Análise do desempenho de uma carteira construída seguindo as ideias de investimento de Greenblatt / Analysis of the performance of a portfolio built on Greenblatt investment ideas

José Guilherme Chaves Alberto, Núbia de Pinho Carvalho, Aline de Souza Jácome, João Paulo Santana Moreira Braz

Abstract


A escolha da composição de uma carteira de ações pode seguir por diversos caminhos e métodos distintos. Este estudo investiga a eficiência de um dos métodos que obteve atenção da mídia por sua simplicidade e aplicabilidade em seu país de origem. O objetivo foi testar se o método proposto por Joel Greenblatt, na escolha da carteira de ações, possui melhor desempenho quando comparado ao Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (IBOVESPA) e seu comportamento quando exposto a situações adversas. O estudo foi realizado no período de 2007 a 2016, caracterizado por instabilidades econômicas e políticas no Brasil. Para efeitos de comparação, foram utilizados os retornos acumulados e apurados em ambos os modelos estudados. Perante os resultados, notou-se que apesar de diversas oscilações anuais dos retornos, a rentabilidade alcançada pelo Método Greenblatt, de retorno igual a 18%, não superou o resultado obtido pelo IBOVESPA, no qual o retorno apresentado foi de 31,30%.   


Keywords


Mercado de capitais; Análise fundamentalista; Carteira de ações; Método Greenblatt.

References


ASSAF NETO, Alexandre. Mercado financeiro. 12. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

ASSAF NETO, Alexandre. Valuation: Métricas de valor e avaliação de empresas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

ASSAF NETO, Alexandre. Finanças corporativas e valor. 5.ed. São Paulo: Atlas, 2010

BM&FBOVESPA. Disponível em: < http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/>. Acessodo em: 5 nov. 2017.

BM&FBOVESPA. Guia Prático de uma das maiores bolsas de valores e derivativos do mundo. Disponível em: < https://educacional.bmfbovespa.com.br/documentos/ApostilaPQO.pdf >. Acessodo em: 5 nov. 2017.

BRUNI, Adriano Leal. Risco, retorno e equilíbrio: uma análise do modelo de precificação de ativos financeiros na avaliação de ações negociadas na BOVESPA (1988-1996). Dissertação (Mestrado) - Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.

CAVALCANTI, Teresa de Angelis de Sousa. As crises econômicas do século 21 e perspectivas para o Brasil. 2013. vi, 70 f. Monografia (Bacharelado em Ciências Econômicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.

CHAVES, Daniel Augusto Tucci. Análise técnica e fundamentalista: divergências, similaridades e complementariedades. 2004.119f. Monografia (Especialização)- Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2004.

CORREIA, J. S. Operando na bolsa de valores utilizando análise técnica. São Paulo: Novatec, 2008.

DIAS, Ricardo dos Santos; SOUZA, Jaderson Vargas de; OLIVEIRA, Leonardo Kley de. O modelo de Greenblatt: evidências no mercado de ações brasileiro entre 2002 e 2012. Revista Gestão e Desenvolvimento - Universidade Feevale, Rio Grande do Sul, v. 12, n. 2, 2015.

FORTUNA, Eduardo. Mercado financeiro: produtos e serviços. 17. ed. rev., atual e ampl. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2014.

GREENBLATT, Joel. O mercado de ações ao seu alcance. 2. ed. São Paulo: Landscape, 2007.

Kothari, S. P. Capital markets research in accounting. Journal of Accounting and Economics, v. 31, n. 1-3, p. 105-231, 2001.

MARION, José CarlosMarion. Análise das demonstrações contábeis: contabilidade empresarial. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

PINHEIRO, Juliano Lima. Mercado de capitais. 8.ed. São Paulo: Atlas, 2016.

SILVA, Alexandre Alcântara da. Estrutura, análise e interpretação das demonstrações contábeis. 4.ed. São Paulo: Atlas, 2014.

WALTER, R. G. Análise Fundamentalista e a avaliação de títulos: aspectos teóricos. Revista de Administração de Empresas. v. 14, n.3, 1974.

ZEIDLER, Rodolfo Gunther Dias. Eficiência da Magic Formula de Value Investing no mercado brasileiro. Dissertação (Mestrado) - Escola de Economia de São Paulo, Fundação Getulio Vargas, São Paulo, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34115/basr.v2i4.508

Refbacks

  • There are currently no refbacks.