Análise dos protocolos de treinamento muscular respiratório em paratletas – revisão integrativa / Respiratory muscle training protocols analysis in parathletes – integrative review

Barbara Cristina do Nascimento Pereira, Tatielle Moura Viana Staroy, Elgison da Luz dos Santos, Maria de Fatima Vara, Jackson Adriano Canavarro Ribeiro, Fernanda Maria Cercal Eduardo

Abstract


Introdução: Os jogos paradesportivos permitem inserir atletas em diversas modalidades que são adaptadas e/ou criadas para suas condições, sejam físicas, cognitivas ou visuais. O exercício físico altera a homeostase do organismo, aumentando a demanda de energia, provocando alterações no sistema cardiopulmonar e metabólico, causando o aumento da frequência cardíaca (FC), da ventilação pulmonar e pressão arterial. Objetivo: investigar, a partir de uma revisão integrativa na literatura, os principais protocolos de treinamentos de força muscular respiratório para paratletas. Método: Trata-se de uma revisão integrativa, com buscas realizadas em quatro bases de dados: Google Scholar, SciELO, LILACS e PubMed. Como critérios de inclusão foram estabelecidos: Artigos de ensaios clínicos randomizados em humanos, que abordassem o treinamento muscular respiratório em paratletas; sem a distinção de grau da patologia, faixa-etária, etnia ou sexo; disponíveis na íntegra nos meios eletrônicos em inglês ou português, publicado nos últimos dez anos. Resultado: A busca eletrônica retornou 365 estudos e, a partir da seleção, restaram 6 artigos incluídos. Os protocolos utilizados foram Threshold IMT com treinamento padrão da modalidade, Powerbrathe com respirações dinâmicas e com broncodilatadores, treinamento padrão canoagem adaptada com exercícios aeróbicos de força e ventilação não invasiva (V.N.I) com teste de esforço do remo híbrido. Conclusão: Com base nos resultados desta revisão, o treinamento muscular respiratório é fundamental para maior rendimento e qualidade de vida para os paratletas. Ainda são necessários mais estudos experimentais para melhorar as evidências. 


Keywords


exercício respiratório, força muscular, paratletas.

References


COSTA AM, SOUSA SB. Educação física e esporte adaptado: história, avanços e retrocessos em relação aos princípios da integração/inclusão e perspectivas para o século XXI. Revista brasileira de ciências do esporte [internet]. 2004. [acesso 16 Dez 2020]; 25(3): 27-42. Disponível em http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/236/238

VARA MFF, CIDADE RE. Educação Física Adaptada. 1 ed. Curitiba/PR: InterSaberes; 2021.

FEROLDI MM, MIRA RB, SASSERON AB, FREGADOLLI P. Efeito de um protocolo fisioterapêutico na função respiratória de crianças com paralisia cerebral. Revista neurociências [internet]. 2011. [acesso em 20 dez 2020] 19(1), 109-114. Disponível em https://periodicos.unifesp.br/index.php/neurociencias/article/view/8420/5954

OLIVEIRA AG, DE LIMA M, GUARDA GBM, PRONER J, KROTH A. a Efetividade do Treinamento muscular respiratório em Atletas de Basquete. Fisioterapia Em Ação - Anais eletrônicos UNOESC [Iinternet]. 2017. [acesso em 20 dez 2020] Disponível em https://portalperiodicos.unoesc.edu.br/fisioterapiaemacao/article/view/13262

SOUZA RMP, BERNARDO LM, SANTANA ITS, GON JC‚ BEZERRA A, DINIZ FNB, PAIVA RCG, MACIEL NFB, ARAÒJO ZTS. Treinamento muscular inspiratório em atletas. Cadernos de educação, Saúde e Fisioterapia [internet. 2017. [acesso em 21 dez 2020] 4(8), Disponível em http://revista.redeunida.org.br/ojs/index.php/cadernos-educacao-saude-fisioter/article/view/1361

WEST JB (2012). Fisiologia respiratória: princípios básicos (9ª ed.). Rio Grande do Sul: Artmed editora LTDA.

OKRZYMOWSKA P., KURZAJ M., SEIDEL W., ROZEK-PIECHURA K. (2019)- Eight Weeks of inspiratory muscle training improves pulmonary function in disabled swimmers— A randomized trial.

ABREU, E.M.C., ALVES, R.S., LIMA F.P.S., LIMA, M.O., PEREIRA, L.O., JUNIOR, A.R.P. (2016) - Efeitos da canoagem adaptada sobre o sistema cardiopulmonar de paraplégicos.

GEE, C.M., WILLIAMS, A.M., SHEEL, A.W., EVES, N.D., WEST, C.R. (2019) - respiratory muscle training in athletes with cervical spinal cord injury: effects on cardiopulmonary function and exercise capacity.

TOLFREY, V.G., FODEN, E., PERRET, C., DEGENS, H. (2014) - Effects of inspiratory muscle training on respiratory function and repetitive sprint performance in wheelchair basketball players.

VIVODTZEV, I., PICARD,G., CEPEDA, F.X., TAYLOR,J.A. (2019) - Acute ventilatory support during whole-body hybrid rowing in patients with high-level spinal cord injury: a randomized controlled cross-over trial.

WEST, C. R., TAYLOR, B. J., CAMPBELL, I. G., ROMER, L. M. (2013) - Effects of inspiratory muscle training on exercise responses in Paralympic athletes with cervical spinal cord injury.

VITAL, R. (2004). Lesões traumato-ortopédicas nos atletas paraolímpicos: avaliação clínica e aptidão física dos atletas paraolímpicos brasileiros: conceitos, métodos e resultados




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-245

Refbacks

  • There are currently no refbacks.