Processo de enfermagem durante pandemia de COVID-19 / Nursing Process during pandemic COVID-19

Evelin Souza Oliveira, Fábio Luis Montanari, Elaine Alves Cordeiro da Silva

Abstract


Introdução: Diante ao cenário atual, em prol de minimizar os impactos da pandemia causada pelo vírus Sars-CoV-2 é reforçada a pertinência da teoria ambientalista de Florence Nightingale, assim como a importância do Processo de Enfermagem (PE). O PE é embasado em evidências e quando seguido criteriosamente, contribui para a credibilidade do profissional de enfermagem, dessa forma, gerando autonomia e reconhecimento profissional, fator fundamental para equipe de enfermagem gerenciar a sobrecarga causada pela pandemia, bem como, prestar assistência de qualidade ao paciente. Objetivo: Investigar a realização do processo de enfermagem em um hospital particular de Campinas-SP durante a pandemia de COVID-19. Método: Estudo com metodologia qualitativa, a coleta de dados ocorreu de Julho a Agosto de 2021 por meio de entrevista semiestruturada e audiogravada. Os critérios de inclusão foram: trabalhar como enfermeiro(a) na instituição há pelo menos 90 dias, possuir mais de 18 anos de idade e estar de acordo e assinar o TCLE - Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Resultados: Foram evidenciados agentes causadores de fragilidades no PE durante a pandemia de COVID-19 e consequentemente na assistência ao cliente. Todos os participantes apontaram ao menos um dos agentes a seguir: dimensionamento inadequado, complexidade dos pacientes, falta de conhecimento dos Enfermeiros(as) sobre o PE e lentidão de Software hospitalar.


Keywords


processo de enfermagem, COVID-19, pandemia, enfermagem.

References


ADAMY, E.K. et al. Reflexão acerca da interface entre a segurança do paciente e o Processo de Enfermagem. REAS, 7(1):272-278, jan/jul 2018.

ALMEIDA, M.A. et al. Tempo despendido na execução do Processo de Enfermagem em um Centro de Tratamento Intensivo. Esc Anna Nery, 16(2):292-296, jun 2012.

BACKES, M.T.S. et al. Condições de trabalho dos profissionais de enfermagem no enfrentamento da pandemia de covid-19. Revista Gaúcha de Enfermagem, 42(esp):e20200339, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200339

BARROS, A.L.B.L. et al. Contribuições da rede de pesquisa em processo de enfermagem para assistência na pandemia de COVID-19. Bras Enferm, v.73(Suppl 2):e20200798, out. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2020-0798

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária Nota Técnica. GVIMS/GGTES/ANVISA Nº.07/2020 Orientações para prevenção e vigilância epidemiológica das infecções por SARS-CoV-2 (COVID-19) dentro dos serviços de saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2020. Disponível em: http://www.crosp.org.br/uploads/arquivo/152d7e2fc9238d290e6977bde5b6025a.pdf. Acesso em: 15 mar 2021.

CHIAVONE, F.B.T. et al. Tecnologias utilizadas para apoio ao Processo de Enfermagem: revisão de escopo. Acta Paul Enferm. 34:eAPE01132, 2021. DOI:http://dx.doi.org/10.37689/acta-ape/2021AR01132

Conselho Federal de Enfermagem (BR). Parecer Normativo Nº 02 do Conselho Federal de Enfermagem, de 28 de maio de 2020 (BR). Disponível em: http://www.cofen.gov.br/parecer-normativo-no-002-2020_79941.html Acesso em: 20 ago 2021.

Conselho Federal de Enfermagem (BR). Resolução Nº 358 do Conselho Federal de Enfermagem, de 15 de outubro de 2009 (BR). Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resoluo-cofen-3582009_4384.html Acesso em: 20 mar 2021.

Conselho Federal de Enfermagem (BR). Resolução Nº 429 do Conselho Federal de Enfermagem, de 30 de maio de 2012 (BR). Disponível em:http://www.cofen.gov.br/resoluo-cofen-n-4292012_9263.html Acesso em: 20 mar 2021.

DUARTE, M.L.C; SILVA, D.G; BAGATINI, M.M.C. Enfermagem e saúde mental: uma reflexão em meio à pandemia de coronavírus. Rev Gaúcha Enferm, v.42(esp):e20200140, ago 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200140

GEREMIA, D.S. et al. 200 Anos de Florence e os desafios da gestão das práticas de enfermagem na pandemia COVID-19. Rev. Latino-Am Enfermagem, v.28:e3358, set. 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/1518-8345.4576.3358

HELIOTERIO, M.C. et al. Covid-19: Por que a proteção de trabalhadores e trabalhadoras de saúde é prioritária no combate à pandemia?. Trab. Educ. Saúde, v. 18, n. 3, e00289121, 2020. DOI: 10.1590/1981-7746-sol00289.

MIRANDA, F.B.G. et al. Sofrimento psíquico entre profissionais de enfermagem durante a pandemia da COVID-19:Scoping Review. Esc. Anna Nery, 25(spe):e20200363, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2020-0363

MONTEIRO, A. I. et al. O Processo de Enfermagem na concepção de profissionais de Enfermagem de um hospital de ensino. Rev. Bras Enferm,66(2):167-73, mar 2013.

OLIVEIRA, K.K.D. et al. Nursing Now e o papel da enfermagem no contexto da pandemia e do trabalho atual. Rev Gaúcha Enferm, v.42(esp):e20200120, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200120

RODRIGUES, L.F; ARAÚJO, J.S. Absenteísmo entre os trabalhadores de saúde: um ensaio a luz da medicina do trabalho. Rev Ciência e Estudos Acadêmicos de Medicina, N 5, (p. 10-21), 2016.

SEADE. Governo do Estado de São Paulo. Boletim Completo, 2021. Disponível em: https://www.seade.gov.br/coronavirus/ Acesso em: 03 mar. 2021.

SHIBUKAWA, B.M.C. et al. Contribuição da Sistematização da Assistência de Enfermagem para a Segurança do Paciente. Rev Enfermagem, v.22, n.1, 2019.

SILVA, F.M.L. et al. Dificuldades na implementação da Sistematização da Assistência de Enfermagem na Unidade de Terapia Intensiva Adulto. REAS/EJCH, Vol. Sup 28:e986, 2019. DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e986.2019

SOUSA, A.R. et al. Reflexões sobre o Processo de Enfermagem no trabalho9 de enfermagem frente à pandemia da covid-19. Enferm. Foco, 11(1):e62-67, 2020.

SOUZA, N.V.D.O. et al. Trabalho de enfermagem na pandemia da covid-19 e repercussões para a saúde mental dos trabalhadores. Rev Gaúcha de Enfermagem, 42(esp):e20200225, 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-172

Refbacks

  • There are currently no refbacks.