Perfil epidemiológico de pacientes com lesões de pele atendidos em uma instituição de saúde da região do Campo das Vertentes, Minas Gerais / Epidemiological profile of patients with skin lesions treated at a health institution in the Campo das Vertentes region, Minas Gerais

Gustavo Caldeira de Figueiredo, Gabriela Andrade Vecchia, Sara Detomi Teixeira, Thulyo Gustavo Sousa Duarte, Karen Wynnie Rainha Braz, Luana Trindade Sousa de Oliveira, Eduardo Ferreira Antunes, Igor Nogueira Nissan, Júlia Mata da Costa, Stella Costa Kamizaki, Hanna Beatriz Pereira Santos, Tayanna Felipe Monteiro, Carlos André Diláscio Detomi

Abstract


Objetivo: Verificar as características clínicas e demográficas dos pacientes cirúrgicos atendidos em uma instituição de saúde da região do Campo das Vertentes em Minas Gerais. Métodos: Estudo epidemiológico observacional e transversal, feito com 116 pacientes de operação eletiva, atendidos no período de agosto de 2018 a novembro de 2018. Foram estudadas as variáveis: idade, sexo, comorbidades, diagnóstico definitivo e localização da lesão. O estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: Predominaram pacientes do sexo feminino (62%), na faixa etária de 18 a 59 anos (62%) e lesões de localização em cabeça e pescoço (51,7%). Conclusão: O perfil epidemiológico dos pacientes cirúrgicos atendidos na instituição de saúde foi: sexo feminino, faixa etária de 18 a 59 anos, com lesões em face. O conhecimento dessas características dos pacientes cirúrgicos é fundamental para o planejamento de cuidados e para adoção de políticas públicas que visam a prevenção do câncer de pele.


Keywords


prevalência, neoplasias, pele, epidemiologia.

References


BERNARDINO, V.; FABRÍCIO, B. S. Terapia fotodinâmica no tratamento de lesões em câncer de pele não melanoma : revisão integrativa. v. 2021, p. 1–7, 2021.

BOMFIM, S.; GIOTTO, A.; SILVA, A. Câncer de pele: conhecendo e prevenindo a população. REVISA (Online), v. 7, n. 3, p. 255–259, 2018.

BORGES, S. Z. et al. Distribution of clinical-pathological types of cutaneous melanomas and mortality rate in the region of Passo Fundo, RS, Brazil. International Journal of Dermatology, v. 46, n. 7, p. 679–686, 2007.

BROETTO, J. et al. Tratamento cirúrgico dos carcinomas basocelular e espinocelular: experiência dos Serviços de Cirurgia Plástica do Hospital Ipiranga. Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, v. 27, n. 4, p. 527–530, 2012.

CARMINATE, C. B. et al. Detecção precoce do câncer de pele na atenção básica. v. 13, n. 9, p. 1–7, [s.d.].

CHINEM, V. P.; MIOT, H. A. Epidemiologia do carcinoma basocelular. Anais Brasileiros de Dermatologia, v. 86, n. 2, p. 292–305, 2011.

COSTA, J. V. A. et al. Fotoeducação na prevenção do câncer de pele: relato de experiência. Extensio: Revista Eletrônica de Extensão, v. 18, n. 38, p. 251–263, 2021.

CUSTÓDIO, G. et al. Epidemiologia dos carcinomas basocelulares em Tubarão ,. v. 85, n. 6, p. 819–826, 2010.

FERNANDAS, N. C. et al. Cutaneous melanoma: Prospective study of 65 cases. Anais Brasileiros de Dermatologia, v. 80, n. 1, p. 25–34, 2005.

FERREIRA, F. R.; COSTA NASCIMENTO, L. F.; ROTTA, O. Fatores de risco para câncer da pele não melanoma em Taubaté, SP: um estudo caso-controle. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 57, n. 4, p. 431–437, 2011.

FONSECA PINTO, F.; SAVASSI ROCHA, P. R. Cirurgia Ambulatorial. Cirurgia Ambulatorial, p. 536, 1987.

GAMONAL, A. C. C. et al. Câncer de pele: Prevalência e epidemiologia em um hospital de ensino da cidade de Juiz de Fora – MG. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 6, p. 15766–15773, 2020.

MÉLO, K. C. DE et al. Análise temporal da mortalidade por cancer de pele melanona no Brasil: 2000 a 2016. Surgical & Cosmetic Dermatology, v. 11, n. 4, p. 287–294, 2019.

PIRES, C. A. A. et al. Câncer de pele: caracterização do perfil e avaliação da proteção solar dos pacientes atendidos em serviço universitário. Journal of Health & Biological Sciences, v. 6, n. 1, p. 54, 2017.

SIMONETI, F. et al. Perfil epidemiológico de pacientes com tumores cutâneos malignos atendidos em ambulatório de cirurgia plástica de serviço secundário no interior de São Paulo. Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba, v. 18, n. 2, p. 98–102, 2016.

SOUSA COSTA, C. Orientações baseadas em evidências para os pacientes Epidemiologia do câncer de pele no Brasil e evidências sobre sua prevenção. Diagn Tratamento, v. 17, n. 4, p. 206–8, 2012.

WEBER, A. L. et al. Avaliação de 496 laudos anatomopatológicos de melanoma diagnosticados no município de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Anais Brasileiros de Dermatologia, v. 82, n. 3, p. 227–232, 2007.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-241

Refbacks

  • There are currently no refbacks.