O contexto do uso do livro didático no ensino dos movimentos da terra / The context of the use of the textbook in the teaching of earth movements

Mirtes Ribeiro de Lira, Leylanne Dias do Nascimento, Maria Eduarda da Souza Ribeiro

Abstract


O referido estudo trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, que tem como finalidade conhecer a prática pedagógica do professor no processo de ensino-aprendizagem a partir da utilização do livro didático. Vale ressaltar que essa pesquisa faz parte do Programa de Iniciação Científica - PIBIC/CNPQ. Duas questões norteadoras serviram de base para análises: De que forma o livro didático é explorado pelo professor no ensino da Geografia? Até que ponto a prática pedagógica do professor de Geografia vai além do uso do livro didático? Foram observadas aulas de uma turma do 6ª ano do Ensino Fundamental na qual teve como conteúdo trabalhado “Movimentos da Terra”. Embora tenha sido empregado durante as aulas, o livro didático esteve presente em momentos pontuais de verificação para o acompanhamento do conteúdo ao ser explicado pela professora. Isso significa que ainda é necessário que o professor saiba explorar melhor o livro didático, indo além de um recurso de apoio durante as aulas. Desse modo, a pesquisa revelou a partir das observações na sala de aula que ainda se faz necessário que o professor saiba explorar melhor o livro didático indo além de um recurso de apoio durante as aulas.


Keywords


Ensino de geografia; Prática pedagógica; Livro didático.

References


AMORIM, W. M. P. A Evolução do Ensino de Geografia no Brasil. Web Artigos.2009. Disponível em: http://www.webartigos.com/artigos/a-evolucao-do-ensino-degeografia-no-brasil/13058/ . Acesso em: 10 maio de 2019.

ANDRADE, Manuel Correia de. Caminhos e Descaminhos da Geografia. 5 ed. Campinas, SP: Papirus, 1989.

BATISTA, Antonio Augusto Gomes. Política de Materiais Didáticos, do Livro e da Leitura no Brasil. Série TV Brasil. Materiais didáticas escolhas e usos. Boletim. 14 /agosto de 2005.

CALLAI, H.C. A Geografia e a Escola: Muda a Geografia? Muda o Ensino?. n 16. São Paulo: Terra Livre, 2001.

CALLAI, H. C. Estudar o lugar para compreender o mundo. In: CASTROGIOVANNI, A. C.; CALLAI, H. C.; KAERCHER, N. A.Ensino de Geografia: práticas e textualizações no cotidiano. Porto Alegre: Editora Mediação, 2000.

CASTELLAR, Sônia; VILHENA, Jerusa. Ensino de Geografia. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

CAVALCANTI, L. S. A geografia escolar e a cidade: ensaios sobre o ensino de geografiapara a vida urbana cotidiana. Campinas: Papirus, 2012.

FERREIRA, Marieta de Moraes. Diário pessoal, autobiografia e fontes orais: a trajetória de Pierre Deffontaines. In: INTERNATIONAL ORAL HISTORY CONFERENCE (1998: Rio de Janeiro, RJ). Oral history challenges for the 21st century: proceedings [of the] X International Oral History Conference /Eds. Ilana Strozemberg...[et al]. v 1. Rio de Janeiro: CPDOC/FGV/Casa Oswaldo Cruz, 1998.

LUDKE, M; ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. Coleção temas básicos de educação e ensino. São Paulo: EPU, 2002.

MORAES, A. C. R. Geografia: Pequena história crítica. 20. Ed. São Paulo: Anablume, 1994.

Pontuschka, Nídia; Paganelli, Tomoko; Cacete, Núria. Para Ensinar e AprenderGeografia. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2009.

PONTUSCHKA, N.N.; PAGANELLI, T.I.; CACETE, N.H. Para ensinar e aprender Geografia. São Paulo: Cortez, 2007.

ROJO, Roxane. Série TV Brasil. Materiais didáticas escolhas e usos. Boletim. 14 /agosto de 2005.

SILVA, L. M. e SAMPAIO, A. A. M; Livros didáticos de geografia: uma análise sobre o que é produzido para os anos iniciais do ensino fundamental. Caminhos de Geografia Uberlândia v. 15, n. 52 Dez/2014 p. 173–185

VESENTINI, José William. Para uma Geografia Crítica na Escola. São Paulo: Ática, 1992.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-417

Refbacks

  • There are currently no refbacks.