Evidenciação Contábil das Patentes nas Instituições de Ensino Superior Federais do Estado da Bahia / Accounting Evidence of Patents in Federal Institutions of Higher Education of the State of Bahia

Hermes Oliveira Gomes, Angela Machado Rocha

Abstract


Embora existam normas contábeis próprias e legislação de propriedade industrial vigentes para regramento das patentes, ainda são grandes as dificuldades práticas de gestão e evidenciação contábil da propriedade intelectual no contexto das Instituições de Ensino Superior (IES) públicas federais. O propósito desse estudo é identificar o tratamento contábil atribuído às patentes nas IES públicas federais no estado da Bahia, compreendido por oito instituições: UFBA, UFRB, UFOB, UFSB, UNILAB, IFBA, IF BAIANO e UNIVASF. Como metodologia quali-quantitativa, usou-se da pesquisa exploratória, por meio de fontes bibliográficas e documentais como livro, artigos, relatórios institucionais, normas contábeis e atos normativos relacionadas ao tema, sendo esses tratados por técnicas de análise documental e de conteúdo, sobre uma ótica do interpretativismo para concluir os achados de pesquisa. Os resultados apontaram que as instituições de ensino superior federais da Bahia não contabilizam as patentes como ativos intangíveis nos Balanços Patrimoniais em seus Relatórios de Gestão.


Keywords


Evidenciação contábil, Ativos Intangíveis, Patentes, Instituições de Ensino Superior.

References


ALMEIDA, G. C. de. Relatório técnico da metodologia SENAI para valoração e negociação de propriedade intelectual. 2019. 84 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2019. Disponível em: . Acesso em: 5 set. 2020.

AMARAL, F. H.; et al. Avaliação de Ativos Intangíveis: Modelos Alternativos para Determinação do valor de Patentes. Revista Gestão, Finanças e Contabilidade. v.4, n.1, 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 abri. 2020.

ARAÚJO, A. A. ; LEITÃO, C. R. S. Ativo Intangível no Setor Público: percepção das Instituições Federais de Ensino Superior quanto ao cumprimento da NBC TSP 08.(2018) Disponível em: Acesso em: 10 abri. 2020.

ARAÚJO, R. M. de; COSTA, A. de J. B. Ativos intangíveis de universidades públicas federais: mensuração a luz da literatura brasileira do setor privado. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE CONTABILIDADE PÚBLICA, 2., 2019, Lisboa. Disponível em: https://www.occ.pt/dtrab/trabalhos/iicicp//finais_site/58.pdf. Acesso em: 04 abri. 2019.

BRASIL. Controladoria Geral da União (CGU). Relatório de Avaliação dos Resultados da Gestão nº 201902467 - SEMPI/MCTIC - Secretaria de Empreendedorismo e Inovação. MCTIC. Disponível em: < https://eaud.cgu.gov.br/relatorios?colunaOrdenacao=dataPublicacao&direcaoOrdenacao=DESC&tamanhoPagina=15&offset=0#lista.> Acesso em: 12 abri. 2020.

______. DECRETO nº 9.283, de 7 de fevereiro de 2018. Estabelece medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

______. LEI nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

______. LEI nº 13.243, de janeiro de 2016. Dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

______. Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) – Relatório FORMICT 2019, ano-base 2018. Disponível em: Acesso em: 30 abri. 2020.

______. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP) – 8º Edição. 2018. Disponível em: Acesso em: 30 abri. 2020.

______. TCU. Tribunal de Contas da União, 2020. Legislação e Normativos. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2020.

______. TCU. Relatório de Auditoria Operacional. Acordão 1237/2019. TC 017.220/2018-1. Disponível em: < https://portal.tcu.gov.br/imprensa/noticias/tcu-detecta-ausencia-de-estrutura-de-coordenacao-das-politicas-federais-de-fomento-a-inovacao.htm> Acesso em: 12 abri. 2020.

BUNGET, O. C., BLIDISEL, R. G., FELEAGA, L. e POPA, I. E., Empirical study of intangible assets in Romanian municipalities, E+MEkonomie a Management, 17(3), 136-151. 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 abril. 2020.

CABRERA, E. A. M.; ARELLANO, A. A. Dificultades de la valoración de tecnologías en el ámbito universitario. In: Contaduría y Administración 64(1). 2019, pp. 1-17. Disponível em:< http://www.scielo.org.mx/pdf/cya/v64nspe1/0186-1042-cya-64-spe1-00005-en.pdf.>Acesso em: 5 set. 2020

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE - CFC. Norma Brasileira de Contabilidade Aplicada ao Setor Público NBCTSP 08 Ativos Intangíveis. Brasília: CFC, 2017. Disponível em: Acesso em: 10 abril. 2020

FERREIRA, A. R. F.; SOUZA, A. L. R. de; SILVÃO, C. F. ; MARQUES, E. F.; FARIA, J. A. de; RIBEIRO, N. M. Valoração de Propriedade Intelectual para a Negociação e Transferência da Tecnologia: O caso NIT/IFBA. NAVUS – Revista de Gestão e Tecnologia, v.10, 2020, p.1-23. Disponível em:< http://navus.sc.senac.br/index.php/navus/issue/view/30/showToc.>Acesso em: 5 set. 2020

FERREIRA, F. B. Desenvolvimento regional e políticas públicas de incentivo à inovação: os núcleos de inovação tecnológica (NIT) nas universidades públicas da paraíba. Dissertação (Mestrado em desenvolvimento Regional) – Universidade Estadual da Paraíba, 2019. Disponível em:< http://tede.bc.uepb.edu.br/jspui/bitstream/tede/3526/2/DISS%20%20Fernanda%20Barbosa%20Ferreira.pdf .>Acesso em: 5 set. 2020

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

HASPROVÁ, O., BRABEC, Z., & ROZKOVEC, J. Intangible assets disclosed by public universities in Czech Republic. Journal of International Studies, 11(1), 67-79. 2018. Disponível em :. Acesso em: 15 abri. 2020.

IFBA. Relatório de gestão 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

IF BAIANO. Relatório de gestão 2018. Disponível em: .Acesso em: 12 abri. 2020

INPI, Instituto Nacional de Propriedade Intelectual. 2020. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

MIRANDA, A. L. B. B.; ARAUJO, I. T.; FREIRE, B. G. de O, FERNANDES, A. J. Inovação nas universidades: uma análise do novo marco legal. Revista ENIAC Pesquisa, Guarulhos (SP), V.8, n.2, jan.- jun. 2019. Disponível em:< https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6786924.>Acesso em: 5 set. 2020

MONTE, Washington Sales do. et al. Patentes de produtos e de processos nas universidades federais do nordeste. International symposium on technological innovation. 2018. Disponível em:< http://www.api.org.br/conferences/index.php/ISTI2018/ISTI2018/paper/viewFile/570/331.>Acesso em: 5 set. 2020

SOARES, Paula Meyer. et al. Setor elétrico brasileiro: avaliação da evolução dos investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) (2008-2018) Brazilian Journal of Development. Curitiba, v. 6, n. 6, p. 35094-35112, jun. 2020.

STRADIOTO, J. P. A evidenciação dos ativos intangíveis do COREDE da região central do rio grande do sul. Anais do Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção (2017), Ponta Grossa, PR, Brasil. Disponível em: . Acesso em: 18 abri. 2020.

TUNDISI, José Galizia. SILVA, Jeferson Lima. Projeto de Ciência para o Brasil. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Ciências, 2018. Disponível em: < http://www.abc.org.br/atuacao/nacional/projeto-de-ciencia-para-o-brasil/ > Acesso em: 12 jun. 2020.

UFBA. Relatório de gestão 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

UFOB. Relatório de gestão 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

UFRB. Relatório de gestão 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

UFSB. Relatório de gestão 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

UNILAB. Relatório de gestão 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

UNIVASF. Relatório de gestão 2017. Disponível em: . Acesso em: 12 abri. 2020.

ZAMBONI, B. A. M. Monitoramento tecnológico nas IFES do Norte e Nordeste: levantamento de patentes como indicadores de inovação. Trabalho de Conclusão de Curso (graduação) - Universidade Federal de Pernambuco, CAC. Ciência da Informação, 2016. Disponível em:< https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/34924.>Acesso em: 5 set. 2020




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-465

Refbacks

  • There are currently no refbacks.