Indústria 4.0: a manufatura aditiva como ferramenta de inovação e otimização / Industry 4.0: additive manufacture as an innovation and optimization tool

Matheus De Oliveira Aires, Adriano Carlos Moraes Rosa, Carlos André Mattei Gyori, Clara Regina Gaby Reis, Karina Buttignon

Resumo


A Manufatura Aditiva pode ser conceituada como a fabricação de objetos por meio de adição de materiais, a partir de um modelo digital tridimensional. Anteriormente conhecida como prototipagem rápida, seus aspectos positivos no processo de produção asseguram sua exploração na Indústria 4.0 e logística 4.0 e, suas vantagens que essa nova tecnologia traz comparada à sua antecessora, hoje são reconhecidas e consideradas como elemento diferencial e estratégico. Este artigo objetiva, principalmente, apresentar por metodologia de pesquisa exploratória bibliográfica, apoiada por casos documentados em consolidadas empresas de grande porte a Manufatura Aditiva, seus processos, materiais e tecnologias mais utilizados para este procedimento. Pretendeu-se e conseguiu-se também, promover o trabalho em equipe, desenvolver a escrita acadêmica e aproveitar a oportunidade de participação em um congresso internacional.


Palavras-chave


ferramenta, indústria 4.0. inovação, manufatura aditiva.

Texto completo:

PDF

Referências


ABDI. Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial. Inovação, Manufatura Avançada e o Futuro da Indústria: uma contribuição ao debate sobre as políticas de desenvolvimento produtivo. 1ª Ed. Brasília (DF): ABDI, 2017.

BESSA, J. S. Prototipagem Rápida: engenharia do produto. Monografia (Produção). São Paulo (SP): Faculdade de Pitágoras, 2015. Disponível em: . Acesso em: 10/04/2019.

CERVO, A. ; BERVIAN, P. Metodologia Científica. São Paulo (SP): Prentice Hall, 2002.

COMCIENCIA. Manufatura Aditiva: Primeiras Impressões 3d e o Futuro da Produção Camada Por Camada. Comciencia, Revista Eletrônica de Jornalismo Científico. SBPC, Reportagem, Dossiê195, 2018.

EL PAIS. A GREVE DOS CAMINHONEIROS EM IMAGENS: FILA EM POSTOS, RODOVIAS BLOQUEADAS E MERCADOS SEM ESTOQUE, MAIO DE 2018. DISPONÍVEL EM:

_038789.HTML#FOTO_GAL_6>. ACESSO EM: 10/04/2019.

GIBSON, I.; STUCKER, B.; ROSEN, D. W. Additive Manufacturing Technologies: Rapid Prototyping to Direct Digital Manufacturing. New York (USA): Springer, 2010.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ᵃ. ed. São Paulo (SP): Atlas, 2008.

QUALITYWAY. Manutenção na Indústria 4.0. P/ Levandoski, M. 2018. Disponível em: . Acesso em: 15/04/2019.

KARAPATIS, N. P.; VAN GRIETHUYSEN, J. P. S.; GLARDON, R. Direct Rapid Tooling: a review of current research. Rapid Prototyping Journal, vol. 4, n. 2, p.77-89, 1998.

KON, F.; SANTANA, F. Z. Cidades Inteligentes: Conceitos, Plataformas e desafios. JAI -Jornada de Atualização em Informática. CSBC, 2016. Disponível em Acesso em: 25/03/2019.

KOTLER, P.; KARTAJAYA, H.; SETIAWAN, I. Marketing 4.0: do tradicional ao digital. Rio de Janeiro (RJ): Sextante.2017

MARCONI, M.; LAKATOS, E. Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo (SP): Atlas, 2010.

RODRIGUES, A. R.; BRAGHINI JUNIOR, A.; DE SOUZA, A. F.; BRANDÃO, L. C.; SILVEIRA, Z. C. Desenho Técnico Mecânico: do planejamento do produto ao controle de qualidade. Rio de Janeiro (RJ): Campus/Elsevier Brasil, 2014.

SANTOS, S. Introdução à Indústria 4.0: saiba tudo sobre a revolução das máquinas. Joinville (SC): Clube de Autores Publicações, 2018.

SILVA, J. R. A. Gestão de Negócios: Planejamento e Organização Para Indústria. São Paulo (SP): Editora Saraiva, 2018.

FELIX, L. A. Potencial Disruptivo da Manufatura Aditiva-Influência nas Cadeias de Suprimentos: uma Aplicação na Marinha do Brasil. Tese de Doutorado. PUC, Rio de Janeiro (RJ), 2017.

VOLPATO, N. Manufatura Aditiva: Tecnologias e aplicações da impressão 3D. São Paulo (SP): Edgard Blücher, 2017.

"O conteúdo expresso no trabalho é de inteira responsabilidade dos autores."


Apontamentos

  • Não há apontamentos.