Eficácia do herbicida indaziflam no controle das plantas daninhas perenes Digitaria nuda, Rottboellia exaltata e Panicum maximum no desenvolvimento inicial da cana-de-açúcar / Efficacy of the herbicide indaziflam in the control of perennial weeds Digitaria nuda, Rottboellia exaltata and Panicum maximum in the initial development of sugarcane

Lucas Martins Rodrigues, Luvanor Junio Luz Ferreira, Maksueide Alves Barros, Maurício Rodrigues Macedo, Rogério Naves Barbosa, Taiângela da Silva Moura, Francislaine Rodrigues Godoy, Clarissa Hamaio Okino Delgado

Resumo


Entre as plantas daninhas de maior importância para a cana-de-açúcar estão as espécies da família Poaceae, cujo método de controle mais utilizado é o químico com uso de herbicidas aplicados em pré-emergência, entre os quais se destaca o indaziflam. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a eficácia de três doses do herbicida indaziflam (75, 150 e 225 g de p.c.ha-1) na presença e ausência de palha de cana-de-açúcar no controle das três espécies de plantas daninhas perenes Digitaria nuda, Rottboellia exaltata e Panicum maximum. Cada espécie foi avaliada isoladamente em experimento realizado em esquema fatorial, cujo primeiro fator foi composto pelos tratamentos e apresentou 8 níveis (três doses do herbicida, na presença e ausência de palha e dois controle sem herbicida, com e sem palha) e o segundo fator foi composto pelas datas de avaliação e apresentou 5 níveis (21, 35, 49, 63 e 84 DAA – dias após a aplicação), em todas as datas foram analisadas a porcentagem de controle e porcentagem de cobertura vegetal e biomassa aos 84 DAA. Os resultados foram submetidos ao teste de normalidade, análise de variância e teste Tukey (p <0,05) e indicaram que o herbicida mostrou-se efetivo no controle das três espécies avaliadas sem a presença de palha de cana-de-açúcar nas doses de 75, 150 e 225 mL de p.c.; porém, as parcelas tratadas com indaziflam com palha de cana-de-açúcar apresentaram resultados que apesar de elevados em relação ao controle (0mL de p.c. sem palha), foram considerados similares ao tratamento com 0mL de p.c. com palha, o que evidencia o efeito negativo da palha de cana sobre a germinação das espécies avaliadas; não sendo possível afirmar que o indaziflam mostrou-se efetivo na presença de palha.


Palavras-chave


cobertura vegetal, fitotoxidez, mistura de herbicidas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALAM (Asóciacion Latinoamericana de Malezas). Recomendaciones sobre unificación de los sistemas de avaluacion en ensayos de control de malezas. ALAM, Bogotá, v.1, n.1, p.35-38, 1974.

AMIM, R.T.; FREITAS, S.P.; FREITAS, I.L.J.; SCARSO, M.F. Banco de sementes do solo após aplicação de herbicidas pré-emergentes durante quatro safras de cana-de-açúcar. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.51, n.10, p.1710-1719, 2016.

AZANIA, C. A. M. et al. Desenvolvimento da tiririca (Cyperus rotundus) influenciado pela presença e ausência de palha de cana-de-açúcar e herbicidas. Planta Daninha, v. 24, n. 1, p. 29- 35, 2006.

BAYER. Bula Alion. Disponível em: https://www.agrolink.com.br/agrolinkfito/produto/alion_10205.html.Acesso em: 26 abr. 2020.

CARVALHO, S. J. P. et. al. Crescimento e desenvolvimento da planta daninha capim camalote. Campinas, v.64, n.4, p.591-600, 2005a.

CARVALHO, S. J. P.; LOMBARDI, B. P.; NICOLAI, M.; LÓPEZ-OVEJERO, R.F.; CHRISTOFFOLETI, P.J.; MEDEIROS, D. Curvas de dose-resposta para avaliação do controle de fluxos de emergência de plantas daninhas pelo herbicida imazapic. Planta Daninha, 2005b, 23:535-542.

CAVENAGUI, A. L. et al. Dinâmica do herbicida amicarbazone (Dinamic) aplicado sobre palha de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum). Planta Daninha, v. 25, n. 4, p. 831-837, 2007.

CHRISTOFFOLETI, P. J. et al. Carfentrazone-ethyl aplicado em pós-emergência para o controle de Ipomoea spp. e Commelina benghalensis na cultura da cana-de-açúcar. Planta Daninha, v. 24, n. 1, p. 83-90, 2006.

CLIMATE DATA. CLIMA SÃO JOSÉ DO RIO PRETO. Disponível em: https://pt.climate-data.org/america-do-sul/brasil/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-4231/. Acesso em: 22 abr. 2020.

CONSTANTIN, J. et al. Efeito de sub-doses de 2, 4-D na produtividade do algodão e suscetibilidade da cultura em função de seu estádio de desenvolvimento. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.27, n. esp., p.24-29, jan. 2007.

DIAS, A. C. R. et al. Problemática da ocorrência de diferentes espécies de capim-colchão (Digitaria spp.) na cultura da cana-de-açúcar. Planta Daninha, Viçosa, MG, v. 25, n. 2, p. 489- 499, jul./set. 2007.

DRUDI, Fernanda. Capim-camalote: porque você deve se preocupar com essa invasora. Blog do Idea: controle de plantas daninhas, São Paulo, SP. p. 1-15, mai./2019. Disponível em: http://www.ideaonline.com.br/blog/2019/05/06/capim-camalote/. Acesso em: 19 mai. 2020.

FAO (Food and Agriculture Organization of the United Nations) The State of Food and Agriculture; Biofuels: prospects, risks and opportunities. Rome, Electronic Publishing Policy and Support Branch Communication Division FAO 2008. 138 p

FARIAS, J. M. B. A. de. Acompanhamento da Safra Brasileira: cana-de-açúcar. n. 3 v. 6. Brasília, DF: Conab, 2019. 58 p.

GHIRARDELLO, Giovane Apolari: Eficácia e seletividade do herbicida indaziflam sobre gramíneas infestantes na cultura de cana-de-açúcar / Giovani Apolari Ghirardello - - versão revisada de acordo com a resolução CoPGr 6018 de 2011 - - Piracicaba, 2020. 57p.

KAAPRO, J.; HALL, J. Indaziflam – a new herbicide for pre-emergent control of weeds in turf, forestry, industrial vegetation and ornamentals. Pakistan Journal of Weed Science Research, v.18, special issue, p.267-270, 2012.

KISSMANN, K. G.; GROTH, D. Plantas infestantes e nocivas: 2. ed. São Paulo: BASF, 1997. 825 p.

KUVA, M.A. Efeito de período de controle e de convivência das plantas daninhas na cultura da cana-de-açúcar (Saccharum sp) no Estado de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Piracicaba, SP. 1999. 74p. (Dissertação de Mestrado)

LORENZI, H. Inibição alelopática de plantas daninhas. In: FUNDAÇÃO CARGILL. Adubação verde no Brasil. Campinas: Fundação Cargill, 1984.

LORENZI, H. Plantas daninhas do Brasil: terrestres, aquáticas, parasitas, tóxicas e medicinais. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 2000. 608 p.

MONQUERO, P. A et al. Profundidade de semeadura, pH, textura e manejo da cobertura do solo na emergência de plântulas de Rottboellia exaltata. Semana: Ciências Agrárias, Londrina, v. 33, suplemento 1, p. 2799-2812, 2012. Disponível em: <>. Acesso em 08 de nov. 2020.

MYERS, D.F. et al. Indaziflam/BCS AA170717 - a new herbicide for preemergent control of grasses and broadleaves in turf and ornamentals. Proceeding South Society Weed Science Abstracts, v.62, p.393, 2009.

PRIMAVESI, A. Matéria orgânica e fertilidade do solo tropical. In: ENCONTRO BRASILEIRO DE AGRICULTURA ALTERNATIVA, 2., 1985, Petrópolis. Anais, Petrópolis: Associação dos Engenheiros Agrônomos, 1985. p. 169-174.

RIPOLLI, T. C.; VILLA NOVA, N. A. Colheita mecanizada da cana-de-açúcar: novos desafios. Revista STAB: açúcar, álcool e subprodutos, Piracicaba, v. 11, n. 1 p. 28-31, set./out. 1992.

ROSSETO, R.; SANTIAGO, A. D. Agência Embrapa de Informação Tecnológica: Plantas daninhas. Ageitec. Campinas, SP. Disponível em: https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/cana-de-acucar.html. Acesso em: 21 abr. 2020.

ROSSI, C. V. S. et al. Dinâmica do herbicida metribuzin aplicado sobre palha de cana-de-açúcar (Saccharum officinarum). Plantas Daninhas. V. 31, n. 1, p. 223-230, 2013.

SALVADOR, Fernanda Lopes: Germinação emergência de plantas daninhas em função da luz e da palha de cana-de-açúcar (Saccharum spp.) / Fernanda Lopes Salvador. - - Piracicaba, 2007. 83 p. : il. Dissertação (Mestrado) - - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, 2007.

SILVA, C. L. D. et al. O impacto das novas tecnologias no campo: manejo das plantas daninhas de difícil controle na cultura da cana-de-açúcar. COOPERCITRUS: subtítulo da revista, Bebedouro, v. 33, n. 401, p. 1-57, mar./2020. Disponível em: http://coopercitrus.com.br/revistadigital/pages/?cooper=401. Acesso em: 18 mai. 2020.

SILVA, Paulo Vinícius da. Comportamento ambiental e bioatividade sobre plantas daninhas de herbicidas residuais aplicados sobre a palha de cana-de-açúcar em diferentes condições hídricas do solo. Tese de doutorado. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz. Piracicaba-2018. Disponível em:<< https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-21082018-152101/en.php>>. Acesso em 08 de nov. 2020.

Thomas, P., & Allision, J. (1975). Dormência e germinação de sementes em Rottboellia exaltata. The Journal of Agricultural Science, 85 (1), 129-134. doi: 10.1017 / S0021859600053491

Sousa, I. M., de Moraes, E. R., Medeiros, M. H., Lana, R. M. Q., de Camargo, R., da Silva, R. V., & da Silva, J. G. M. (2021). Biometria da cana adubada com organominerais de biossólido e bioestimulante em solo arenoso. Brazilian Journal of Animal and Environmental Research, 4(1), 109-115.

TILMANN, C. A. da C. Aval dos desempenhos operacional e econômico de sistema de colheita mecanizada em cana-de-açúcar, com e sem queima prévia. 1994, 111 p. Dissertação (Mestrado em Máquinas Agrícolas). Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Piracicaba.

TOFOLI, G. R. et al. Dinâmica do herbicida tebuthiuron em palha de cana-de-açúcar. Plantas Daninhas, Viçosa-MG, v. 27, n. 4, p. 815-821, 2009.

TOLEDO, R. E. B. et al. Eficácia do herbicida amicarbazone aplicado sobre a palha ou no solo no controle de plantas daninhas na cultura da cana-de-açúcar. Plantas Daninhas, Viçosa-MG, v. 27, n. 2, p. 319-326, 2009.

VELINI, E.D.; NEGRISOLI, E.D. Controle de plantas daninhas em cana crua. In: 22 Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas, Foz do Iguaçu. Anais, Foz do Iguaçu, Anais, Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas, 2000. p.148-164.

WORLDATLAS. Top Sugarcane Producing Countries. Disponível em: https://www.worldatlas.com/articles/top-sugarcane-producing-countries.html. Acesso em: 25 abr. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv5n2-032

Apontamentos

  • Não há apontamentos.