Avanço da telemedicina no Brasil no período de pandemia da COVID-19: uma revisão sistemática da literatura / Advancement of telemedicine in Brazil during the COVID-19 pandemic period: a systematic review of the literature

Isabele Santos de Lima, Edenis Cesar de Oliveira, Nilton Cezar Carraro, Fabio Albuquerque Entelmann

Abstract


Tendo como objetivo identificar as publicações que mais diretamente trataram do crescimento da telemedicina no Brasil no período de dezembro de 2019 a fevereiro de 2002, durante a pandemia de Covid-19, utilizou-se o Google Scholar como base de pesquisa, empregando palavras-chave específicas para a busca desses documentos. Foram coletados 1.040 documentos que passaram pelo processo de seleção, descartando-se as duplicatas, os documentos que não se enquadravam como artigos acadêmico-científicos, as publicações em outras línguas que não a língua portuguesa e, sobretudo, a análise da consonância do objetivo de cada artigo com o objetivo desse estudo. Posto esse critério mais rigoroso, restaram apenas oito artigos que atenderam aos preceitos estabelecidos. De modo geral, as redações textuais das publicações demonstram avanço do segmento da telemedicina no Brasil, mormente a partir da decretação da pandemia, além do destaque para a importância do marco legal provisório, entre outros aspectos. Resulta dessa análise, também, a consensualidade da necessidade de se avançar no debate a respeito do uso das tecnologias como forma de ampliar o acesso ao tratamento médico de base, com a propositura de medidas jurídicas que assegurem a qualidade dos serviços prestados, a garantia do sigilo das informações, além da salvaguarda ao pleno exercício da profissão e dos direitos constitucionais.


Keywords


health techs, telemedicina, pandemia, covid-19, revisão sistemática de literatura.

References


ÁLVAREZ, M.; YLLA, A. B.; CARREÑO, J. S.; CASTILLÓN, P.; CARDONA, C. G.; CRESPO, F. A. Telephone consultation service in ortophedics during Covid-19 pandemic. Revista Española de Cirugía Ortopédica y Traumatología, v. 65, n. 3, p. 167-171, 2021.

AROCA, B. C. M.; TIRADO, G. M.; LÓPEZ, G. E. Ethical issues in primary care during the coronavirus (SARS-CoV-2) pandemic. Sociedad Española de Medicina Rural y Generalista, v. 47, n. 2, p. 122-130,2021.

BINDA FILHO, D. L.; ZAGANELLI, M. V. Telemedicina em tempos de pandemia: serviços remotos de atenção à saúde no contexto da COVID-19. Humanidades e tecnologia (FINOM), v. 25. n.1, p. 115-133, 2020.

BLANK, S. The Four Steps to the Epiphany: Successful Strategies for Products that Win, Cafepress.com, CA., 2007.

BRASIL. Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus responsável pelo surto de 2019. Diário Oficial da União - D.O.U., ed. 27, seção 1, p. 1, 07 fev. 2020.

BRIZOLA, J.; FANTIN, N. Revisão da literatura e revisão sistemática da literatura. Revista de Educação do Vale do Arinos-RELVA, v. 3, n. 2; 2016.

CAMILO, V. C. O.; SOUTO, Y. S.; ZAVAN, N. O.; CARDOSO, F. R. O.; SANTOS, V.A.; MACHADO, A. M.; ODA, J. Y. Telemedicina e fatores limitantes para seu exercício no Brasil e no mundo durante a pandemia de Covid-19: uma revisão integrativa. Conjecturas, v. 21, n. 6, p. 866-882, 2021.

CASÀ, C.; MAROTTA, C.; DI PUMPO, M.; COZZOLINO, A.; D’AVIERO, A.; FRISICALE, E. M.; SILENZI, A., GABBRIELLI, F., BERTINATO, L.; BRUSAFERRO, S. Covid-19 and digital competencies among young physicians: are we (really) ready for the new era? A national survey of the Italian Young Medical Doctors Association. Istituto Superiore Di Sanità, v. 57, n. 1, p. 1-6, 2021.

CATAPAN, S. C.; CALVO, M. C. M. Contexto macro-institucional brasileiro para implantação da teleconsulta médica. Brazilian Journal of Health Review, v. 5, n. 1, p. 27-46, 2022.

CELUPPI, I. C.; LIMA, G. S.; ROSSI, E.; WAZLAWICK, R. S.; DALMARCO, E. M. Uma análise sobre o desenvolvimento de tecnologias digitais em saúde para o enfrentamento da Covid-19 no Brasil e no mundo. Cadernos de Saúde Pública, v. 37, n. 3, 2021.

CIOTTI, M., CICCOZZI, M.; TERRINONI, A.; JIANG, W-C.; WANG, C-B.; BERNARDINI, S. The COVID-19 pandemic. Critical Reviews in Clinical Laboratory Sciences, v. 57, n. 6, p. 365-388; 2020.

CORRÊA, J. C. B.; ZAGANELLI, M. V.; GONÇALVES, B. D. S. Telemedicina no Brasil: desafios ético-jurídicos em tempos de pandemia da Covid-19. Humanidades e tecnologia (FINOM), v. 25, n. 1, p. 200-218; 2020.

DRAMOS, L. M. M.; MELO, M. C. B.; ALMEIDA, Y. E. F.; SANTOS, A. F.; TORRES, R. M.; SOUZA, C.; BERGMAN, K.; ALVES, H. J. A importância das Tecnologias da Informação e Comunicação na disseminação de conhecimento na atenção primária em saúde. Brazilian Journal of Health Review, v. 2, n. 6, p. 6245-6253, 2019.

DRESCH, A.; LACERDA, D. P.; ANTUNES JUNIOR, J. A. V. Design Science Research: Método de Pesquisa para Avanço da Ciência e Tecnologia. Porto Alegre: Bookman, 2015. E-Pub.

EICHBERG D. G.; BASIL, G. W.; DI, L.; SHAH, A. H.; LUTHER, E. M.; LU, V. M.; PEREZ-DICKENS, M.; KOMOTAR, R. J.; LEVI, A. D.; IVAN, M. E. Telemedicine in Neurosurgery: Lessons Learned from a Systematic Review of the Literature for the Covid-19 Era and Beyond. Congress of Neurological Surgeons, v.88, n.1, p. 1-12, dec. 2020.

EISENMANN, T.; RIES, E.; DILLARD, S. Hypothesis-driven entrepreneurship: the lean startup. Harvard Business School Background, Note 812-095, p. 1-23, 2011.

FRANÇA, G. V. Telemedicina: breves considerações ético-legais. Revista Bioética, v. 8, n. 1, p. 107-126, 2000.

FRÓES, L. T. C.; KLEIN, A. Z. Modelos de negócios de health techs: uma análise à luz da Teoria Neo-Institucional. Anais... XLIV Encontro da Anpad - EnANPAD 2020, Evento on-line, 2020.

GARCIA, M. V. F.; GARCIA, M. A. F. Telemedicina, segurança jurídica e COVID-19: onde estamos? Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 46, n. 4, e20200363, 2020.

HOLLANDER, J. E.; CARR, B. G. Virtually Perfect? Telemedicine for Covid-19. The New England Journal of Medicine, v. 382, n. 18, p. 1679-1681, 2020.

KHAN, K. S.; KUNZ, R.; KLEIJNEN, J.; ANTES, G. Five steps to conducting a systematic review. Journal of The Royal Society of Medicine, v. 96, n. 3, p. 118–121, 2003.

KIELING, D. L.; SILVA, D. L.; WITT, F. M.; MAGNAGNAGNO, O. A importância da telemedicina no contexto da pandemia de COVID-19. Fag Journal of Health (FJH), v. 3, n. 1, p. 90-97; 2021.

KITCHENHAM, B. Procedures for performing systematic literature reviews. Keele University. p. 1–28, 2004.

KUGLEY, S.; WADE, A.; THOMAS, J.; MAHOOD, Q.; JØRGENSEN, A-M. K.; HAMMERSTRØM, K. SATHE, N. Searching for studies: a guide to information retrieval for Campbell systematic reviews. Oslo: The Campbell Collaboration, 2017, 76 p.

LOPES, A. L. M.; FRACOLLI, L. A. Revisão Sistemática de Literatura e Metassíntese Qualitativa: Considerações sobre sua aplicação na enfermagem. Texto Contexto Enfermagem, Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 771-778, 2008.

MACHADO, J. M.; OLIVEIRA, A. E.; SILVA, J. O.; SANTOS, M.; FRANCISCO, M. F. C.; MUNIZ, A. L. F.; FERREIRA, A. V. F.; NOGUEIRA, L. M.; TOLEDO, C. B. B.; LOMEO, R. S.; GIUNCHETTI, R. C.; PAZ, M. C.; GALDINO, A. S. Ações de startups e empresas brasileiras no combate à pandemia da COVID-19. Ciência em Movimento, v. 22, n. 44, p. 87-104; 2020.

MALDONADO, J.; CRUZ, A. Impactos do Covid-19 na telemedicina no Brasil. Cadernos do Desenvolvimento, v. 16, n. 28, p. 173-196, 2021.

MORANDI, M. I. W. M.; CAMARGO, L. F. R. Revisão sistemática de literatura. In: DRESCH, A.; LACERDA, D. P.; ANTUNES JÚNIOR, J. A. V. Design Science Research: Método de pesquisa para avanço da ciência e tecnologia. Porto Alegre: Bookman, 2015.

MOREIRA, C. S. C.; FREITAS, F. D’A.; BRANDÃO, C.; ARAUJO, C. A. S. Da Conexa ao Docpass: O Ambiente Competitivo das Plataformas de Telemedicina. Revista de Administração Contemporânea, v. 25, Supl. Especial, 2021.

MOURA, F. R. E.; SANTOS, K. S.; GALVÃO, A. M. N.; PITTA, G. B. B. A Medicina Remota em Tempos de Pandemia: um estudo prospectivo de tecnologias de telemedicina. Cadernos de Prospecção, v. 15, n. 1, p. 2-17; 2022.

PATERNOSTER, N.; GIARDINO, C.; UNTERKALMSTEINER, M.; GORSCHEK, T.; ABRAHAMSSON, P. Software development in startup companies: a systematic mapping study. Information and Software Technology, v. 56, n. 10, p. 1200-1218, 2014.

REDE UNIVERSITÁRIA DE TELEMEDICINA – RUTE. O que é a Rede Universitária de Telemedicina (RUTE)? 2020. Disponível em: https://rute.rnp.br/. Acesso em: 16 mai. 2022.

SANTOS, W. S.; SOUSA JÚNIOR, J. H.; SOARES, J. C.; RAASCH, M. Reflexões acerca do uso da telemedicina no Brasil: oportunidade ou ameaça? Revista de Gestão em Sistemas de Saúde, v. 9, n. 3, p. 433-453; 2020.

SCHEIDT, K. I.; SIQUEIRA, A. L. F.; FERREIRA, F. V. C.; PEREIRA, L. N.; D’ÁVILA, V.; CORTE, A. F.; ROSA, M. S. G.; RUSSOMANO, T. Missões de teledermatologia em Palmares do Sul. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 5, p. 12989-12998, 2020.

SILVA, A. B.; MORAES, I. H. S. O caso da Rede Universitária de Telemedicina: análise

da entrada da telessaúde na agenda política brasileira. Physis: Revista de Saúde Coletiva,

v. 22, n. 3, p. 1211-1235, 2012.

SMITH, V.; DEVANE, D.; BEGLEY, C. M.; CLARKE, M. Methodology in conducting a systematic review of systematic reviews of healthcare interventions. BMC Medical Research Methodology, v. 11, n. 15, p. 1-6, 2011.

STARTUP SCANNER. Health Techs. 2022. Disponível em: https://startupscanner.com. Acesso em 16 mai 2022.

TABORDA, A. O que é uma startup? DIA D. p. 6, Notas, 2006. Disponível em: http://www.gesentrepreneur.com/pdf/o_que_e_uma_start_up.pdf. Acesso em 17 mai 2022.

TOMASELLA, F.; MORGAN, H. M. “Sometimes I don’t have a pulse, and I’m still alive!” Healthcare providers on digital health Techs. European Journal of Public Health, v. 30, n. 5, 2020.

TRANFIELD, D.; DENYER, D.; SMART, P. Towards a Methodology for Developing Evidence-Informed Management Knowledge Means of Systematic Review. British Journal of Management, v. 14, n. 3, p. 207–222, 2003.

URTIGA, K. S.; LOUZADA, L. A. C.; COSTA, C. L. B. Telemedicina: uma visão geral do estado da arte. Anais... IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde – CBIS. Ribeirão Preto-SP, 2004, p. 969-974.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-214

Refbacks

  • There are currently no refbacks.