Estado nutricional e consumo alimentar de fibras como fatores de risco para doenças cardiovasculares em mulheres pós-menopausa / Nutritional status and fiber food consumption as risk factors for cardiovascular diseases in post-menopausal women

Gisele Xavier Ribeiro Costa, Kelen Cristina Estavanate de Castro

Abstract


A menopausa é definida como o fim do ciclo menstrual, que é reconhecido após 12 meses de amenorreia. Em decorrência do declínio nas concentrações de estrogênio e do hiperandrogenismo relativo característicos desse período, ocorrem diversas alterações na homeostase do organismo feminino. Nesse contexto, destacam-se as alterações no gasto energético, na composição corporal e no metabolismo lipídico resultando em uma transição de um padrão de distribuição de gordura ginoide para androide, tornando maior o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares (DCV). Assim, o presente estudo objetivou avaliar o estado nutricional e o consumo alimentar de fibras em mulheres pós-menopausa, docentes do ensino superior, a fim de identificar a presença de fatores de risco para DCV. Para isso, foi realizado um estudo com abordagem qualiquantitativa, por meio da coleta de dados de peso e altura referidos e da aplicação de um questionário de frequência alimentar (QFA). Os resultados encontrados mostraram prevalência de sobrepeso e obesidade associados a um baixo consumo de fibras pelas mulheres menopausadas. Diante disso, conclui-se que as participantes do presente estudo apresentam fatores de risco para DCV. Os resultados demonstram a necessidade de elaboração de orientação nutricional direcionada para as participantes da pesquisa, além de elaboração de estratégias para a promoção da saúde e, assim, contribuir na prevenção e controle das DCV. Além disso, sugere-se que novos estudos sejam realizados com maior tamanho amostral para que se possa corroborar os dados obtidos neste estudo.


Keywords


dietoterapia, estado nutricional, fibras dietéticas, pós-menopausa, risco cardiovascular.

References


BRASIL. Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. Vigitel Brasil 2019: vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico. Brasília: Ministério da Saúde, 2020.

CALIL, S. R. B. Desempenho cognitivo, estado nutricional e consumo alimentar em idosos com diferentes perfis cognitivos. 102f. 2017. Tese (Doutorado em Ciências) - Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

DAVIS, S. R; CASTELO-BRANCO, C; CHEDRAUI, P; LUMSDEN, M. A; NAPPI, R. E; SHAH, D; VILLASECA, P & as the Writing Group of the International Menopause Society for World Menopause Day 2012. Understanding weight gain at menopause. Climacteric, v. 15, n. 5, pp. 419-429, 2012.

FALUDI, André Arpad et al. Atualização da Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose - 2017. Arq. Bras. Cardiol., São Paulo, v. 109, n. 2, supl. 1, pp. 1-76, ago. 2017.

FERREIRA, Laís Lima; SPRITZER, Poli Mara; SILVA, Thaís Rasia da. Associação entre ingestão alimentar de antioxidantes, composição corporal e variáveis metabólicas em uma amostra de mulheres na pós-menopausa. 2018. 35 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Nutrição) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

GOMES, Ana Karolyne Alves; MORAES, Rafael de Oliveira; SILVA, Maria Cláudia. O consumo das fibras no tratamento da obesidade. 2020. 18p. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Nutrição) – Centro Universitário de Brasília, Brasília, 2020.

KO, Seong-Hee; KIM, Hyun-Sook. Menopause-Associated Lipid Metabolic Disorders and Foods Beneficial for Postmenopausal Women. Nutrients, v. 12, n. 1, p. 202, 2020

MARCHAND, G. B; CARREAU, A. M; WEISNAGEL, S. J; BERGERON, J; LABRIE, F; LEMIEUX, S; TCHERNOF, A. Increased body fat mass explains the positive association between circulating estradiol and insulin resistance in postmenopausal women. American Journal of Physiology-Endocrinology and Metabolism, v. 314, n.5, pp. 448-456, 2018.

MOLZ, Ana Paula; POLL, Fabiana Assmann. Avaliação nutricional, estilo de vida e consumo alimentar relacionados com risco cardiovascular em mulheres na menopausa. Cinergis. v. 14, n. 4, pp. 186-192, 2013.

OLIVEIRA, Pablo Gustavo de; WENDER, Maria Celeste Osório; BACHA, Omar Moreira. Composição Corporal de Mulheres no Climatério. 2017. 83 f. Tese (Doutorado em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

OPAS/OMS. Alimentação Saudável. Organização Pan-Americana da Saúde, 2021. Disponível em: Acesso em: 12 de out. de 21.

PAULO, Aline Weber; MENDES, Karina G.; CHILANTI, Gabriela. Consumo de frutas e hortaliças em mulheres na pós-menopausa. 2018. 19 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Nutrição) - Universidade de Caxias do Sul, Canela, 2018.

PEREIRA, Joice Cristina Neves; PRADO, Devanir Silva Vieira; CAPUTO, Lucelia Rita Gaudino; GOMES, Thaynara Faria; LIMA Isadora Cardoso E. Efeitos da Alimentação no Climatério. Revista Científica Online, v. 12, n. 2, 2020.

PRECOMA, Dalton Bertolim et al. Atualização da Diretriz de Prevenção Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia - 2019. Arq. Bras. Cardiol., São Paulo, v. 113, n. 4, pp. 787-891, out. 2019.

SILVA, Elisiane Mandiana Fogaça; THEODORO, Heloísa; MENDES, Karina Giane; OLINTO, Maria Teresa Anselmo. Prevalência de obesidade em mulheres na pós-menopausa atendidas em um ambulatório no sul do Brasil. Revista da Associação Brasileira de Nutrição, v. 10, n. 1, pp. 46-52, jan-jun, 2019.

VILCANQUI-PEREZ, Fulgencio; VILCHEZ-PERALES, Carlos. Fibra dietética: novas definições, propriedades funcionais e benefícios para a saúde. Revisão. ALAN, Caracas, v. 67, n. 2, pp. 146-156, jun, 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-045

Refbacks

  • There are currently no refbacks.