Integração entre os sistemas desk manager® e Business intelligence na gestão da manutenção / Integration between desk manager® systems and Business intelligence in maintenance management

José Carlos Borges de Paula, Valesca Alves Corrêa

Abstract


Visando atender a competitividade industrial com a redução de custos e maior capacidade produtiva, a gestão da manutenção deve se antecipar às ocorrências de quebras e falhas dos equipamentos por meio de processos consagrados, como a gestão de ativos. Centralizar os dados coletados destes processos em um software Computerized Maintenance Management System - CMMS, como o Desk Manager®, oferece maior disponibilidade e confiabilidade dos equipamentos envolvidos na produção industrial. As informações coletadas integradas com o Business Intelligence geram relatórios em tempo real, que permite a tomada de decisões e medidas de correção dos desvios de metas. Este trabalho foi efetuado em uma empresa transportadora, sendo a manutenção predial responsável pela infraestrutura de toda produção. A implantação e a atualização para a nova versão do software Desk Manager®, na gestão da manutenção, com processos inovadores ocorreu de forma simultânea a rotina operacional, de janeiro a março de 2018. As análises dos principais resultados em 2018, disponibilizados por visuais em uma dashboard apresentaram, estatisticamente com 95% de confiabilidade, aumento de 53,7% na abertura de chamados para a manutenção corretiva 126,1% na preventiva e redução de 50,43% no custo por chamado. A análise estatística envolveu a ferramenta Minitab® e o teste t de Student; demonstrando que houve diferença significativa nos resultados apresentados comparativamente entre os anos 2017 e 2018. A partir do estudo realizado, se comprovou a importância do software Desk Manager® integrado em um sistema de Business Intelligence nas ações da gestão da manutenção.


Keywords


Gestão, Manutenção, Ativos, CMMS, Business Intelligence

References


BRANCO FILHO, G. A Organização, o Planejamento e o Controle da Manutenção. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna, 2008. 262p.

CABRAL, J. P. Organização e gestão da manutenção: dos conceitos à prática. 6ª ed. Lisboa: Lidel, D. L. 2008. XVI, 362 p. ISBN 978-972-757-440-7

GONSALEZ, Wagner P. A administração da produção. Disponível em: < http://www.administradores.com.br/informe-se/artigos/administração-da-produção/23401> Acesso em 10 set 2012

GUPTA, S.; LEHMANN, D. R. Customer as Assets. Journal of Interactive Marketing, v. 17, n. 1, p. 9-24, Winter, 2003. Disponível em: < https://doi.org/10.1002/dir.10045 > Acesso em: 25 Jul 2020.

HOWSON, C. Successful business intelligence: secrets to making BI a killer app. McGraw-Hill: New York, 2008. 183 p. Disponível em: . Acesso: 08 julho de 2020.

KARDEC, A.; NASCIF, J. Manutenção: Função Estratégica. 4. ed. Rio de Janeiro: Qualitmark, 2012. 440p.

KARDEC, A.; NASCIF, J. Manutenção: Função Estratégica. 2. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2001. 368p.

LIMA, A. L. S. Manual Prático PCM. 2. ed. Rio de Janeiro: Sigma, 2005. 359p.

LIMA, F. A.; CASTILHO, J. C. N. Aspectos da manutenção dos equipamentos cientifícos da universidade de brasília. Dissertação (Especialização). Universidade de Brasília, Distrito Federal, 2006.

MACHADO, G. S.; STILLER, B. Investigations of an SLA Support System for Cloud Computing (SLACC). Praxis der Informationsverarbeitung und Kommunikation , v. 34, n. 2, p. 80-86, 2011. Disponível em: < https://bit.ly/3fZzCCe > Acesso em 24 Jul 2020.

MARTINELLI, F. Gestão da Qualidade Total. Fundação Biblioteca Nacional. ISBN 978-85-387-0478-2. p. 42, 143-144, 145

MARCORIN, W. R., CAMELLO C. R. Análise dos Custos de Manutenção e de Não manutenção de Equipamentos Produtivos. Revista de Ciência & Tecnologia. v. 11, n. 22, p. 35-42, 2003. Disponível em: < https://bit.ly/2Bsgg9K > Acesso em: 24 Jun 2020.

MONCHY, F. A Função Manutenção. São Paulo: Durban, 1987, p. 428.

NEVES, P. S. Avaliação da prestação de serviços de TI sob os modelos de governança de TI –

um estudo de caso. Brasilian Journals of Bussines, Curitiba, v. 2, n. 1, p. 357-371, jan./mar. 2020. Disponivel em: < https://bit.ly/2CHCpl8 > Acesso em 23 Jul 2020.

OLIVEIRA, O. J. Gestão da qualidade: tópicos avançados. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004. 243p.

REICHHELD, F.F. The one number you need to grow, Harvard Business Review. v. 81, n. 12, p. 46–57. Disponível em: < https://bit.ly/32GNltX >. Acesso: 22 de julho de 2020.

ROSINI, A. M. Administração de Sistemas de Informação e a Gestão do Conhecimento. 2.ed. São Paulo: Cegage Learning. 2011. 232p.

SALGADO, E. G.; MELO, C. H. P.; SILVA, S. E. S.; OLIVEIRA, E. S.; ALMEIDA, D. A. Análise da aplicação do mapeamento do fluxo de valor na identificação de desperdícios do processo de desenvolvimento de produtos. Gestão & Produção, v. 16, n. 3, p. 344-356, 2009 Disponível em: < https://bit.ly/2Bvrzhr > Acesso em: 25 Jun 2020.

SIQUEIRA, I. P. Manutenção centrada na confiabilidade: manual de implantação. 1. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2005, p.382.

SLACK, N.; JOHNSTON, R.; CHAMBERS, S. Administração da Produção. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2008. 728p.

SILVA, F.H.M.R.; SILVA, C.E.S.; MORAIS, N.S. A contribuição do net promoter score no processo de desenvolvimento de produtos, 2009, Encontro Nacional de Engenharia de Produção. Disponível em: < https://bit.ly/32LTa9d >. Acesso: 22 de julho de 2020.

SOTOLA, R. Billing in the cloud: The missing link for cloud providers. Journal of Telecommunications Management, v. 3, n. 4, p. 313-320, 2010. Disponível em: < https://bit.ly/3f0bhLl > Acesso em: 24 Jul 2020.

TAVARES, L. A. Manutenção Centrada no Negócio. Rio de Janeiro: Novo Polo, 2005. 164p.

TAKAHASHI, Y.; OSADA, T. TPM/MTP: Manutenção Produtiva Total. 6. ed. São Paulo: IMAN. 1993. 322p.

TURBAN, E.; RAINER Jr., R. K. e POTTER, R. E. Administração da Tecnologia da Informação: Teoria e Prática. 2. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005, p. 40.

TURBAN, E.; VOLONINO, L. Tecnologia Da Informação Para Gestão. 8. ed. Porto Alegre: Artmed – Bookman. 2013. 480p.

VIANA, H. R. G. PCM – Planejamento e Controle de Manutenção. 2.ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2002. 182p.

WILLIAMS, S.; WILLIAMS, N. The Profit Impact of Business Intelligence. Cerra: Morgan Kaufmann, 2006, p.240.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-493

Refbacks

  • There are currently no refbacks.