Comportamento da secagem de sementes de melão (Cucumis Melo L.) em camada fina usando modelos empíricos / Behavior of the thin layer drying of melon seeds (Cucumis Melo L.) using empirical models

Raquel Alves de Medeiros, Vera Solange de Oliveira Farias, Thamires Mabel Queiroz de Oliveira, Aluízio Freire da Silva Junior, Amélia Ruth Nascimento Lima, Maria Tereza Lucena Pereira, Célia Maria Rufino Franco, Jair Stefanini Pereira de Ataide

Abstract


O melão (Cucumis melo L.) possui elevada expressão econômica, sendo cultivado em várias regiões do mundo devido a sua adaptação a diversos solos e climas. Apesar disso uma grande quantidade da fruta é desperdiçada. Normalmente, as partes não comestíveis do melão, cascas e sementes são completamente descartadas durante o processamento e consumo habitual, embora evidências científicas têm relatado benefícios de sementes de melão. Nessa perspectiva, objetivou-se nesse trabalho avaliar o processo de secagem dessas sementes através de modelos empíricos e determinar por meio de dados experimentais as curvas de secagem para a temperatura de 80 ºC. Observando os resultados obtidos e os parâmetros estatísticos (qui-quadrado e coeficiente de determinação) utilizados na análise dos resultados, verifica-se que a equação de Page foi a que melhor se ajustou aos dados experimentais. Assim sendo, esse modelo foi utilizado para obter a taxa de secagem, através da qual, foi observado a existência de um período de indução para a temperatura estudada. O fim deste período e o início do período de taxa decrescente ocorreram próximos aos 11 min.


Keywords


Cinética de secagem, Equação de Page, Sementes de melão.

References


Barbosa, K. V. R. S. Farinha de sementes do melão (Cucumis melo L.):.Proposta de desenvolvimento de alimento sustentável. Dissertação de mestrado, Universidade Augusto Mota, Rio de Janeiro, 2013.

Becker, T. S.; Krüger, R. L. Elaboração de barras de cereais com ingredientes alternativos e regionais do Oeste do Paraná. Arq. Ciênc. Saúde UNIPAR, Umuarama, v. 14, n. 3, p. 217-224, set./dez. 2010.

Dantas, L. A.; Mata, M.; Duarte, M. E. M. Programa computacional dinâmico para simulação de secagem de grãos e sementes de milho. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, v. 13, n. 3, p. 309-318, 2011.

Diamante, L.M. Ihns, R., Savage, G.P., Vanhanen, L. A new mathematical model for thin layer drying of fruits. International Journal of Food Science and Technology, Wiley Online Library, v. 45, n. 9, p. 1956–1962, 2010.

Donato, L. M. S.; Rabelo, M. M.; David, A. M. S. S.; Rocha, A. F.; Rocha, A. S.; Borges, G.A. Qualidade fisiológica de sementes de melão em função do estádio de maturação dos frutos. Comunicata Scientiae, v. 6, n. 1, p. 49-56, 2015.

Duarte, M. E. M.; Mata, M.E.R.R.C.; Araújo, R.D.A.; Almeida, R.D.; Andre, A.M.M.C.N., Melo, R.D.B. Coeficiente de difusividade efetivo e modelagem matemática da secagem de berinjela. Braz. J. of Develop. Curitiba, v. 6, n. 7, p. 54117-51124 jul. 2020

Ferrari, C. C.; Rodrigues, L.K.; Tonon, R.V.; Hubinger, M.D. Cinética de transferência de massa de melão desidratado osmoticamente em soluções de sacarose e maltose. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 25(3): 564 564-570, jul.-set. 2005.

Filho, M. T. L., Martins, J. H.; Mata, M. E. R. M. C.; Silva, A. L. C.; Martins, I. T. A. Drying kinetics of pineapple agro-industrial residues: a new approach. Braz. J. of Develop., Curitiba, v. 6, n. 1, p. 3928-3949 jan. 2020.

Kaleta, A., Górnicki, K. Evaluation of drying models of apple (var. McIntosh) dried in a convective dryer. International Journal of Food Science and Technology, Wiley Online Library, v. 45, n. 5, p. 891–898, 2010.

Madeira, P. M. R. Agregação de valor ao resíduo de melão: caracterização, avaliação de atividade antioxidante, antiproliferativa, potencial prebiótico e produção de enzimas.Tese de doutorado apresentada no programa de pós-graduação em Biotecnologia (Renorbio) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.241 p. 2017.

Malacrida, C. R.; Angelo, P. M.; Andreo, D.; Neuza Jorge. Composição química e potencial antioxidante de extratos de sementes de melão amarelo em óleo de soja. Rev. Ciên. Agron., Fortaleza, 38 (4), p. 372-376, Out.- Dez., 2007.

Pereira, H. L. S. Aceitabilidade e composição centesimal de bolo de chocolate (tipo mãe benta) isento de glúten e lactose fortificado com farinha de sementes de melão (Cucumis melo). Monografia apresentada ao curso de Nutrição da Universidade Federal do Maranhão. 51 p. 2014.

Pirone, B.N.; De Michelis, A.; Salvatori, D. M. Pretreatments effect in drying behaviour and colour of mature and immature ‘Napolitana’ sweet cherries. Food Bioprocess Technol, Springer, v. 7, n. 6, p. 1640–1655, 2014.

Silva, W.P., Silva, C. M. D. P. S., Sousa, J.A.R., Farias, V. S. O. Empirical and diffusion models to describe water transport into chickpea (Cicer arietinum L.). International Journal of Food Science and Technology, Wiley Online Library, v. 48, n. 2, p. 267–273, 2013.

Silva, W.P.; Silva, C. M. D. P. S. Lab fit curve fitting software, V.7.2.46; disponível em :. Acesso em: Abril de 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-725

Refbacks

  • There are currently no refbacks.