Diabetes Mellitus II como fator de risco à Aterogênese / Diabetes Mellitus II as a risk factor for Atherogenesis

Carolline Damas de Andrade Oliveira, Renata Batista Ostrowski, Ellen Cristine Pacheco Ramos, Maria Gabriela Teixeira Valentini, Rebeka Daiany Duarte Dantas, Gabriella Fernandes Trindade, Angélica Souza Duarte, Matheus Cattini Sampaio Tavares

Abstract


Sabe-se que o diabetes mellitus 2 (DMII) está intimamente ligado aos efeitos aterogênicos da dislipidemia relacionada ao diabetes. Níveis elevados de insulina predispõem ao desenvolvimento de doenças arteriais.  O mecanismo patológico compartilhado entre a aterosclerose e o diabetes tipo 2 inclui a elevação de citocinas como MCP-1 e interleucina-6 (IL-6), que contribuem para a inflamação, evoluindo para progressão acelerada da aterosclerose pré-existente. O objetivo da revisão de literatura é apresentar a relação do DMII como fator de risco para a aterogênese. Foi realizada uma revisão bibliográfica nos bancos de dados Scielo e LILACS por meio da biblioteca BVS/Bireme. Utillizou-se os descritores: “Diabetes Mellitus II”, “aterogênese” e “risco”. É sabido que a cascata de reações causadas pela hiperglicemia corrobora para distúrbios metabólicos responsáveis pela mudança estrutural e funcional nos vasos sanguíneos, contribuindo para a lesão progressiva do endotélio e aterogênese.


Keywords


Diabetes Mellitus II, Aterogênese, risco.

References


Azevedo, S; Victor, G.E; Oliveira, C.D. Diabetes mellitus e aterosclerose: noções básicas da fisiopatologia para o clínico geral. Revista Brasileira de Clínica Médica, São Paulo, 2010.

Jaakko Tuomilehto, M.D. et al. Prevention of Type 2 Diabetes Mellitus by Changes in Lifestyle among Subjects with Impaired Glucose Tolerance. The New England Journal of Medicine.

HALL, J. E. (2011) Guyton & Hall: Tratado de Fisiologia Médica (*), 12ª ed., Ed. Elsevier, Rio de Janeiro, RJ.

LEVY, M. N.; KOEPPEN, B. M.; STANTON, B. A. (2006). Fundamentos de Fisiologia, 4ª ed., Ed. Elsevier, Rio de Janeiro.

Beckman JA, Higgins CO, Gerhard-Herman M. Automated oscillometric determination of the ankle-brachial index provides accuracy necessary for office practice. Hypertension 2006;47:35-38.

Folsom AR, Chambless LE, Ballantyne CM, Coresh J, Heiss G, Wu KK, et al. An assessment of incremental coronary risk prediction using C-reactive protein and other novel risk markers: the atherosclerosis risk in communities study. Arch Intern Med 2006;166:1368-73.

Siqueira AFA, Abdalla, DSP, Ferreira SRG. LDL: da síndrome metabólica à instabilização da placa aterosclerótica. Arq Bras Endocrinol Metab 2006;50:334-43. 41.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv5n3-295

Refbacks

  • There are currently no refbacks.