Prevalência de sintomas de ansiedade e depressão em estudantes de medicina / Prevalence of anxiety and depression symptoms in medical students

Ana Luiza Baldasso Piffer, Stephanie Martins Pereira, Fernando Augusto Maciel Soares, Lauro Andrey Monteiro de Carvalho Junior, Lunna Faria Mendonça, Marcos Venicio Sallet Junior, Mariana Guimarães, Leila Rodrigues Danziger

Abstract


            Os acadêmicos de medicina possuem uma maior predisposição a terem Transtornos Depressivos do que boa parte da população. Devido a uma carga horária intensa, autocobrança e cobrança de familiares, responsabilidade profissional, dentre outros fatores, tais estudantes tornam-se suscetíveis a vivenciarem a depressão ao longo da graduação. Nota-se, portanto, a necessidade de realizar uma intervenção no âmbito de auxiliar esses estudantes a lidarem com tal problema e obterem uma melhor qualidade de vida, uma vez que a patologia em questão interfere negativamente em seu desempenho educacional, levando a um declínio na atividade acadêmica, desistência da formação e, em casos mais graves, ao suicídio.


Keywords


depressão, acadêmicos, medicina.

References


VASCONCELOS, Tatheane Couto de, et. al. Prevalência de sintomas de ansiedade e depressão em estudantes de medicina. Scielo, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbem/a/SVybyDKKBCYpnDLhyFdBXxs/?lang=pt. Acesso em: 06 de outubro de 2021.

VALLILO, Nathália Gaspar, et. al. Prevalência de sintomas depressivos em estudantes de Medicina. Revista Brasileira de Clínica Médica, 2011. Disponível em: https://www.sbcm.org.br/revistas/RBCM/RBCM-2011-01.pdf#page=33. Acesso em: 06 de outubro de 2021.

PAULA, Juliane dos Anjos de, et. al. Prevalência e fatores associados à depressão em estudantes de Medicina. Jornal de Crescimento Humano e Desenvolvimento, 2014. Disponível em: http://www.rmmg.org/exportar-pdf/1872/v25n4a15.pdf. Acesso em: 07 de outubro de 2021.

Cavestro JM, Rocha FL. Prevalência de depressão entre estudantes universitários. Journal of Brazilian Psiquiatry [online], 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S004720852006000400001&script=sci_arttext. Acesso em: 07 de outubro de 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-058

Refbacks

  • There are currently no refbacks.