Proposta de antibioticoterapia empírica para tratamento de SEPSE primária em CTI / Empirical antibiotic therapy proposal for the treatment of primary SEPSIS in the ICU

Victor Araújo Fortuna Cáus, Samuel Filippe Motta Martins Dias, Letícia Isabela de Souza Moreira, Vitor Augusto Fernandes do Nascimento, Victor Augusto Pereira Romão, Thaís Hellen Rezende Pio, Matheus de Serpa Vale, Edigar Moraes da Cruz, Geovana Carla Rosa Brito, Victor Lopes Gonçalves Ferreira, Felipe Magno Alves Pereira, Bráulio Roberto Gonçalves Marinho Couto

Abstract


Os antimicrobianos se apresentam como uma das principais drogas utilizadas nos centros de terapia intensiva (CTIs). Contudo, sua indicação ainda é preocupantemente caracterizada por tratamentos inadequados, apresentando um consequente aumento de bactérias multirresistentes. Nesse contexto, tem-se a antibioticoterapia empírica como importante ferramenta para redução de taxas de mortalidade em quadros de sepse primária. Assim, este estudo objetiva avaliar o perfil de sensibilidade antimicrobiana dos agentes etiológicos de sepse primária em CTI de adultos, embasando terapia empírica para tratamento dessa complicação e, por conseguinte, contribuindo para a elaboração de estratégias de uso racional dos antimicrobianos

Keywords


antibioticoterapia, empírica, tratamento, sepse.

References


SILVA, Camila Delfino Ribeiro da; SILVA JÚNIOR, Moacyr. Estratégias para uso adequado de antibioticoterapia em unidade de terapia intensiva. Einstein (São Paulo), São Paulo, v. 13, n. 3, p. 448-453, jun. 2015. https://doi.org/10.1590/S1679-45082015RW3145




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-008

Refbacks

  • There are currently no refbacks.