Saúde mental dos acompanhantes de pacientes com câncer em estágio avançado em hospital oncológico de Manaus / Mental health of caregivers of patients with cancer in advanced stage in cancer hospital of Manaus

Sandro Adriano de Souza Lima Junior, André Luís Sales da Costa, Deise Andrade Melo, Marcos Vinicius Alves de Souza

Abstract


O câncer é uma doença estigmatizada com elevada taxa de mortalidade e consequências agressivas tanto ao paciente, quanto ao seu cuidador. Devido sua virulência em estágios mais avançados, muitos pacientes nessa fase da doença são encaminhados para os cuidados paliativos e são submetidos a tratamentos que flagelam não só a situação psicológica e física do paciente, como também o estado mental do seu cuidador ao longo do processo, que se desgasta devido ao impacto do luto antecipado e a excessiva carga emocional e física. Objetivo: Dessa forma, avaliar a saúde mental dos cuidadores de pacientes oncológicos, em estados de finitude, tornou-se objeto de estudo. Métodos: Foram realizadas entrevistas por meio da aplicação de questionários e escalas que avaliam os níveis de ansiedade e depressão, e um questionário de levantamento socioeconômico. Resultados: Os resultados da pesquisa mostraram que a maioria dos cuidadores são do sexo feminino, com nível socioeconômico baixo e que 31,72% tem níveis moderados a graves de ansiedade e depressão concomitantemente, ganhando destaque principalmente o primeiro transtorno, por se identificar mais cuidadores com pontuação em níveis graves da escala utilizada. Conclusão: É notório que existe um adoecimento importante da saúde mental dos cuidadores de pacientes com câncer em estágio avançado.


Keywords


saúde mental, cuidadores, câncer.

References


ADES, Felipe. O que é grau de agressividade do câncer?. In: Instituto Espaço de Vida. 1. ed. [S. l.], 2016. Disponível em: http://www.espacodevida.org.br/seu-espaco/clinico/o-que-grau-de-agressividade-do-cncer. Acesso em: 1 jul. 2021.

CASTILLO, Ana Regina et al. Transtornos de ansiedade. Brazilian Journal of Psychiatry , [s. l.], 2020. Disponível em: http://www.scielo.b r/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516- 44462000000600006&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 17 abr. 2021.

DEL PORTO, José Alberto et al. Conceito e diagnóstico. Brazilian Journal of Psychiatry , [s. l.], 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44461999000500003

DOMINGUES, Glaucia Regina et al. A atuação do psicólogo no tratamento de pacientes terminais e seus familiares. Psicologia Hospitalar, Cuiabá, p. 1-8, 27. 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-74092013000100002. Acesso em: 2 fev. 2021.

FARINHAS, Giseli Vieceli et al. Impacto psicológico do diagnóstico de câncer na família: um estudo de caso a partir da percepção do cuidador. Pensando famílias , [s. l.], 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-494X2013000200009.

FONSECA, Ana Patrícia Coelho et al. Vivenciando o Estresse por Familiares ou Acompanhantes de Portadores de C.A. ISMAbr, [s. l.], 2009. Disponível em: http://www.ismabrasil.com.br/trabalho/6. Acesso em: 13 abr. 2021.

GUIMARÃES, Claudine Aparecida. Cuidadores familiares de pacientes oncológicos pediátricos em fases distintas da doença: Processo de Enfrentamento. In: GUIMARÃES, Claudine Aparecida. 2015. Tese de doutorado (Psicologia) - Pontificia Universidade Católica de Campinas, [S. l.], 2015.

HOSPITAL Santa Mônica: Ansiedade: o que é, quais são as causas e principais consequências?. In: Ministério da Saúde. 1. ed. São Paulo, 2018. Disponível em: https://hospitalsantamonica.com.br/ansiedade-o-que-e-quais-sao-as-causas-e-principais-consequencias/%20. Acesso em: 5 ago. 2021.

INCA. ESTIMATIVA 2020: Incidência de Câncer no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: [s. n.], 2020. ISBN 978-85-7318-389-4. Disponível em: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//estimativa-2020-incidencia-de-cancer-no-brasil.pdf%203. Acesso em: 22 jul. 2021.

INCA. CUIDADOS paliativos. In: INCA. 1. ed. [S. l.], 2018. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tratamento/cuidados-paliativos. Acesso em: 17 fev. 2020. Acesso em: 4 jul. 2021.

INOCENTI, A et al. Vivências e sentimentos do cuidador familiar do paciente oncológico em cuidados paliativos. Rev Eletr Enferm , [s. l.], v. 11, ed. 4, 2009. Disponível em: https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v11/n4/pdf/v11n4a11.pdf. Acesso em: 15 jul. 2021.

MELLIS, Fernando et al. Dia da Saúde Mental: Brasil lidera rankings de depressão e ansiedade. São Paulo, 2019. Disponível em: https://noticias.r7.com/saude/dia-da-saude-mental-brasil-lidera-rankings-de-depressao-e-ansiedade-10102019. Acesso em: 8 jun. 2021.

MINISTÉRIO DA SAÚDE (MS). Depressão: causas, sintomas, tratamentos, diagnóstico e prevenção. . 1. ed. São Paulo, 2019. Disponível em: https://saude.gov.br/saude-de-a-z/depressao. Acesso em: 29 jul. 2021.

REZENDE, Vera Lucia et al. Depressão e ansiedade nos cuidadores de mulheres em fase terminal de câncer de mama e ginecológico. Rev. Bras. Ginecol. Obstet, [s. l.], ano 12, n. 27, p. 737-743, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-72032005001200006&lng=pt. Acesso em: 22 set. 2021.

ROBBINS, Stanley L. Patologia: Bases patológicas das doenças. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016. 1440 p. ISBN 978-8535281637.

SILVA, Suelen Cristina Batista et al. Percepções dos acompanhantes de pacientes em estado de terminalidade. REFACS, [s. l.], p. 1-4, 2017. Disponível em: https://www.redalyc.org/jatsRepo/4979/497952553006/html/index.html. Acesso em: 30 jul. 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-121

Refbacks

  • There are currently no refbacks.