Complicações tardias identificadas na triagem neonatal para Hipotireoidismo congênito – revisão bibliográfica / Late complications identified in neonatal screening for Congenital hypothyroidism – a bibliographic review

José Igor Ferreira Santos Jesus, Marcela de Andrade Silvestre, Paolla Coelho Araújo, Joceli Ribeiro dos Santos, Agnês Raquel Camisão

Abstract


Introdução: O Hipotireoidismo Congênito é a principal causa de retardo mental grave e deficiências no processo metabólico do recém-nascido. A partir da criação do Programa Nacional de Triagem Neonatal, o diagnóstico se tornou cada vez mais precoce, interferindo positivamente no prognóstico do paciente. Objetivo: Investigar o diagnóstico e diagnóstico tardio para Hipotireoidismo Congênito acerca da Triagem Neonatal. Metodologia: Realizou-se uma revisão integrativa da literatura onde os estudos foram buscados nas bases eletrônicas IBECS, LILACS, MEDLINE e PUBMED. Foram utilizados para a busca os descritores “Hipotireoidismo Congênito” e “Diagnóstico Tardio” que foram conjugados para melhor atender ao objetivo do estudo. Para a seleção dos estudos foram utilizados os filtros disponíveis nas plataformas e ainda textos nos idiomas inglês, português e espanhol, publicações entre 2010 e 2015, tipo de estudos originais e arquivos disponíveis gratuitamente na íntegra. Os textos foram submetidos a uma leitura exploratória dos resumos para seleção prévia e leitura na íntegra para composição da amostra e à análise do conteúdo para categorização e elaboração dos resultados. Resultados: A amostra foi composta por 11 textos dos quais foi possível identificar duas categorias uma referente a Sinais e Sintomas Prevalentes e outra sobre os Parâmetros Laboratoriais para o Diagnóstico. Percebemos que existe uma variação nas complicações e sintomas apresentados com a evolução do agravo e como isso está intrinsecamente relacionado com a eficácia do diagnóstico e sua agilidade, bem como sua sensibilidade e especificidade. Considerações Finais: Percebemos que apesar do recém-nascido não apresentar sinais e sintomas conclusivos para Hipotireoidismo Congênito, deve-se identificar os mais clássicos e prevalentes para que o exame físico seja direcionado e possa auxiliar no processo diagnóstico. O Programa Nacional de Triagem Neonatal deve fazer parte da assistência, tornando-se um aliado no diagnóstico precoce e início rápido para o tratamento. É inegável a capacitação da equipe e outros estudos sobre valores diagnósticos para estabelecimento de padrão ouro na Triagem Neonatal para o Hipotireoidismo Congênito.


Keywords


Hipotireoidismo Congênito, Programa Nacional de Triagem Neonatal, Sinais e Sintomas.

References


Barone, bianca et al . Avaliação do valor de corte de tsh em amostras de filtro na triagem neonatal para diagnóstico de hipotireoidismo congênito no programa "primeiros passos" - iede/rj. Arq bras endocrinol metab, são paulo, v. 57, n. 1, p. 57-61, feb. 2013. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s000427302013000100008&lng=en&nrm=iso. Acessado em: 29 ago. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0004-27302013000100008.

Abreu, isabella schroeder; braguini, welligton luciano. Neonatal screening: mother knowledge in a maternity inside the paraná, brazil. Rev. Gaúcha enferm. (online), porto alegre, v. 32, n. 3, p. 596-601, set. 2011. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s198314472011000300023&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 29 set. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s1983-14472011000300023.

Mendes, lucas corrêa; santos, taides tavares dos; bringel, fabiana de andrade. Evolução do programa de triagem neonatal no estado do tocantins. Arq bras endocrinol metab, são paulo, v. 57, n. 2, p. 112-119, mar. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s000427302013000200003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 ago. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0004-27302013000200003.

Nascimento, marilza leal. Situação atual da triagem neonatal para hipotireoidismo congênito: críticas e perspectivas. Arq bras endocrinol metab, são paulo, v. 55, n. 8, p. 528-533, nov. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s000427302011000800005&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 ago. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0004-27302011000800005.

Botler, judy; camacho, luiz antonio bastos; cruz, marly marques da. Análise de desempenho do programa de triagem neonatal do estado do rio de janeiro, brasil, de 2005 a 2007. Cad. Saúde pública, rio de janeiro , v. 27, n. 12, p. 2419-2428, dec. 2011 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s0102311x2011001200013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 ago. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0102-311x2011001200013.

Nunes, adriana kleist clark et al. Prevalência de patologias detectadas pela triagem neonatal em santa catarina. Arq bras endocrinol metab, são paulo, v. 57, n. 5, p. 360-367, july 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s000427302013000500005&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 ago. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0004-27302013000500005.

Oliveira, fabiana pereira sabino de; ferreira, eleonora arnaud pereira. Adesão ao tratamento do hipotireoidismo congênito segundo relato de cuidadores. Psicol. Reflex. Crit., porto alegre , v. 23, n. 1, p. 19-28, apr. 2010 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s010279722010000100004&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 ago. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0102-79722010000100004.

Manual de normas técnicas e rotinas do teste de triagem neonatal, laboratório de triagem neonatal do hospital das clínicas da faculdade de medicina de ribeirão preto – usp 2011. Disponível em: http://www.hcrp.fmrp.usp.br/sitehc/upload%5cmanual%20de%20instru%c3%87%c3%95es%20do%20teste%20do%20pezinho%202011.pdf. Acesso em: 29 ago. 2015.

Reichert, altamira pereira da silva. Conhecimento de mães quanto a importância do teste do pezinho. Rev. Bras. Enferm., brasília , v. 56, n. 3, p. 226-229, jun. 2003 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s003471672003000300003&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 29 set. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0034-71672003000300003.

Souza, m.a.; nunes, r.f.f.; brito, h.a.v.; guzen, f. P. ; cavalcanti, j. R. L. P. O hipotireodismo congênito: esclarecendo a sua manifestação a partir de princípios morfofuncionais. Revista de ciências da saúde nova esperança, v. 09, p. 65-70, 2012. Disponível em: http://www.facene.com.br/wp-content/uploads/2010/11/2011-2-pag-65-70-hipotireoidismo.pdf. Acesso em: 12 set. 2015.

Maciel, léa maria zanini et al . Hipotireoidismo congênito: recomendações do departamento de tireoide da sociedade brasileira de endocrinologia e metabologia. Arq bras endocrinol metab, são paulo, v. 57, n. 3, p. 184-192, apr. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s000427302013000300004&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 29 ago. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0004-27302013000300004.

Brasil. Ministério da saúde. Secretaria de atenção à saúde. Aprova, na forma do anexo desta portaria, o protocolo clínico e diretrizes terapêuticas - hipotireoidismo congênito. Portaria n° 56, de 29 de janeiro de 2010. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/sas/2010/prt0056_29_01_2010.html. Acesso em: 29 ago. 2015.

Brasil. Ministério da saúde. Secretaria de assistência à saúde. Coordenação-geral de atenção especializada. Manual de normas técnicas e rotinas operacionais do programa nacional de triagem neonatal / ministério da saúde, secretaria de assistência à saúde, coordenação geral de atenção especializada. – brasília: ministério da saúde, 2002. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/triagem_neonatal.pdf. Acesso em: 05 set. 2015.

Pezzuti, isabela l.; lima, patrícia p. De; dias, vera m. A.. Hipotireoidismo congênito: perfil clínico dos recém-nascidos identificados pelo programa de triagem neonatal de minas gerais. J. Pediatr. (rio j.), porto alegre, v. 85, n. 1, p. 72-79, feb. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s002175572009000100013&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 08 set. 2015. Http://dx.doi.org/10.1590/s0021-75572009000100013.

Sousa, lenice dutra de et al . A produção científica de enfermagem acerca da clínica: uma revisão integrativa. Rev. Esc. Enferm. Usp, são paulo, v. 45, n. 2, p. 494-500, apr. 2011. [online] disponível: http://www.scielo.br/scielo.php?Script=sci_arttext&pid=s008062342011000200027&lng=en&nrm=isso. Acesso em: 25 de fevereiro 2015.

Mendes, k. D. S.; silveira, r. C. C. P.; galvão, c. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contextoenferm. 2008 [online] disponível: http://redenep.unisc.br/portal/upload/com_arquivo/revisao_integrativa__metodo_de_pesquisa_para_incorporacao_de_evidencias_na_saude_e_na_enfermagem.pdf. Acesso em: 28 ago 2015.

Conselho federal de enfermagem (cofen). Resolução n. 358, de 15 de outubro de 2009. Dispõe sobre a sistematização da assistência de enfermagem - sae [legislação na internet]. Brasília; 2009. Disponível em: http//www.portalcofen.gov.br/2007/materias.asp?Articleid=7100&sectionid=34. Acesso em: 15 abr. 2016.

Dorreh f et al. Epidemiology of congenital hypothyroidism in markazi province, iran. J clin res pediatr endocrinol 2014; 6(2):105-110 doi: 10.4274/jcrpe.1287. Disponível em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/pmc4141571/. Acesso em: 17 abr. 2016.

Portugal. Parecer nº 12/2011 – parecer sobre atividades da vida diária. Mesa do colégio da especialidade de enfermagem de reabilitação. Disponível em: http://www.ordemenfermeiros.pt/documentos/documents/parecer12_mceer_18_11_2011_actividadesvidadiaria_avd.pdf. Acesso em: 15 mai. 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n1-071

Refbacks

  • There are currently no refbacks.