Tricosporonose invasiva em paciente com COVID 19: um relato de caso / Invasive trricosporonosis in a patient with COVID 19: a case report

Larissa Dimas Barbosa Arthuzo, Marcelo Simão Ferreira, Aercio Sebastião Borges, José Otávio Batista Leite

Abstract


Introdução: A tricosporonose invasiva, causada pelo Trichosporon spp. é a segunda causa mais comum de fungemia associada ao uso de dispositivos invasivos e antibióticos de amplo espectro. Este relato de caso trata de paciente internado por COVID 19 que evoluiu com tricosporonose como complicação infecciosa. Objetivo: Relatar caso raro de fungemia associada a COVID 19, cuja mortalidade é elevada. Relato de caso: Paciente E.L.S. de 66 anos, internado por síndrome respiratória aguda grave devido infecção por SARS-COV-2, permaneceu em leito de unidade de terapia intensiva com uso de dispositivos invasivos e antibioticoterapia de amplo espectro devido múltiplas infecções bacterianas hospitalares. No décimo dia de internação por piora clínica, de leucograma e de provas inflamatórias, foi submetido a nova investigação com culturas, sendo identificado Trichosporon spp. em cultura de ponta de cateter e urocultura. Tratado com voriconazol endovenoso evoluiu com melhora clínica e negativação das culturas. Recebeu alta, após 90 dias de internação, para cuidados domiciliares. Conclusão: Tem sido descrito candidíase invasiva, aspergilose e mucormicose associadas a infecção pelo SARS-COV-2. Chamamos atenção, com esse relato, para mais uma micose oportunista como complicação infecciosa de pacientes quadros graves de COVID 19.


Keywords


trichosporon spp., tricosporonose invasiva, COVID.

References


Colombo AL, Padovan ACB, Chaves GM. Current Knowledge of Trichosporon spp. and Trichosporonosis. Clin Microbiol Rev. 2011 Oct; 24(4): 682–700. doi: 10.1128/CMR.00003-11

Castano G, Yarrarapu SNS, Mada PK. Trichosporonosis. [Updated 2021 Jan 5]. In: StatPearls [Internet]. Treasure Island (FL): StatPearls Publishing; 2021 Jan-. Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK482477/




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-122

Refbacks

  • There are currently no refbacks.