Os fatores de influência no risco do policial militar ser vítima de crimes em decorrência da função / Influence factors in the risk of a military police officer being a victim of crimes as a result of the function

Otto Luiz Marty

Abstract


O trabalho apresenta uma apuração a respeito da vitimização de policiais militares expostos a riscos e quais são os fatores que influenciam para que a violência ocorrer contra quem está nessa função. Nesse sentido, é pertinente analisar as características deste tipo de violência e o contexto dos fatores de vulnerabilidade. Para tal propósito, a pesquisa teve o caráter exploratório de revisão bibliográfica e documental com a abordagem qualitativa. O produto aponta a relevância de compreender quais fatores induzem para que os policiais militares sejam vítimas de crimes violentos. A mitigação do risco na vitimização ocorre diante do trabalho de identificação e de avaliação, e, deste modo, possibilita a intervenção para a prevenção de crimes violentos fatais contra a autoridade policial.


Keywords


vitimização policial militar, análise de risco, fatores de risco, Polícia Militar.

References


ALVES FILHO, Erioberto. Comparativo da vitimização entre policiais militares de serviço no período de 2000 a 2018 no Paraná. 53 f. TCC (Graduação em Segurança Pública). Academia Policial Militar do Guatupê, São José dos Pinhais, 2019. Disponível em: http://biblioteca.unespar.edu.br:8080/pergamumweb/vinculos/000067/00006741.pdf. Acesso em: 25 mar. 2022.

AMAGAI. Casa de condomínio x Casa de rua: Vantagens e Desvantagens. 2020. Disponível em: https://www.amagai.com.br/blog/casa-de-condominio-x-casa-de-rua-vantagens-e-desvantagens/. Acesso em: 17 abr. 2022.

ANDRADE, Felipe Scarpelli de. Análise de riscos e a atividade de inteligência. Revista Brasileira de Ciências Policiais. ISSN 2178-0013. 2017. Disponível em: https://periodicos.pf.gov.br/index.php/RBCP/article/view/462/311. Acesso em: 03 abr. 2022.

______. Análise de riscos estratégicos: proposição de uma metodologia com foco nos valores organizacionais a partir do contexto da segurança pública. 2019. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pernambuco. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/34550/1/DISSERTA%c3%87%c3%83O%20Felipe%20Scarpelli%20de%20Andrade.pdf. Acesso em: 03 abr. 2022.

ANDRADE, Felipe Scarpelli de; ROCKEMBACH, Silvio Jacob. Metodologia ARSO - Análise de Riscos em Segurança Orgânica. Revista Mercopol. ISSN 2236-9236. 2018. p. 46-65. Disponível em: https://www.gov.br/mj/pt-br/acesso-a-informacao/atuacao-internacional/foros-e-redes/revista-mercopol-ndeg-11-2018-paraguay-compressed.pdf/view. Acesso em: 03 abr. 2022.

ARAUJO, Fernando Beuren. Sobrevivência Policial na folga e no trabalho: Uma questão de segurança pública. SUCEG-Seminário de Universidade Corporativa e Escolas de Governo, v. 1, n. 1, p. 740-753, 2017. Disponível em: https://anais.suceg.ufsc.br/index.php/suceg/article/view/33/54. Acesso em: 05 abr. 2022.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR/ISO/IEC 27002:2013 tecnologia da informação - técnicas de segurança - código de prática para controle da segurança da informação. Disponível em: https://www.abntcatalogo.com.br/norma.aspx?Q=Q0l4Qy9lSjZqVnpSR1BaTU8wZ0JsaDh1Umg2YXIzdndNREtqRkZOVDZWbz0=. Acesso em: 27 mar. 2022.

BOMFIM, Joara Raiza Fontes Barros; et al. Mortes de policiais militares e civis do Estado da Bahia no período de 2015 a 2016. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 12, p. 102246-102260, 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/22211/17729. Acesso 05 abr. 2022.

BONDARUK, Roberson Luiz. A influência do desenho urbano nos índices de criminalidade. 152 f. TCC, Curso Superior de Polícia. Academia Policial Militar do Guatupê. São José dos Pinhais. 2006. Disponível em: https://www.acervodigital.ufpr.br/handle/1884/61083. Acesso em: 18 abr. 2022.

BRASIL. Decreto-Lei 1.001, de 21 de outubro de 1969. Código Penal Militar. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del1001.htm. Acesso em: 04 abr. 2022.

¬______. Decreto-Lei 2.848, de 7 de dezembro de 1940. Código Penal. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Decreto-Lei/Del2848.htm. Acesso em: 21 abr. 2022.

______. Projeto de Lei n.º 4346/2021. Estabelece as Diretrizes Nacionais de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos dos Profissionais de Segurança Pública. 2021. Disponível em: https://www.camara.leg.br/propostas-legislativas/2311266. Acesso em: 20 abr. 2022.

CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de Direito Administrativo. 22ª Edição – Rio de Janeiro. Lumem Juris Editora, 2009.

COLZANI, Leonardo Daniel. Sobreviva Guardião: Técnicas para a autopreservação da vida. São Paulo: All Print Editora, 2016.

COSO - Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission. Gerenciamento de Riscos Corporativos – Estrutura Integrada. 2007. Disponível em: https://www.coso.org/documents/coso-erm-executive-summary-portuguese.pdf. Acesso em: 18 abr. 2022.

DAMBROS, Rafael Mendes; SILVA, Caio Gustavo Lopes da. Causas da vitimização do policial militar do Estado do Paraná: uma análise antropológica. 85 f. TCC (Graduação em Segurança Pública). Academia Policial Militar do Guatupê, São José dos Pinhais, 2016. Disponível em: http://biblioteca.unespar.edu.br:8080/pergamumweb/vinculos/000012/00001232.pdf. Acesso em: 25 mar. 2022.

DE MELO, Felipe Pereira; URPIA, Arthur Gualberto da Cruz Bacelar; SARTORI, Rejane. A gestão do conhecimento como auxílio à inteligência de segurança pública. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 12, p. 94604-94620, 2020. Disponível em: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/20999/16752. Acesso em: 19 abr. 2022.

DUARTE, Erika Natalie Pereira Miralha. O risco não cessa quando o turno termina: um estudo sobre a morte de policiais militares fora do serviço. 112 f. Dissertação. Universidade Federal do Pará, Belém. 2019. Disponível em: https://www.ppgsp.propesp.ufpa.br/ARQUIVOS/teses_e_dissertacoes/dissertacoes/2017/201705%20-%20DUARTE.pdf. Acesso em: 27 mar. 2022.

DURANTE, Marcelo Ottoni; JUNIOR, Almir Oliveira. Vitimização dos policiais militares e civis no Brasil. Revista Brasileira de Segurança Pública, v. 7, n. 1, 2013. Disponível em: http://www.rolim.com.br/2002/_pdfs/Revista_12.pdf. Acesso em: 27 mar. 2022.

FERNANDES, Talissa. PM aperfeiçoa curso de Auto Proteção com conhecimento sócio-geográfico. PMPA. 2020. Disponível em: https://tinyurl.com/rkexyzj9. Acesso em: 19 abr. 2022.

FERNANDES, Alan. Vitimização policial: análise das mortes violentas sofridas por integrantes da Polícia Militar do Estado de São Paulo (2013-2014). Revista Brasileira de Segurança Pública, v. 10, n. 2, 2016. Disponível em: https://revista.forumseguranca.org.br/index.php/rbsp/article/view/702/245. Acesso em: 02 abr. 2022.

FERREIRA, Rodrigo Varela; CABELHO, Victor Hugo; FILHO, Edson Benedito Rondon. Vitimização policial. Revista do Instituto Brasileiro de Segurança Pública - ISSN 2595-2153, v. 3, n. 6, p. 9-52, 2020. Disponível em: http://ibsp.org.br/ibsp/revista/index.php/RIBSP/article/view/75/86. Acesso em: 27 mar. 2022.

FITZGIBBON, Gerald; et al. Coronary artery disease and coronary bypass grafting in young men: Experience with 138 subjects 39 years of age and younger. J Am Coll Cardiol. 1987 May, 9 (5) 977–988. Disponível em: https://www.jacc.org/doi/10.1016/S0735-1097%2887%2980297-8. Acesso em: 02 abr. 2022.

FOUREAUX, Rodrigo. O policial e o bombeiro militar devem atuar em ocorrências ainda que não estejam em serviço? A obrigatoriedade da atuação limita-se ao estado em que atua? Atividade Policial. 2020. Disponível em: https://tinyurl.com/yauv63ke. Acesso em: 10 abr. 2022.

GIMENES, Leonaldo Marcos Bernardo. Análise da vitimização do policial militar do paraná com base nas instruções ministradas pela nota de serviço nº 036/2017 - PM/3. 44 f. TCC (Graduação em Segurança Pública). Academia Policial Militar do Guatupê, São José dos Pinhais 2021. Disponível em: http://biblioteca.unespar.edu.br:8080/pergamumweb/vinculos/000083/00008337.pdf. Acesso. 25 mar. 2022.

JEHLE, von Kuenssberg; et. al. Seat belt use by police: should they click it?. The Journal of trauma, 58(1), 119–120. (2005). Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/15674161/. Acesso em: 02 abr. 2022.

JORNAL ISTOÉ. PCC vigiou agente penitenciário federal antes de assassinato em Mossoró (RN), diz site. ISTOÉ. 8, abr., 2019. Redação. Disponível em: https://istoe.com.br/pcc-vigiou-agente-penitenciario-federal-antes-de-assassinato-em-mossoro-rn-diz-site/. Acesso em: 17 abr. 2022.

LIMA, Cristiane do Socorro Loureiro; MARTINS, Juliana. Vitimização Policial no Brasil em tempos de Covid-19. Anuário Brasileiro de Segurança Pública. 2021. p. 52-56. Disponível em: https://forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2021/07/3-vitimizacao-policial-no-brasil-em-tempos-de-covid-19.pdf. Acesso em: 05 abr. 2022.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos da metodologia científica. 5ª ed., São Paulo, Atlas, 2003.

MARTINS, Juliana. Quando a vítima é o policial? Fórum Brasileiro de Segurança Pública. (2020). Anuário Brasileiro de Segurança Pública. São Paulo: FBSP, p. 76-81. ISSN 1983-7364, ano 14. Disponível em: https://forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2021/02/anuario-2020-final-100221.pdf. Acesso em: 19 abr. 2022.

MARTINS, Wanderley Marques. Fatores de risco e vitimização fatal de policiais: uma análise sobre a polícia rodoviária federal (prf) no brasil (2007-2016). 52 f. TCC. Universidade Federal da Bahia. 2016. Disponível em: https://fenaprf.org.br/novo/wp-content/uploads/2018/07/pesquisa_vitimizacao_prf.pdf. Acesso em: 26 mar. 2022.

MELLO, César Maurício de Abreu. Mesmo com o sacrifício da própria vida: a multiplicidade dos riscos na profissão policial militar. 2015. Tese de Doutorado. Dissertação (Mestrado em Segurança Pública), Universidade Federal do Pará. Disponível em: https://www.ppgsp.propesp.ufpa.br/ARQUIVOS/teses_e_dissertacoes/dissertacoes/2013/201305%20-%20MELLO.pdf. Acesso em: 14 abr. 2022.

MERINO, Paulo Sérgio. Mortalidade em efetivos da polícia militar do Estado de São Paulo. 121 f. Dissertação. Universidade Federal de São Paulo. 2010. Disponível em: https://repositorio.unifesp.br/bitstream/handle/11600/9828/Publico-062.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 02 abr. 2022.

MINAYO, Maria Cecília de Souza; ADORNO, Sérgio. Risco e (in)segurança na missão policial. Ciência e Saúde Coletiva. 18 (3), p. 585-593. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v18n3/02.pdf. Acesso em: 18 abr. 2022.

MINAYO, Maria Cecília de Souza; SOUZA, Edinilsa Ramos de. Policial, risco como profissão: morbimortalidade vinculada ao trabalho. Ciência e saúde coletiva. v.10, n.4, p. 917-928, 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/pxr9RTRgLtdVtThPjczNXjJ/?format=pdf〈=pt. Acesso em: 18 abr. 2022.

MINAYO, Maria Cecília de Souza; SOUZA, Edinilsa Ramos de; CONSTANTINO, Patrícia. Missão prevenir e proteger: condições de vida, trabalho e saúde dos policiais militares do Rio de Janeiro. Editora Fiocruz, 2008. Disponível em: https://static.scielo.org/scielobooks/y28rt/pdf/minayo-9788575413395.pdf. Acesso em 02 abr. 2022.

______. Riscos percebidos e vitimização de policiais civis e militares na (in) segurança pública. Cadernos de Saúde Pública, v. 23, p. 2767-2779, 2007. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/csp/v23n11/23.pdf. Acesso em: 27 mar. 2022.

MUNIZ, Jacqueline; SOARES, Barbara Musumeci. Mapeamento da Vitimização de Policiais no Rio de Janeiro. Ministério da Justiça. 1998. 211 f. Disponível em: http://www.ucamcesec.com.br/wp-content/uploads/2011/05/Monitoramento_vitimizacao_policiais.pdf. Acesso em: 03 abr. 2022.

NUCCI, Guilherme de Souza. Código de Processo Penal Comentado. 15. ed. rev., atual. e ampl. – Rio de Janeiro: Forense, 2016.

OLIVEIRA, Maurício José de. Crime Militar – da prisão em flagrante delito à audiência de custódia. Belo Horizonte. Editora Diplomata Livros, 2016.

PARANÁ. Lei estadual nº 1943, de 23 de junho de 1954. Código da Polícia Militar do Paraná. Disponível em: https://www.legislacao.pr.gov.br/legislacao/listarAtosAno.do?action=exibir&codAto=52415&indice=8&totalRegistros=727&anoSpan=1960&anoSelecionado=1954&mesSelecionado=0&isPaginado=true.Acesso em: 04 abr. 2022.

PIMENTA, Fernanda dos Anjos. Abordagem sistematizada de dados de inteligência na segurança de autoridades: uma nova perspectiva sob o foco da gestão de riscos (GR) e da gestão do conhecimento (GC) em prol da segurança nacional. 70 f. Monografia. Escola Superior de Guerra. 2021. Disponível em: https://repositorio.esg.br/bitstream/123456789/1465/1/CAEPE.33%20FernandaPimenta.pdf. Acesso em: 19 abr. 2022.

POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ. Institui o setor PM vítima no centro de inteligência da PMPR. Diretriz nº 006 – PM/3, de 20 de julho de 2021. 3ª SEÇÃO – ESTADO MAIOR. Curitiba. PMPR. 2021.

REINER, Robert. A política da polícia. São Paulo: EDUSP, 2004. p. 136.

ROCHA, Helton Pinheiro da. Um estudo comparativo sobre a utilização da arma de fogo na folga pelos policiais militares do Batalhão de Polícia de Choque e Batalhão de Policiamento Tático da PMPA. 28 f. Artigo. CAO – Instituto de Ensino de Segurança - IESP. Marituba: 2018. Disponível em: https://tinyurl.com/4uxs333m. Acesso em: 14 abr. 2022.

SALES, Eric Rodrigues de. Vitimização e sobrevivência policial: uma análise sobre mortes violentas de policiais militares do Distrito Federal. Revista Ciência & Polícia, v. 7, n. 1, p. 35-55, 2021. Disponível em: https://revista.iscp.edu.br/index.php/rcp/article/view/159/54. Acesso em 03 abr. 2022.

SOUZA, Elisandro Lotin de; OLIVEIRA, Micheline Ramos de. Policiais: torniquetes da nação, até quando. Fórum Brasileiro de Segurança Pública. (2019). Anuário Brasileiro de Segurança Pública. São Paulo: FBSP, p. 52-54. ISSN 1983-7364 ano 13. Disponível em: https://forumseguranca.org.br/wp-content/uploads/2019/10/Anuario-2019-FINAL_21.10.19.pdf. Acesso em: 19 abr. 2022.




DOI: https://doi.org/10.34115/basrv6n3-026

Refbacks

  • There are currently no refbacks.