Acne vulgar e o uso de máscaras decorrente da pandemia por Covid-19: uma revisão de literatura / Acne vulgar and the use of masks arising from the Covid-19 pandemic: a literature review

Amanda Amália Magalhães, Júlio César Figueiredo Santos

Abstract


A acne vulgar é uma patologia crônica de caráter inflamatório que afeta os folículos pilossebáceos. É uma dermatose multifatorial que envolve fatores fisiopatológicos primários, genéticos, psicológicos e hábitos de vida. Em decorrência da pandemia devido ao COVID-19, o uso obrigatório de máscaras por tempo prolongado tem sido correlacionado com aumento de acne vulgar na população. Correlacionar o aumento de acne vulgar com o uso prolongando de máscaras faciais como medida de proteção contra o COVID-19. Foi realizada uma revisão de literatura sobre acne vulgar e o uso de máscaras faciais devido ao COVID-19 citadas nos bancos de dados PubMed, Biblioteca Virtual de Saúde, SciELO e Google Acadêmico. A acne vulgar ocorre devido à hiperqueratose e à intensa secreção sebácea contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento do P. acnes.  Esse agente contribui para formação dos comedões, além de desencadear inflamação nas glândulas sebáceas e queratinócitos. O uso de máscaras faciais favorece o surgimento ou piora da acne visto que aumenta a temperatura e umidade local. A oclusão local devido ao uso de máscaras exacerba patologias dermatológicas, como a acne vulgar. Dessa maneira, é necessário cuidados dermatológicos e tratamento adequado dessa dermatose, visando reduzir a sua incidência.


Keywords


acne vulgar, covid-19, máscaras faciais.

References


BARROS, A.B; et. al. Acne vulgar: aspectos gerais e atualizações no protocolo de tratamento. BWS Journal, 2020. Disponível em < https://bwsjournal.emnuvens.com.br/bwsj/article/view/125/77 >

HAN, C; et. al. Increased Flare of Acne Caused by Long-Time Mask Wearing During COVID-19 Pandemic among General Population. Department of Dermatology, HongKong University Affiliated Shenzhen Hospital, 2020. Disponível em < https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7300566/pdf/DTH-9999-e13704.pdf >

KARABAY E.A; ÇERMAN A.A. Demodex folliculorum infestations in common facial dermatoses: acne vulgaris, rosacea, seborrheic dermatites. An. Bras. Dermatol., 2020. Disponível em < file:///C:/Users/Amanda/Downloads/SBD%20DEMODEX.pdf >

OGÉ, L.K.; BROUSSARD, A; MARSHALL, M.D. Acne Vulgaris: Diagnosis and Treatment. American Academy of Family Physicians, 2019. Disponível em < https://www.aafp.org/afp/2004/0501/afp20040501p2123.pdf >

RIBEIRO, B.M; et. al. Etiopatogenia da acne vulgar: uma revisão prática para o dia a dia do consultório de dermatologia. Sociedade Brasileira de Dermatologia, 2015. Disponível em < https://www.redalyc.org/pdf/2655/265542565004.pdf >

SZAPIETOWSKI, J; et. al. Face mask-induced itch.:A Self-questionnaire Study of 2.315 Responders During the COVID-19 Pandemic. Acta Derm Venereol 2020. Disponível em < https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32449781/ >

ZORTÉA, N.B; MATTOS, A.B.N; FAGUNDES, M.A. Acne vulgaris provocada pela máscara. In: SIQUEIRA, Samylla Maira Costa (org.). COVID-19, O trabalho dos profissionais de saúde em tempos de pandemia. 1, ed. Científica, 2021. p. 44-49. Disponível em < https://downloads.editoracientifica.org/books/978-65-87196-86-2.pdf >




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-049

Refbacks

  • There are currently no refbacks.