Estágio extra mural como espaço de aprendizagem para abordagem interprofissional à pessoa com deficiência no SUS: um relato de experiência / Extra mural internship as a learning space for the interprofessional approach to the person with disability in the SUS: an experience report

Ana Paula Lemos Benevides, Gabriela Mendes Amador, Letícia Almeida Saraiva, Lorena Ingridy de Paula, Rodrigo Bezerra Aguiar, Paulo Leonardo Ponte Marques, Lucianna Leite Pequeno, Sharmênia de Araújo Soares Nuto

Abstract


O presente relato tem como objetivo descrever a experiência dos alunos do curso de Odontologia da Universidade de Fortaleza durante o módulo do Estágio Extra Mural em uma Instituição de cuidado a pessoas com deficiência. De caráter descritivo, esta experiência é resultado das atividades de estágio na Associação de Pais e Amigos de Excepcionais, localizada no município de Fortaleza-Ce, com o propósito de viabilizar a atenção integral e resguardar os direitos da pessoa com deficiência e a sua inclusão social. A experiência compreendeu o acompanhamento por meio da observação ativa e de diálogos informais durante os atendimentos dos profissionais de Fonoaudiologia, Psicologia, Terapia Ocupacional e Pedagogia, além das atividades educativas e preventivas relacionadas à saúde bucal e procedimentos clínicos odontológicos. O aprendizado adquirido foi de grande valia para formação acadêmica e humana dos discentes. Concluindo-se que é de extrema importância a abordagem multiprofissional no atendimento à Pessoas com Deficiência.


Keywords


saúde coletiva, odontologia, sistema único de saúde.

References


[OMS] Organização Mundial da Saúde. CIF: Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde [Centro Colaborador da Organização Mundial da Saúde para a Família de Classificações Internacionais, org.; coordenação da tradução Cassia Maria Buchalla]. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo - EDUSP; 2004.

Brasil. Decreto Nº 6.949, de 25 de agosto de 2009. Promulga a Convenção Internacional sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência e seu Protocolo Facultativo. Declaração Universal dos Direitos Humanos. 25 ago 2009.

Brasil. Decreto Nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004. Regulamenta as Leis Nº 10.048, de 8 de novembro de 2000. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. 4 dez 2012.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [https://www.ibge.gov.br/]. Pessoas com deficiência. [data de actualização 2010]. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9662-censo-demografico-2010.html?edicao=9749&t=destaques

Brasil. Estatuto da Pessoa com Deficiência. Brasília: Senado Federal; 2015.

Branco APSC, Ciantelli APC. Interações familiares e deficiência intelectual: uma revisão de literatura. Pensando fam. 2017; 21(2): 149-166.

Machado WCA et al. Integralidade na rede de cuidados da pessoa com deficiência. Texto & Contexto-Enferm. [online]. Aug, 2018; 27(3). https://doi.org/10.1590/0104-07072018004480016.

Nogueira GC et al. Perfil das pessoas com deficiência física e Políticas Públicas: a distância entre intenções e gestos. Ciênc Saúde Coletiva. 2016; 6(1): 12.

Volquind L et al. Pessoas com deficiência: Percepção de seus cuidadores quanto ao atendimento odontológico. RECIMA. 2021; 2(1): 8-25.

Santos FS, Campinas LLSL, Sartori, JAL. A afetividade como ferramenta na adesão às orientações sobre educação em saúde bucal na Saúde da Família. Mundo Saúde. 2010; 34(1): 109-119.

Campos CC et al. Manual prático para o atendimento odontológico de pacientes com necessidades especiais. 2ª ed. Goiânia: Universidade Federal de Goiânia, 2009.

Addelston HK. Child patient training. Chicago Dental Society. 1959; 38(2): 7-9.

Santos JJS, Carneiro SV. Saúde bucal de pacientes com necessidades especiais em Aracati- CE. Remecs. 2019; 4(6):35-46

Spezzia S, Bertolini SR. Ensino odontológico para pacientes especiais e gestão em saúde. J Oral Investig. 2017; 6(1): 85-98.

Cruz LP et al. Desempenho dos centros de especialidades odontológicas nos procedimentos em pacientes com necessidades especiais. Brazilian Journal of Health Review. 2021; 4(6):24649-24662.

Campos MF, Souza LAP, Mendes VLF. A rede de cuidados do Sistema Único de Saúde à saúde das pessoas com deficiência. Interface-Comunic, Saúde, Educ. 2015; 19(52): 207-10.

Brasil. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES, de 19 de fevereiro de 2002 [Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Odontologia]. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. 2002, 04 de mar; Seção 1:10.

Santos DCO. Potenciais dificuldades e facilidades na educação de alunos com deficiência intelectual. Educ Pesqui. 2012; 38(4): 935-948.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-206

Refbacks

  • There are currently no refbacks.