A importância da atenção farmacêutica diante do aumento da prescrição e uso indiscriminado de ansiolíticos com foco nos Benzodiazepínicos e na Passiflora Incarnata L. / The importance of pharmaceutical care before the increased prescription and indiscriminate use of anxiolytics, focusing on Benzodiazepinenics and Passiflora Incarnata L.

Kelly Viviane dos Santos Silva Botelho, Rosângela Maria Silva, Larissa Maria Barreto de Medeiros Trigueiros, Polyana Bezerra Souto Santos, Maria Joanellys dos Santos Lima, Marcela Vieira leite

Abstract


O Brasil é considerado o país mais ansioso do mundo, quase 10% da sua população possui transtorno de ansiedade, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Diante disso, houve um aumento no uso de fármacos para o tratamento da ansiedade, tanto sintéticos, sendo os benzodiazepínicos os mais utilizados, como naturais, como a planta medicinal Passiflora incarnata L. ambos atuam no Sistema Nervoso Central (SNC) e são considerados seguros e eficazes, mas, seu uso indevido poderá acarretar reações adversas, farmacodependência e abstinência. O intuito dessa pesquisa é demonstrar os benefícios e riscos da utilização desses fármacos e a importância da atenção farmacêutica diante da administração desses no tratamento da ansiedade. O estudo trata-se de uma revisão de literatura através de buscas feitas nas seguintes bases de dados: Biblioteca Virtual de Saúde, Google Acadêmico, PubMed e SciELO, foram usadas 43 publicações entre, artigos, dissertações, livros e cartilhas, dentre os anos de 2012 a 2021. Como resultados foram encontrados na literatura os principais benzodiazepínicos utilizados, sendo o clonazepam o campeão de uso, foram constatados os efeitos benéficos no tratamento da ansiedade, mas também, os efeitos adversos e a necessidade do desmame, para isto, pode ser indicado um fitoterápico como a planta Passiflora incarnata, mas, sua administração também deve ser feita com cautela, visto que, também pode apresentar reações adversas e interações medicamentosas. Por fim, a pesquisa corrobora a importância de se promover a farmacoterapia racional, evitando possíveis complicações, através da orientação e acompanhamento farmacêutico.


Keywords


ansiedade, assistência farmacêutica, automedicação, sistema nervoso central, medicamentos fitoterápicos.

References


AGUIAR, et al. Ansiolíticos e antidepressivos dispensados na Atenção Básica: análise de custos e interações medicamentosas. J Bras Econ Saúde. V.8, n.2, p. 99-107, 2016. Disponível em: Acesso em: 07 nov. 2021.

ARAÚJO, Ana et al. Plantas Que Agem no Sistema Nervoso Central: O Uso

dos Fitoterápicos kava kava, Passiflora e Valeriana no Tratamento de Transtorno de Ansiedade. Anais do V CONAPESC. Campina Grande: Realize Editora, 2020. Disponível em: . Acesso em: 05 nov. 2021.

BARCELLOS, Mário et al. Teleconduta Ansiedade. 2017. Disponível em: Acesso em: 13 maio 2021.

BARROS, Marilisa et al. Relato de Tristeza/Depressão, Nervosismo/Ansiedade e Problemas de Sono na População Adulta Brasileira Durante a Pandemia de COVID-19. Revista Epidemiologia e Serviços de Saúde. V.29, n.4, 2020. Disponível em: Acesso em: 13 maio 2021.

BORTOLUZZI, Mariana; SCHMITT, Vania; MAZUR, Caryna. Efeito Fitoterápico de Plantas Medicinais Sobre a Ansiedade: Uma Breve Revisão. Research, Society and Development. V.9, n.1, p. e02911504, 2020. Disponível em: Acesso em: 07 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA (SNGPC). Os Cinco Psicoativos Mais Vendidos por Farmácias e Drogarias Privadas. 2012. Publicado em outubro, 2020. Disponível em: Acesso em: 07 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. Vendas de Medicamentos Industrializados. Dados atualizados em setembro 2021. Disponível em: Acesso em: 07 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Manual de Vigilância de Uso de Medicamentos Psicotrópicos em Povos Indígenas. Brasília, 2019. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Monografia da Espécie Passiflora incarnata Linnaeus (Maracujá-Vermelho). Brasília, 2015. Disponível em: Acesso em: 05 nov. 2021.

CANCELLA, Danielle. Análise do Uso de Psicofármacos na Atenção Primária: Uma revisão de Literatura. Minas Gerais. 2012. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

CARVALHO, MELQUIDES; RODRIGUES, EVALDO; GOLZIO, ADRIANA. INTERVENÇÕES NO USO PROLONGADO DE BENZODIAZEPÍNICOS: UMA REVISÃO. REVISTA SAÚDE & CIÊNCIA (ONLINE). V.5, N.2, P. 55-64, MAI. 2016. DISPONÍVEL EM: ACESSO EM: 14 MAIO 2021.

CLARK, David; BECK, Aaron. Vencendo a Ansiedade e a Preocupação Com a Terapia Cognitivo-Comportamental. 2012. Disponível em: Acesso em: 13 maio 2021.

COSTA, Carlos et al. Uso Indiscriminado Dos Benzodiazepínicos na Sociedade Moderna: Uma Revisão Sistemática. Brazilian Journal of health Review. Curitiba, v.3, n.6, p. 18067-18075. Nov./Dez. 2020. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

DUARTE, Paulina et al. Efeitos de substâncias psicoativas. Módulo 2, 11ª Ed. Brasília, 2017. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

FALCAO, Eduardo et al. Ansiedade. 2020. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

FARIA, Jamille et al. Benzodiazepínicos: Revendo o Uso Para o Desuso. Revista de Medicina, São Paulo, v.98, n.6, p. 423-426, Dez. 2019. Disponível em: Acesso em: 14 maio 2021.

FÁVERO, Viviane; SATO, Marcelo; SANTIAGO, Ronise. Uso de Ansioliticos: Abuso ou Necessidade? Visão Acadêmica, Curitiba, v.18, n.4, p. 98-106, Out-Dez, 2017. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

FERNANDES, Márcia et al. Prevalência Dos Transtornos de Ansiedade Como Causa de Afastamento de Trabalhadores. Revista Brasileira de Enfermagem. Rio de Janeiro, v.71, suppl.5, p. 2344-2351, 2018. Disponível em: Acesso em: 13 maio 2021.

FERREIRA, Fabiana. Interações Medicamentosas De Fitoterápicos Utilizados No

Tratamento Da Insônia: Uma Breve Revisão. Visão Acadêmica, Curitiba, v.20 n.3, Jul. - Set./2019. Disponível em: Acesso em: 05 nov. 2021.

LISBOA, Igor; COLLI, Luciana. Atenção Farmacêutica no Uso de Benzodiazepínicos e Outros Psicofármacos no Tratamento de Transtornos de Ansiedade e Pânico Por Jovens Atualmente no Município de Nova Iguaçu. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências E Educação. V.7, n.10, p. 1299–1310. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

LOPES, et al. Diretrizes Clínicas Benzodiazepínicos: Características , Indicações , Vantagens e Desvantagens. Núcleo de Epidemiologia Clínica e Medicina Baseada em Evidências do Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (COMHUPES). V.27, p. 1–21, 2013. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

MARIANO, Thaís; CHASIN, Alice. Drogas Psicotrópicas e Seus Efeitos Sobre o Sistema Nervoso Central. Revista Acadêmica Oswaldo Cruz. Ano 6, n.22 Abril-Junho, 2019. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

MORAES, Diana; VELOSO, Rodinei. A Importância da Atenção Farmacêutica na Prevenção do Uso Abusivo de Benzodiazepínicos Entre Mulheres. Ensaios USF, v.2, n.1. p. 14–21, 2018. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

MOREIRA, Pâmella; BORJA, Amélia. Benzodiazepínicos: Uso e Abuso em Pacientes Idosos. Revista Acadêmica Oswaldo Cruz. Ano 5, n.19 Julho-Setembro, 2018. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

NUNES, Bianca; BASTOS, Fernando. Efeitos Colaterais Atribuídos ao Uso Indevido e Prolongado de Benzodiazepínicos. Revista Saúde & Ciência Em Ação. V.2, n. 2, p. 71-82, Ago-Dez, 2016. Disponível em: Acesso em: 14 maio 2021.

OLIVEIRA, Joana; LOPES, Lisiane; CASTRO, Geane. Uso Indiscriminado dos Benzodiazepínicos: A Contribuição do Farmacêutico para um Uso Consciente. Revista Transformar. Itaperuna, n.7 nov.2015, p. 214-226. Disponível em: < http://www.fsj.edu.br/transformar/index.php/transformar/article/view/41/38> Acesso em 01 nov. 2021

OZTURK, Zeynep; KALAYCI, Cigdem. Pregnancy Outcomes in Psychiatric Patients Treated With Passiflora incarnata. Complementary Therapies in Medicine. Elsevier. Vol. 36, February 2018, Pages 30-32. Disponível em: Acesso em: 05 nov. 2021.

PEREIRA, Sónia. O Uso Medicinal da Passiflora incarnata L. 2014. Disponível em: Acesso em: 15 maio 2021.

PESSOLATO, JULIANE ET AL. AVALIAÇÃO DO CNSUMO DE VALERIANA E PASSIFLORA DURANTE PANDEMIA COVID–19. BRAZILIAN JOURNAL OF HEALTH REVIEW. CURITIBA, V.4, N.2, P. 5589-5609, MAR-ABR, 2021. DISPONÍVEL EM: ACESSO EM: 15 MAIO 2021.

PHYTO IMAGENS. Passifloraceae, Passion Flower Family. Disponível em: Acesso em: 05 nov. 2021.

PONTES, Constância; SILVEIRA, Lia. Abuso de Benzodiazepínicos Entre Mulheres:

O Que Esse Fenômeno (Re)Vela? SANARE. Sobral - V.16, n.01, p. 15-23, Jan./Jun. 2017. Disponível em: Acesso em 07 nov. 2021.

RANG, H. P. et al. Rang & Dale Farmacologia. 8ª Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012. 1939 páginas.

RIBEIRO, Cláudia. Percepção de Pacientes Ambulatoriais do SUS de Mariana Sobre o Uso de Benzodiazepínicos. Ouro Preto, MG. 2020. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

SANTANA, Danubia; TAVEIRA, Janaína; EDUARDO, Anna. A Importância da Atenção Farmacêutica na Prevenção de Problemas de Saúde. Científica e Extensão (REICEN)- Anais do I Congresso de Ciências Farmacêuticas do Centro-Oeste. V.2, n.Esp.1, p. 59-60, 2019. Disponível em: Acesso em: 07 nov. 2021.

SANTANA, Gabriela; SILVA, Alexsandro. O Uso de Plantas Medicinais no Tratamento da Ansiedade. 2015. Disponível em: http://www.saocamilo-sp.br/novo/eventos-noticias/saf/2015/SAF009_15.pdf> Acesso em: 15 maio 2021.

SANTOS, Herzon et al. A Utilização dos Medicamentos Psicotrópicos e Seus Fatores Associados. REIcEn - Revista de Iniciação Científica e Extensão. V.1 n.1, Jun. 2018. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

SANTOS, Raiana; SILVA, Sueleide; VASCONCELOS, Tiberio. Aplicação de Plantas Medicinais no Tratamento da Ansiedade: Uma Revisão da Literatura. Brazilian Journal of Development. Curitiba, v.7, n.5, p. 52060-52074, Maio 2021. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

SILVA, Jessyka et al. Transtorno de Ansiedade: A Importância da Nutrição na Prevenção e Tratamento. Anais IV CONAPESC. Campina Grande: Realize Editora, 2019. Disponível em: Acesso em: 01 nov. 2021.

SILVA, JOÃO ET AL. PLANTAS MEDICINAIS NO TRATAMENTO DO TRANSTORNO DE ANSIEDADE. REVISTA MOSTRA CIENTÍFICA DA FARMÁCIA. QUIXADÁ, V.6, N.1, P. 3107, 2019. DISPONÍVEL EM: ACESSO EM: 01 NOV. 2021.

SOUZA et al. Avaliação do Grau de Adesão à Terapia de Ansiolítico em

Pacientes Atendidos em Uma Farmácia Municipal no Estado do

Ceará. Revista E-Ciência. V.6, n.1. p. 17-22, 2018. Disponível em: Acesso em 07 nov. 2021.

TORCHI, Camila et al. Seguimento do Uso da Passiflora incarnata no Tratamento da

Insônia. 2014. Disponível em: Acesso em: 05 nov. 2021.

VIDEBECK, Sheila. Enfermagem em Saúde Mental e Psiquiatria. 5ª Ed. Porto Alegre: Artmed, 2012. 535 páginas.

WORLD HEALTH ORGANIZATION-WHO. Depression And Other Common Mental Disorders. 2017. Disponível em: Acesso em: 13 maio 2021.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-286

Refbacks

  • There are currently no refbacks.