Paulo (SP), 1998.

MARCONI, M.; LAKATOS, E. Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo (SP): Atlas, 2010.

RABECHINI JR, R.; CARVALHO, M. Gestão projetos inovadores em uma perspectiva contingencial: análise teórico-conceitual e proposição de um modelo. INMR-Innovation & Management Review, vol. 6, n. 3, p. 63-78, 2009.

ROLIM, C.; SERRA, M. Universidades e Desenvolvimento Regional: o apoio das instituições de ensino superior ao desenvolvimento regional. Curitiba (PR): Juruá, 2009.

SANTOS, A.; FAZION, C.; MEROE, G. Inovação: um estudo sobre a evolução do conceito de Schumpeter. Caderno de Administração, vol. 5, n. 1, 2011.

SERAFIM, L. O Poder da Inovação: como alavancar a inovação na sua empresa - a experiência da 3M e de outras empresas inovadoras. São Paulo (SP): Saraiva, 2015.

TERRIBILI FILHO, A. Indicadores de gerenciamento de projetos: monitoração contínua. São Paulo (SP): Macron Books, 2010.

TROT, P. Gestão da Inovação e Desenvolvimento de Novos Produtos. Porto Alegre (RS): Bookman, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.