A importância da elasticidade da matéria orgânica e de sua atuação na estabilidade dos agregados para o controle da compactação do solo / The importance of the elasticity of organic matter and its performance in the stability of aggregates for the control of soil compaction

Katia Cristina Menezes, Jacqueline Dalbelo Puia, Alessandra Helena Ramires Machado

Resumo


A compactação de solos é um dos principais desafios da agricultura, trazendo sérios problemas ao desenvolvimento das culturas e também causando prejuízos financeiros. A compactação é definida como o adensamento das partículas de solo e procede de vários fatores, comoo pisoteio de animais e peso excessivo por eixos de maquinas e reflena queda da produtividade. Este problema pode ser minimizado com o incremento dematéria orgânica ao soloresultante do processo de decomposição dos resíduos vegetaisecom o tempo confere ao solo o potencial de resiliênciaapós sofrer um processo de compressão. Este trabalho teve como objetivo, expor como os mecanismos de elasticidade e estabilidade dos agregados atuam em relação à compactação do solo. Conclui-se que a estabilidade do solo é interligada com fatores como; quantidade de matéria orgânica presente no solo e do sistema radicular das plantas, sendo que a matéria orgânica possui propriedades cimentantes que atuam na agregação do solo, tornando-o mais estruturado e resistente ao processo de compactação, podendo-se concluir que com o aumento da elasticidade do solo através do acréscimo de matéria orgânica, aumenta a capacidade de proteção do solo contra a compactação causada por máquinas, animais e cargas excessivas. Isto se deve ao aumento do teor de carbono orgânico, e é justificado devido à elasticidade da própria matéria orgânica, que é mais elástica do que as partículas minerais.


Palavras-chave


Agregação, compressão, adensamento de partículas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, J.A.; MAFRA, A.L.; FONTOURA, S.M.V.; BAYER, C.; PASSOS, J.F.M. Avaliação de sistemas de preparo e calagem em um Latossolo Bruno alumínico. Rev. Bras. Ci. Solo,29:963- 975, 2005.http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832005000600014

BAYER, C.; MARTIN NETO, L.; MIELNICZUK, J.; PAVINATO, A. Armazenamento de carbono em frações lábeis da matéria orgânica de um Latossolo Vermelho sob plantio direto. Pesq. Agropec. Bras, 39:677- 683, 2004.http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2004000700009

BAYER, C.; SPAGNOLLO, E.; WILDNER, L.P.; ERNANI, P.R. ALBURQUEQUE, J.A. Incremento de carbono e nitrogênio num Latossolo pelo uso de plantas estivais para cobertura do solo. Ciência Rural, 33:469-475, 2003.https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-84782003000300012&script=sci_arttext

BEULTER, A.N.; CENTURION, J.F. Compactação do solo no desenvolvimento radicular e na produtividade da soja. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.39, n.6, p.581-588, 2004.http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2004000600010

BRAIDA, J.A.; REICHERT, J.M.; VEIGA, M.; REINERT, D.J. Resíduos vegetais na superfície e carbono orgânico do solo e suas relações com a densidade máxima obtida no ensaio Proctor. Rev. Bras. Ci. Solo, 30:605-614, 2006.https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-06832006000400001&script=sci_arttext

BRAIDA, J. A.et al. Elasticidade do solo em função da umidade e do teor de carbono orgânico. Rev. Bras. Ciênc. Solo, Viçosa, v. 32, n. 2, p.477-485, mar. 2008.http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832008000200002

BRANDT, A. A. Propriedades mecânicas de solo franco arenoso sob distintos sistemas de preparo, tráfego mecanizado e resíduos vegetais. Santa Maria, Universidade Federal de Santa Maria, 2005. 89p. (Tese de Mestrado). https://repositorio.ufsm.br/handle/1/7531

CASSOL, E. A.; CANTALIC E, J. R. B.; REIC HERT, J. M.; MONDAR, A. Escoamento superficial e desagregação do solo em entre sulcos em solo franco argilo arenoso com resíduos vegetais. PesquisaAgropecuária Brasileira. 39:685-690, 2004.http://dx.doi.org/10.1590/S0100-204X2004000700010

CERETTA, C. A. et al. Produção e decomposição de fitomassa de plantas invernais de cobertura de solo e milho, sob diferentes manejos da adubação nitrogenada. Ciência Rural, Santa Maria, v. 32, n. 1, p.39-54, 2002. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782002000100009

COSTA, F. S.; ALBUQUERQUE, J. A.; BAYER, C.; FONTOURA, S. M. V.; WOBETO, C. Propriedades físicas de um Latossolo Bruno afetadas pelos sistemas plantio direto e preparo convencional. Revista Brasileira Ciência do Solo, 27:527- 535, 2003.http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832003000300014

FRANCHINI, J. C.et al. Importância da rotação de culturas para a produção agrícola sustentável no Paraná. Londrina: Embrapa Soja, 2011. 52p. (Documentos / Embrapa Soja, ISSN 1516-781X; n.327)https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/897259

GENRO JUNIOR, S. A.; REINERT, D. J.; REICHERT, J. M. Variabilidade temporal da resistência à penetração de um Latossolo argiloso sob semeadura direta com rotação de culturas. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 28, p. 477-484, 2004.http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832004000300009

MAZURANA, M. Atributos físicos, mineralógicos e matéria orgânica de solos relacionados à capacidade de suporte de carga. 2011. 169 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Programa de Pós-graduação em Ciência do Solo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.

MIELNICZUK, J. Matéria orgânica e a sustentabilidade de sistemas agrícolas. In: SANTOS, G.A.; SILVA, L.S.; CANELLAS, L.P.; CAMARGO, F.A.O. (Ed.) Fundamentos da matéria orgânica do solo: ecossistemas tropicais e subtropicais. Porto Alegre: Metrópole, 2008. cap.1 p.1-5.https://www.scienceopen.com/document?vid=b8192581-7d2c-4ef0-868f-ed434d09e0f8

PERDOK, U.D.; KROESBERGEN, B.; HOOGMOED, W.B. Possibilities for modeling the effect of compression on mechanical and physical properties of various Dutch soil types. SoilTill. Res., 65:61-75, 2002. https://doi.org/10.1016/S0167-1987(01)00277-X

REINERT, D. J.; REICHERT, R. M. Propriedades físicas do solo. Santa Maria, UFSM, 18 p., 2006.

SILVA, A.J.N.;CABEDA, M.S.V.Compressibilidade de um Argis. Amar. de tabuleiro costeiro submetido a pressões uniaxiais. In.: CONGR. BRA. DE CI. DO SOLO, 30, Recife, 2005. Anais. Viçosa, MG, Soc. Bras. de Ci. do Solo, 2005.

SODRÉ FILHO, J.et al.Fitomassa e cobertura do solo de culturas de sucessão ao milho na Região do Cerrado. Pesq. Agropec. Bras., Brasília, v. 39, n. 4, p.327-334, abr. 2004. http://www.scielo.br/pdf/pab/v39n4/20441.pdf

TARAWALLY, M.A.et al. Field compaction at different soil-water status: effects on pore size distribution and soil water characteristics of a RhodicFerralsol in Wetern Cuba. SoilTillageRese. Amsterdam, v. 76, p. 95-103, 2004.https://doi.org/10.1016/j.still.2003.09.003

TOIGO, S. Remediação mecânica e biológica da compactação inicial de um nitossolo vermelho cultivado com trigo. 2010. Dissertação de Mestrado. Universidade Tecnológica Federal do Paraná.http://repositorio.utfpr.edu.br:8080/jspui/handle/1/272

TORMASELLA, J; HODNETT, M; ROSSATO, L. Pedotransfer functions for the estimation of soil water retention in Brazilian soils. USA, Soil. Soc. Am. J., 2000 64 p.327-338. https://dl.sciencesocieties.org/publications/sssaj/abstracts/64/1/327




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-052

Apontamentos

  • Não há apontamentos.