Erosão dentária e refluxo gastroesofásico / Dental erosion and gastroesophageal reflux

Gabriella Vasconcelos Felipe, Karina Gonzalez Camara Fernandes

Abstract


A erosão dentária ocorre pela dissolução da apatita dentária quando exposta a ácidos não bacterianos. Um dos fatores que predispõem à erosão dentária é a doença do refluxo gastroesofágico devido à regurgitação crônica do conteúdo gástrico para a orofaringe. Por meio de uma revisão de literatura, o presente estudo visa orientar os cirurgiões-dentistas com informações sobre a história, etiologia, diagnóstico, prevenção e tratamento do desgaste dentário erosivo. O objetivo então é avaliar a associação e prevalência de desgaste erosivo em pacientes com doença do refluxo gastroesofágico. Em caráter específico descrever a erosão dentária, fatores etiológicos, classificação, características clínicas e opções terapêuticas; evidenciar a associação entre doença do refluxo gastroesofágico DRGE e erosão dentária ED; apontar sugestões a profissionais cirurgiões dentistas quanto a condutas preventivas e tratamento. A metodologia utilizada foi de caráter bibliográfico, tendo como bases de dados Pubmed, Scielo, Lilacs, utilizando os descritores 'doença do refluxo gastroesofágico'; 'erosão dentária', considerando estudos clínicos publicados recentemente de 2000 a 2022. Conclui-se que o conhecimento sobre os fatores etiológicos do desgaste dentário erosivo torna-se importante para prevenir a progressão desse problema, além de estabelecer medidas preventivas eficazes desde a infância. O cirurgião-dentista deve realizar um diagnóstico precoce e realizar o tratamento adequado desse problema, principalmente as orientações quanto à alimentação e higiene bucal além das terapias com flúor.


Keywords


refluxo gastroesofágico, erosão dentária, diagnóstico.

References


AMARAL, S. M; ABAD, E. C; MAIA, K. D; WEYNE, S; OLIVEIRA, M. P. R. P. B; TUÑAS, I. T. C. Lesões não cariosas: o desafio do diagnóstico multidisciplinar. Arq. Int. Otorrinolaringol. São Paulo, v.16, n.1, Jan/Fev/Março, 2012. p. 96-102.

BEIRIZ, R. K. A; SILVA, J. S; DANTEAS, R. P; SILVA, I. B. L; RAMOS, A. T. P. R; CABRAL, L. L. Fatores associados as lesões cervicais não cariosas nos dias atuais. Ciências Biológicas e de Saúde Unit, Alagoas, v. 6, n. 2, out, 2020. p. 13-22.

BRUNO, M. M; MENDONÇA, M. F. Erosão dentária intrínseca e extrínseca: revisão de literatura. Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Odontologia da Universidade de Uberaba, 2021.

CATELAN, A; GUEDES, A. A. A; SANTOS, P. H. Erosão dental e suas implicações sobre a saúde bucal. RFO, v. 15, n. 1, janeiro/abril 2010. p. 83-86.

CUNHA, F. P; HOSHINO, R. A; HOSHINO, T. A. E.; LEMES, A. D. S; PELIELO, A. R; ARAUJO, T. S. B. Tratamento conservador em caso de erosão dentária. 8 congresso da FOA. UNESP. 28 Jornada Acadêmica. 23 a 26 de maio de 2018.

FARIA, G. J. M; VILLELA, L. C. Etiologia e tratamento da hipersensibilidade dentinária em dentes com lesões cervicais não cariosas. Revista Biociência. Curitiba. v. 6, n. 1, jan-jul, 2000. p.21-27.

FONTES, C. L; LUCIANO, L. C. O; FERREIRA, M. C; PASCHOAL, M. A. B. Abordagem da erosão dentária na clínica odontopediátrica: relatos de casos. Rev.Odontol Univ. Cid. São Paulo. v. 28, n. 3, set-dez, 2016. p. 262-269.

GONÇALVES, P. E; DEUSADARÁ, S. T. Lesões cervicais não cariosas na prática odontológica atual: diagnóstico e prevenção. Rev. Ciênc. Méd., Campinas, v. 20, n. 5, set-dez, 2011. p. 145-152.

GUIMARÃES, R. P. Erosão dental: diagnóstico, prevenção e tratamento. Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Odontologia. Universidade Estadual da Paraíba, Paraíba, 2014.

HOUEL, R. Erosão dentária no refluxo gastroesofágico patológico. Dissertação. Mestrado Integrado em Medicina dentária. Instituto Universitário Ega Moniz. Outubro, 2019.

MENEZES, J. M. M; SILVA, S. P; COSTA, M. D. M. A; MOURA, E. M; NASCIMENTO, F; DIETRICAH, L. Aspectos características da perimólise: uma revisão de literatura entre os anos de 2010 a 2021. Research, Society and Development. v. 10. n. 14, 2021.

OLIVEIRA, P. A. D. Erosão dentária em crianças diagnosticadas com a doença do refluxo gastroesofágico: um estudo controlado. Tese (Doutorado). Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Odontologia, 2015.

ORTIZ, A. C; FIDELES, S. O. M; ROCHA, K. T. P; BUCHAIM, R. L. Associação entre doença do refluxo gastroesofágico e erosão dentária: revisão sistemática. Rev.Odont. UNESP. v. 49, n. 136, 2020.

RANJITKAR, S; KAIDONIS, J. A; SMALES, R. J. Doença do refluxo gastroesofágico e erosão dentária. Int Journal Dentária. v. 12, n. 1, 2012.

SARI, A. R. Erosão dentária e doença do refluxo gastresofágico: estudo transversal em crianças de 5-12 anos no setor de endoscopia do complexo hospitalar Santa Casa de Misericórdia em Porto Alegre. Dissertação. Pós Graduação em Odontologia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2018.

SILVA, L. G. Relação entre doença do refluxo gastroesofágico e erosão dentária em dentes decíduos. Trabalho de Conclusão de Curso. Graduação. Odontologia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2010.

TUÑAS, I. T. C; MEDEIROS, U. B; TEDESCO, G; BASTOS, L. F. Erosão dental ocupacional: aspectos clínicos e tratamento. Rev. bras. odontol., Rio de Janeiro, v. 73, n. 3, jul./set. 2016. p. 206-211.

XAVIER, A. F. C; PINTO, T. C. A; CAVALCANTI, A. L. Lesões cervicais não cariosas: um panorama atua. Rev.Odontol. Univ. São Paulo. v. 24, n. 1, jan-abr, 2012.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-229

Refbacks

  • There are currently no refbacks.