Avaliação sensorial e intenção de compra de iogurtes acrescidos de diferentes aromatizantes / Sensory evaluation and purchase intention of yogurts plus different flavorings

Alice Maria Dahmer da Silva, Nélio Ranieli Ferreira de Paula, Aline Alves Ramos, Ellen Aparecida Moisés, Natalia Crisléia Rosas da Silva, Rafaela Queiroz Franquis

Abstract


O mercado de iogurtes no Brasil cresceu consideravelmente devido à incorporação de novos ingredientes à sua formulação, diversificando sabores. O objetivo deste trabalho foi elaborar iogurtes com diferentes sabores, morango, abacaxi com hortelã, limão e framboesa, comparando a aceitação e a intenção de compra desses, por meio de análise sensorial composta por uma equipe de 43 julgadores, não treinados, que avaliaram os atributos de aparência, aroma, textura, viscosidade, acidez, cor e sabor. Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE (2006), um alimento é considerado aceito quando possui um índice de aceitação ? 85%, na somatória do “ótimo” e “bom” na escala hedônica verbal, pode-se observar que o iogurte com sabor framboesa atingiu o índice de aceitabilidade de 90% e a intenção de compra apresentou a maior atitude positiva, com 72% dos provadores confirmando que o comprariam. 

Keywords


iogurte, aceitabilidade, aromatizantes, framboesa.

References


BARROSO, A.; SILVA, C.; MEDEIROS, D.; ALVES, M. Aceitabilidade de iogurte com polpa de goiaba em diferentes concentrações. In: IV CONGRESSO DE PESQUISA E INOVAÇÃO DA REDE NORTE E NORDESTE DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA, 2009, Belém – PA. Anais... Belém, 2009.

BOLINI, H. M. A.; MORAES, P. Tese mostra que análise sensorial incrementaria produção de iogurte. Jornal da Unicamp, ed. 253, p. 11, 24 a 30 mai./2004.

GONÇALVES, N. M.; FERREIRA, I. M; OLIVEIRA, A. M; DE CARVALHO, M. G. Iogurte com geleia de cajá (Spondias mombin L.) adicionado de probióticos: avaliação microbiológica e aceitação sensorial. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal, v. 12, n. 1, p. 54-63, 2018.

FNDE - Ministério da Educação Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Conselho Deliberativo. Estabelecer as normas para a execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar –PNAE. RESOLUÇÃO/FNDE/CD/n. 32, 10 ago./ 2006. Disponível em:< www.fnde.gov.br/.../resolucoes-2006/...res032100.> Acesso em: 06 ago. 2012.

LIMA, N. P.; MELO, N. M. V.; NASCIMENTO, L. C. S.; MOURA FILHO, J. M. Análise físico-química e sensorial de iogurtes produzidos com leite de búfala, cabra e vaca. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 6, n. 1, p. 5184-5192, jan. 2020.

MILKPOINT. Nestlé/DPA lança iogurte grego no Brasil. Disponível em: < http://www.milkpoint.com.br/cadeia-do-leite/giro-lacteo/nestledpa-lanca-iogurte-grego-no-brasil-79724n.aspx>. Acesso em: 06 ago. 2012.

ORDÓÑEZ, J. A. Tecnologia de alimentos: alimentos de origem animal. v. 2. Porto Alegre, RS: Artmed, 2005, 279p.

SIQUEIRA, K. B. FIGUEIRA, F. V.; LEITE, J. L. B. CARVALHO, G. R. O comércio internacional de iogurte. Cap. 7. In: LEITE, J. L. B (Ed. et al.). Comércio internacional de lácteos. 2. ed. rev. e ampl. Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite, 2009. 330p.

SOUSA, D. D. P. Consumo de produtos lácteos informais, um perigo para a saúde pública. Estudo dos fatores relacionados a esse consumo no Município de Jacareí – SP. 2005. 114p. São Paulo: Dissertação (Mestrado em Epidemiologia Experimental e Aplicada às Zoonoses) – Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-510