Avaliação da eficácia de um hidratante calmante íntimo em região depilada por métodos biofísicos e seus efeitos na microbiota vaginal / Assessment of efficacy of a soothing intimate moisturizer in the shaved region by biophysical methods and its effects in the vaginal microbiota

Andréa Bauer Bannach, Karen Cristina Rangel, Camila Sirieiro Abreu, Flávia Cardoso Malés, Douglas Costa Morais, Gabriela Pacheco de Oliveira, Stevin Parreira Zung

Abstract


Introdução: A depilação da área íntima é uma prática comum entre as mulheres brasileiras, devido a objetivos estéticos e a aspectos socioculturais. Após a depilação, podem ocorrer sintomas de irritação na pele e complicações inflamatórias e infecciosas devido a mudança do pH e da microbiota local. Objetivo: Avaliar os efeitos de um creme hidratante calmante para a área íntima feminina, após depilação e nos dias posteriores. Métodos: A hidratação, barreira cutânea e colorimetria da pele foram avaliados por métodos biofísicos. A avaliação da microbiota vaginal foi realizada através da quantificação dos Bacillus de Döderlein e determinação do pH vaginal. A eficácia percebida foi avaliada por questionário de intensidade de desconforto/efeito calmante. Resultados: O uso do produto por 28 dias não causou alterações na microbiota e no pH vaginal, e melhorou a hidratação, barreira cutânea e vermelhidão da pele imediatamente e após 1, 2, 8 e 24 horas da sua aplicação em relação ao tempo inicial pós-depilação. A maior parte dos participantes não apresentou ardor, vermelhidão e desconforto/irritação. Conclusão: O produto testado se mostrou seguro e efetivo para uso na região genital externa feminina após depilação auxiliando na reparação cutânea, reduzindo o desconforto pós procedimento e mantendo a fisiologia local.


Keywords


hidratação, microbiota, depilação, colorimetria, barreira cutânea, pH vaginal.

References


- Sangiorgi MLPO, Lara LAS, Lerri MR, Ferriani RA, Romão APMS. The Preference of Women and Men Regarding Female Genital Depilation. Rev Bras Ginecol Obstet. 2017 Sep;39(9):488-495

- Demaria AL, Flores M, Hirth JM, Berenson AB. Complications related to pubic hair removal. Am J Obstet Gynecol. 2014 Jun; 210(6): 528.e1–528.e5

- Kalia N, Singh J, Kaur M. Microbiota in vaginal health and pathogenesis of recurrent vulvovaginal infections: a critical review. Ann Clin Microbiol Antimicrob. 2020; 19:5

- Alvisi S et al. Vaginal health in menopausal women. Medicina (Kaunas). 2019 Oct; 55(10): 615

- Palacios S. Non-hormonal approaches for the treatment of vulvovaginal atrophy: the choice between hyaluronic acid and glycerin. Gynecol Endocrinol. 2020 Oct;36(10):847-8

- Al-Ghazzewi FH, Tester RF. Biotherapeutic agents and vaginal health. Journal of Applied Microbiology. 2016 Jul;121(1):18-27

- Wagner S, Suter A, Merfort I. Skin penetration studies of Arnica preparations and of their sesquiterpene lactones. Planta Med. 2004 Oct;70(10):897-903

- Chiu A, Kimball AB. Topical vitamins, minerals and botanical ingredients as modulators of environmental and chronological skin damage. Br J Dermatol. 2003 Oct;149(4):681-91

- Cerio R, Dohil M, Jeanine D, et al. Mechanism of action and clinical benefits of colloidal oatmeal for dermatologic practice. J Drugs Dermatol. 2010 Sep;9(9):1116-20

- International Conference for Harmonization (ICH). Guideline for good clinical practice E6(R2). 2016. Disponível em: https://www.ema.europa.eu/en/documents/scientific-guideline/ich-e-6-r2-guideline-good-clinical-practice-step-5_en.pdf.Acessado em: julho de 2021

- Organización Panamericana de la Salud. Buenas Prácticas Clínicas: Documento de las Américas, 2005

- Melo M, Campos PMBGM. Application of biophysical and skin imaging techniques to evaluate the film‐forming effect of cosmetic formulations. International Journal of Cosmetic Science. 2019; 41

- Fossa Shirata MM, Campos PMBGM. Influence of UV filters on the texture profile and efficacy of a cosmetic formulation. Int J Cosmet Sci. 2017;39(6):622-628

- Gui M, Kan J, Qu D, Chen Y, Luo R, Liu Y, et al. Instrumental Evaluation of the Depigmenting Efficacy of an Oral Supplementation Containing Peptides and Chrysanthemum Extract for the Treatment of Melasma. Cosmetics 2017; 4:42




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-009

Refbacks

  • There are currently no refbacks.