A atuação do nutricionista na prevenção da hipertensão arterial: uma revisão de literatura / The nutritionist's performance in the prevention of arterial hypertension: a literature review

Rafael Antunes da Silva, Daniel Antunes da Silva, Andrea Siliveste Brasil Villagelin, Rayanne Cristina dos Santos Batista Vieira, Renata Sacramento Lopes

Abstract


Objetivo: O trabalho trata-se de uma revisão da literatura científica, sobre as principais medidas de prevenção da HAS (Hipertensão Arterial Sistêmica) pelo nutricionista, a fim de contribuir para diminuição dos casos de HAS no Brasil e consequentemente a diminuição da morbimortalidade no país. Métodos: Para a construção da revisão de literatura, os seguintes passos foram considerados: elaboração da questão de pesquisa, busca nas bases de dados: Google acadêmico e PubMed. Os critérios de inclusão foram considerados: artigos científicos, livros e manuais do Ministério da Saúde com as seguintes abordagens: hipertensão arterial sistêmica, atuação do nutricionista e fatores de riscos e prevenção. Resultados e Discussão: a hipertensão arterial se destaca com alto índice de morbimortalidade, com grande prevalência e baixas taxas de controle. Sendo de extrema necessidade medidas preventivas e de educação nutricional para contribuir com a melhora desse cenário. Conclusão: O Nutricionista como membro da equipe de saúde, utilizará estratégias educacionais para orientar melhores hábitos alimentares, favorecendo a diminuição da incidência de hipertensão com as boas práticas de alimentação e mudanças nos hábitos alimentares e de vida.


Keywords


hipertensão arterial sistêmica, atuação do nutricionista , fatores de riscos e prevenção

References


APPEL, Lawrence J. The effects of dietary factors on blood pressure. Cardiology clinics, v. 35, n. 2, p. 197-212, 2017.

BARROSO, Weimar Kunz Sebba et al. Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial – 2020. Arquivos Brasileiros de Cardiologia , v. 116, p. 516-658, 2021.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social. Princípios e práticas

para educação alimentar e nutricional. Brasília, 2018.

DE ANDRADE LOPES, Wedja Myrelly et al. Atuação do nutricionista na prevenção e controle da hipertensão arterial sistêmica e do diabetes mellitus. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 1, p. 308-324, 2020.

FERNANDES, Daniel Pinheiro; DE LIMA PONTES, Magno Marcio. O ensino da educação nutricional na formação inicial de nutricionistas: uma breve revisão. Research, Society and Development, v. 9, n. 4, p. e126942955-e126942955, 2020.

FILIPPINI, Tommaso et al. Potassium Intake and Blood Pressure: A Dose‐Response Meta‐Analysis of Randomized Controlled Trials. Journal of the American Heart Association, v. 9, n. 12, p. e015719, 2020.

GBD 2016 Causes of Death Collaborators. Global, regional, and national age-sex specific mortality for 264 causes of death, 1980- 2016: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study . Lancet. 2017;390(10100):1151-210.

HE, Feng J. et al. Salt reduction to prevent hypertension and cardiovascular disease: JACC state-of-the-art review. Journal of the American College of Cardiology, v. 75, n. 6, p. 632-647, 2020.

HUANG, Liping et al. Effect of dose and duration of reduction in dietary sodium on blood pressure levels: systematic review and meta-analysis of randomised trials. bmj, v. 368, 2020.

Institute of Medicine (IOM). Dietary reference intakes for water, potassium, sodium, chloride, and sulfate. Washington (DC): National Academy Press; 2004.

MALACHIAS, Marcus Vinicius Bolivar et al. 7ª Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial: Capítulo 1-Conceituação, Epidemiologia e Prevenção Primária. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 107, p. 1-6, 2016.

MILL, José Geraldo et al. Estimativa do consumo de sal pela população brasileira: resultado da Pesquisa Nacional de Saúde 2013. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 22, p. E190009. SUPL. 2, 2019.

MILLS, Katherine T.; STEFANESCU, Andrei; HE, Jiang. The global epidemiology of hypertension. Nature Reviews Nephrology, v. 16, n. 4, p. 223-237, 2020.

PACHECO, G.S.; SANTOS, I.; BREGMAN R. Características de Clientes com Doença renal Crônica: Evidências para o Ensino do Autocuidado. Revista de Enfermagem UERJ. Rio de Janeiro, v.14 n.3 p.434-9, 2006.

PORTH; GROSSMAN. Fisiopatologia. 9. Ed. 2015.

ROERECKE, Michael et al. The effect of a reduction in alcohol consumption on blood pressure: a systematic review and meta-analysis. The Lancet Public Health, v. 2, n. 2, p. e108-e120, 2017.

ROSSIER, Bernard C.; BOCHUD, Murielle; DEVUYST, Olivier. The hypertension pandemic: an evolutionary perspective. Physiology, v. 32, n. 2, p. 112-125, 2017.

SANTOS, Alejandro et al. A importância do potássio e da alimentação na regulação da pressão arterial. Lisboa, Portugal: Direção Geral da saúde. 2018.

SCHWINGSHACKL, Lukas et al. Food groups and risk of hypertension: a systematic review and dose-response meta-analysis of prospective studies. Advances in nutrition, v. 8, n. 6, p. 793-803, 2017.

SUNDSTRÖM, Johan et al. Weight gain and blood pressure. Journal of hypertension, v. 38, n. 3, p. 387-394, 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Diet, nutrition, and the prevention of chronic diseases: report of a joint WHO/FAO expert consultation. World Health Organization, 2003.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Guideline: Sodium intake for adults and children. World Health Organization, 2012.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. 2017. Lancet. 2016;390:1151–210. Causes of Death 2008 [online database]. Geneva, World Health Organization.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-011

Refbacks

  • There are currently no refbacks.