Desenvolvimento da planta fotovoltaica de uma embarcação de passageiros por meio da curva de potência característica do modelo / Development of the photovoltaic plant of a passenger vessel through the model characteristic power curve

José Venicius da Costa Barbosa, Arlen Gomes da Silva, Katlen Anne Lima de Melo, Paulo Vinícius Silva Brilhante

Abstract


O correto dimensionamento do sistema propulsivo de uma embarcação é um ponto crítico dentro de uma típica espiral de projeto do setor naval. Isso ocorre pois a partir dos dados obtidos nesta etapa é que os sistemas auxiliares, assim comoa alimentação do sistema principal, são desenhados. Essa etapa torna-se ainda mais relevante no projeto de embarcações elétricas, uma vez que todo o sistema elétrico principal é desenvolvido com base no dimensionamento da potência propulsiva da embarcação e, se mal dimensionado, o erro pode prejudicar a operação tornando-a inviável, pois o sistema não terá autonomia, ou a tornando cara e ineficiente pois haverá sobrepeso do banco de armazenamento de energia. Este trabalho apresenta o desenvolvimento do sistema elétrico da planta fotovoltaica, de uma embarcação destinada ao transporte de passageiros, a partir das características operacionais da embarcação e da obtenção da sua curva de potência, obtida por meio do método SlenderBody. Ao final também é realizada uma comparação entre os custos da operação utilizando energia elétrica para a propulsão, e utilizando sistemas convencionais a combustão.


Keywords


Resistência ao Avanço. Embarcação Solar. Custos Operacionais.

References


ANDRADE, Maria Margarida de. Introdução a Metodologia do Trabalho Científico. 3ª Ed . São Paulo: Atlas, 2000. 172 p.

FURASTÉ, Pedro Augusto. Normas técnicas para o trabalho científico. 16ª Ed. Rio grande do Sul: Isasul, 2012.

REIS, Marcelo César dos. Projeto Conceitual de uma embarcação solar para o transporte público de passageiros. Universidade Federal de Santa Catarina, TCC, 2012. Disponível em . Acessoem 19 abril 2017.

STRACHOSKI, Patrícia. Análise de viabilidade econômica de um projeto de investimento em uma indústria de artefatos de cimentos. Universidade do Extremo Sul Catarinense, TCC, 2011. Disponívelem:. Acesso em 09 de setembro de 2017.

OLIVEIRA, G.B., “Comissionamento da Usina Solar Fotovoltaica da UFJF”. 2014. 72f. Monografia de graduação em engenharia elétrica.- Universidade Federal de Juiz de Fora, 2014

CARVALHO, Roberto; CHAVES, Rui; CINTRA, Israel. Análise de custo e rentabilidade de embarcações industriais envolvidas na captura do camarão-rosa no litoral norte do brasil. Boletim téc. Cient. CEPNOR, v.3, n.1, p. 179-190. 2003. Disponível em . Acesso em 08 abril 2017.

PINTO, Fátima Cristina; SANTOS, Robson Nogueira. Potenciais de redução de emissões de dióxido de carbono no setor de transportes: um estudo de caso da ligação hidrovia rio-niterói. ENGEVISTA, v. 6, n. 3, p. 64-74. 2004. Disponível em: http://www.uff.br/engevista/3_6Engevista5.pdf>. Acesso em 02 abril 2017.

RUEGG, R.; SAV, G.T. The microeconomicsof solar energy. 3th ed. Washington: National Bureau of Standards, 1980. 189 p.

BOILY, R.; SAWADOGO, A.; ROSSI, L.A. Projeto de sistemas fotovoltaicos para comunidades rurais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 27., 1998, Poços de Caldas. Anais... Lavras: Sociedade Brasileira de Engenharia Agrícola, 1998. v.3, p.392-3.




DOI: https://doi.org/10.34115/basr.v2i6.625

Refbacks

  • There are currently no refbacks.