Simulação do sistema de call center em uma multinacional de produtos nutritivos e controle de peso / Simulation of the call center system in a multinational company of nutrition products and weight control

Ariane Mendes Nogueira, Camila Aparecida da Silva, Gabriele Ribeiro Rodrigues, Eliacy Cavalcanti Lélis, Rogério Monteiro

Resumo


Este artigo aborda a análise do sistema de atendimento call center de uma empresa multinacional de nutrição e controle de peso com a aplicação da teoria das filas na simulação do processo para a proposição de melhorias. A metodologia utiliza uma pesquisa bibliográfica e um estudo de caso com simulação utilizando o software Arena. Os resultados mostram efeitos negativos do tempo de espera de fila de atendimento do call center, por isso aplicou-se teoria das filas seguida de simulação com a finalidade de analisar as características da fila, prever seu comportamento e dimensionar adequadamente os recursos. Verificou-se que a escala do horário de almoço dos funcionários, era dividida em três turnos, cada turno uma determinada quantidade de funcionários saia, e a partir desta saída que surgiam os gargalos e filas. Foi possível sugerir uma melhoria no dimensionamento do horário do almoço e diminuição de filas. Conclui-se que a simulação é uma ferramenta gerencial que pode auxiliar a tomada de decisão na melhoria do fluxo do call center estudado.


Palavras-chave


Call center, Simulação, Teoria das filas.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Eduardo Leopoldino de. Introdução à pesquisa operacional: métodos e modelos para análise de decisões. 3ª. ed. Rio de Janeiro: LTC Editora, 2002.

BARBOSA, Joao Paulo Chaves. Uma ferramenta paralela para simulação de eventos discretos com monitoramento dinâmico de processos. 2012. 70 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Ciência e Tecnologia da Computação, Universidade Federal de Itajubá – Unifei Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia da Computação, Itajubá, 2012.

CHWIF, L.; MEDINA, A. C. Modelagem e Simulação de Eventos Discretos: Teoria e Aplicações. 2. ed. São Paulo: Editora dos Autores, 2010.

DAVIS, Mark M. Fundamentos da administração da produção. 3a.ed. Porto Alegre: Bookman Editora, 2001.

FOGLIATTI, M. C.; MATTOS, N. M. C. Teoria de filas. Rio de Janeiro, 2007;

GIL, Antônio Carlos.Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

HILLIER, F., LIEBERMAN, G. Introduction to operations research. New York: McGrawHill, 1995.

MATOS, C. L. Avaliação e análise do desempenho dos processos de serviço, numa agência bancária, sob a ótica de seus clientes e funcionários da “linha de frente”. Dissertação [Mestrado Em Eng. Produção] Programa de Pós-Graduação em Engenharia De Produção, Universidade Federal De Santa Catarina, Florianópolis - SC, 2000.

PARAGON DECISION SCIENCE. Página principal. Disponível em www.paragon.com.br. Acesso em 05, março. 2018.

PROMODEL BETTER DECISONS FASTER. Página principal. Disponível em: www.promodel.com. Acesso em 01, abril. 2018.

RAGSDALE, C. Spreadsheet modeling and decision analysis. Tennessee: South-Western, 2001.

PRADO, Darci. Teoria das filas e da simulação. 3. ed. São Paulo: Editora Falconi, 2006.

PEGDEN, C.D., SHANNON, R.E.,SADOWSKI, R.P. Introduction to Simulation Using SIMAN, McGraw-Hill, New York, USA. v. 2. 1991.

ROHRER, M. W.; MCGREGOR, I. W. Simulating reality using automod. In: Simulation Conference, 2002. Proceedings of the Winter, 2002. vol.1.

ROCHA, Paulo Jorge da; MARQUES, Silva Sá. Simulação de um sistema automático de logística interna para a indústria de calçado. 2007. 126 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, Porto, 2007.

SAKURADA, N.; MIYAKE, D. I. Estudo comparativo de softwares de simulação de eventos discretos aplicados na modelagem de um exemplo de loja de serviços. In: XXIII ENEGEP - Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2003.

SIMUL8. Página principal. Disponível em: www.simul8.com. Acesso em 08, abril. 2018.

YIN, R. K. Estudo de caso: Planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman editora, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.