Utilizando a computação em nuvem na orientação de trabalhos para feiras de ciências / Using cloud computing to guide work for science fairs

Lucas Antonio Xavier, Chirlei de Fátima Rodrigues, Lucinéia de Souza Oliveira, Breno Rodrigues Segatto, Danielli Veiga Carneiro Sondermann

Abstract


Em um cenário de constantes transformações no campo da educação, os Objetos Digitais de Aprendizagem (ODA), são ferramentas que constituem um campo inovador que vem auxiliando os processos de ensino e aprendizagem. Com este trabalho pretende-se apresentar uma análise da importância de um Objeto Digital na orientação de trabalhos de Feira de Ciências nas escolas Coronel Gomes de Oliveira e Profª Filomena Quitiba. Com o objetivo de aprimorar a educação científica e fomentar o incentivo à pesquisa, foi utilizada a Computação em Nuvem como um recurso tecnológico digital auxiliar.  Participaram do projeto treze turmas dos 1º anos do ensino médio, uma turma do 2º ano e uma turma do 3º ano que, por meio de um edital inscreveram seus trabalhos para participação em uma feira de Ciências. A edição digital permitiu e facilitou a produção dos textos de forma cooperativa, permitindo o uso de diferentes espaços na construção do conhecimento, proporcionando diversas reflexões sobre as práticas escolares e sobre a importância da utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs)no processo de ensino aprendizagem, apropriando-se de uma ferramenta dinâmica e atual na integração de diferentes saberes e indivíduos.


Keywords


feira de ciências, computação em nuvem, TICs

References


AUDINO, D. F., NASCIMENTO, R., S., (2010, julho/dezembro). Objetos de aprendizagem - Diálogos entre conceitos e uma nova proposição aplicada à educação. Revista Contemporânea de Educação, vol. 5, n. 10. Recuperado em 27 de abril, 2014 de https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/1620/1468. Acesso em: 22 de abril 2018.

BERNARDES, C. C. S. (2010). Perspectivas de usos dos objetos de aprendizagem na educação on-line e na formação de professores, p. 191204. In: BRUNO, A. R.; TEIXEIRA, B. B.; CALDERANO, M. A.; (orgs.). Linhas cruzadas: políticas educacionais, formação de professores e educação online. – Juiz de Fora: Editora UFJF.

CARVALHO, F. C. A. (2010). Tecnologias que educam: ensinar e aprender com tecnologias da informação e comunicação / CARVALHO, F. C. A., IVANOFF, G. B. – São Paulo: Pearson Prentice Hall.

FRANCO, C. P. (2013, pp. 26-27). Revista: presença pedagógica. Maio/junho. 2013. V.19 / n°111. Editora dimensão [ISSN: 1413-1862]

KENSKI, V. M. (2003). Tecnologias e ensino presencial e a distância / Vanil Moreira Kenski. – Campinas, SP: Papirus. – (Série Prática Pedagógica)

MANCUSO, R. LEITE, I.F. Feira de Ciências no Brasil: uma trajetória de quatro décadas. FENACEB/ Ministério da Educação, secretaria da Educação Básica – Brasília. Ministério da Educação Básica, 2006. 84 p.

MENEZES, EbenezerTakuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete competência. Dicionário Interativo da Educação Brasileira -Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em:

. Acesso em: 19 de mai. 2018.

RIBEIRO, J., ALLAN, L.M. (org.), BETTINE, M., MANDAJI, M. SALOMÉ, R. S. SALVADOR, R. L., (2013). Crescer em Rede. Um guia para promover a formação continuada de professores para adoção de tecnologias digitais no contexto educacional [PDF]. Recuperado em vinte e seis de abril, 2014 de http://porvir.org/wp-content/uploads/2013/10/Crescer_em_Rede_PDF.pdf.Acesso em: 20 de fev. 2018.

SANTOS, W. L. P. (2007): “Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios.” Revista Brasileira de Educação, v. 12, n. 36, set./dez. pp. 474–550.

XAVIER, L. A.; SEGATTO, B. R.; Rodrigues, C. F.; SONDERMANN, D. V. C.; LEITE, Sidnei Quezada Meireles; XAVIER, M. G.; “Integrando tecnologia digital no contexto do ensino de Física e Química na preparação para o Enem”, p. 110-115. In: São Paulo: Blucher, 2018. ISSN 2358-2359, DOI 10.5151/ecfa2018-22




DOI: https://doi.org/10.34115/basr.v2i6.595

Refbacks

  • There are currently no refbacks.