Consumo e Escassez de Água Potável em Salvador-Bahia/Drinking Water Consumption and Shortage in Salvador-Bahia

Joseina Moutinho Tavares, Wilson Jorge Santos Araújo

Abstract


A água é um recurso natural de valor inestimável, pois é vital para a manutenção dos ciclos biológicos, geológicos e químicos que mantêm em equilíbrio os ecossistemas. Assim, a água é a uma das substâncias mais importante para os seres vivos, pois está diretamente ligada à sobrevivência. Esta pesquisa mostrou que Salvador apresenta consumo irregular de água e nas regiões, onde se concentram populações de baixo poder aquisitivo, o consumo de água é menor do que em locais considerados de classe média e média alta. Assim, as regiões mais próximas do litoral de Salvador apresentam um consumo mais elevado, pelo qual pode ser justificado pelos contrastes entre os bairros de classe alta e baixa. Isto decorre do fato do consumo de água está relacionado com o poder aquisitivo da população, pois as classes favorecidas tem maior infaestrutura, tendem a ter um número maior de suites, piscinas, banheiras e etc, pelos quais poderão acentuar o consumo de água. Foi verificado que a desinformação pode agravar os problemas ambientais, já que apenas uma parte da sociedade tem acesso a uma educação voltada para proteção dos ambientes naturais. Assim, a sociedade deveria ter conhecimentos sobre saúde, qualidade de vida, recursos hídricos e sustentabilidade desde o ensino fundamental para que haja formação de uma população consciente da necessidade da preservação do meio ambiente. 


Keywords


Água, consumo, desperdícios, meio ambiente

References


ANTÔNIO, J. 2009. Água! O problema número um de Cajazeiras. Disponível em: . Acesso em: 15.abril. 2011.

A CIDADE DE SALVADOR, BAHIA. 2010. Disponível em: http:// http://www.salvador-bahia-brasil.com/salvador-bahia.php. Acesso em: 19.maio. 2012.

CARNAVAL, 2010. Disponível em: http://diversao.terra.com.br/carnaval/2010/ noticias/0,,OI4233728-EI14620,00-mil+turistas+vao+invadir+Salvador+no+Carnaval.html. Acesso em: 27.outubro.2011.

CAPOBIANCO, J. P. R. 2010. Importância da Água. Disponível em: /articles/569/1/IMPORTANCIA-DAAGUA/Paacutegina1.html>. Acesso em: 01.maio.2011.

CORSAN. 2010. Distribuição da água. Disponível em: http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/meio-ambiente-agua/distribuicao-da-agua.php. Acesso em: 05. abril. 201.

DIAS, G. F. Educação Ambiental: princípios e práticas. São Paulo, Gaia, 1992.

ECOLOGIA. 2011. Declaração Universal dos Direitos da Água. Disponível em:

http://www.jardimdeflores.com.br/ECOLOGIA/A27direitosdaagua.htm. Acesso em: 02. novembro. 2011.

ESTATÍSTICAS, 2009. Consumo de água percapita de água em algumas cidades, regiões e países

Disponível em: http://agua-hojesempre.blogspot.com.br/2011/09/v-behaviorurldefaultvmlo.html. Acesso em: 04. agosto.2012.

EMBASA, 2010. Disponível em: http://www.embasa.ba.gov.br. Acesso em: 27. novembro. 2011.

FARIA, C. 2010. Escassez de água potável. Disponível em:

http://www.infoescola.com/hidrografia/escassez-de-agua-potavel/. Acesso em: 07 abril.2011.

GAMO-Grupo Ambientalista do Colégio Módulo. .2009. Disponível em: http://modulogamo.blogspot.com.br/. Acesso em: 17 outubro. 2011.

GISELLE, R. 2009. Análise da escassez de água potável no contexto econômico brasileiro. Disponível em: http://www.unitau.br/servicos/nupes/trabalhos-academicos/analise-da-escassez-de-agua-potavel-no-contexto-economico-brasileiro. Acesso em: 11. abril.2011 IBGE. Censo Democrático. Rio de Janeiro. 2000.

JACOBI, P. 2010. Consumo de Água Percapita de Água em algumas Cidades, Regiões e Países. Disponível em http://www.planetaorganico.com.br/trabmario-anexo.pdf. Acesso em: 30.julho.2011.

JACOBI, P. 2009. A Água na Terra está se Esgotando? É verdade que no futuro próximo teremos uma guerra pela água? Disponível em: http://www.geologo.com.br/aguahisteria.asp. Acesso em: 30 abril.2011.

LOPES, G.. 2010. Conseqüências da falta de água podem ser trágicas. Disponível em: http://cienc oje.uol.com.br/noticias/ecologia-e-meio-ambiente/consequencias-da-falta-de-agua-podem-ser-tragicas. Acesso em: 14. julho.2012.

MS- MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria 518 de 24 de março de 2004: Normas de qualidade da água potável. Brasília (DF); 2004.

OSAVA, M. 2011. Águas caras para o Nordeste pobre. Disponível em: http://envolverde.com.br/ambiente/agua/aguas-caras-para-o-nordeste-pobre-2. Acesso em: 30. novembro. 2011.

PADRÃO, A. P. 2012. Consumo desenfreado deixa alguns moradores sem água em Salvador (BA). Disponível em: http://noticias.r7.com/verao-2012/videos/consumo-desenfreado-deixa-alguns-moradores-sem-agua-em-salvador-ba-/idmedia/4f077b5a3d1461990af8e7c9.html. Acesso em: 05.agosto.2012.

PEREIRA, G. P. 2009. Habitação e Infra-estrutura urbana em Salvador e região metropolitana. Disponível em: http://ufba.academia.edu/GilbertoCorso/Papers/933407/Habitacao_e_Infra-estrutura_urbana_em_Salvador_e_regiao_metropolitana. Acesso em: 26. maio. 2012.

RICARDO, B. 2009. Água o risco da escassez. Disponível em: http://www.socioambiental.org/esp/agua/pgn/. Acesso em: 02. abril. 2011.

SILVA, S. B. 1991. Processo de Crescimento Espacial de Salvador. In: Silva, S. B.; Silva, B. C. N. Cidade e Região no Estado da Bahia. Salvador: Centro Editorial e Didático da UFBA, 1991.

SOUZA, Â. .G... Limites do habitar; segregação e exclusão na configuração urbana contemporanea de Salvador e perpectivasno final do século XX. Salvador: EDUFBA, 2010. 451 p.

TAVARES, J. M. Metais nos Sedimentos Superficiais da Plataforma Continental entre Itacaré e Olivença, Sul da Bahia, Brasil. 2008.106 f. Tese (Doutorado) - Instituto de Geociências, Universidade Federal da Bahia, 2008.

TAVARES, J. M.; LEITE, R.; BARBOUR,R.; FREITAS, J.J.T. Determinação das concentrações de ferro, manganês, chumbo, alumínio e mercúrio na água dos bebedouros do campus Salvador do Instituto Federal da Bahia. Relatório PIBIC-IFBA 2010.

TAVARES, J. M. Educação Ambiental nas Escolas. 2012. 47 f. Dissertação (Pós Graduação em Educação Ambiental)- Faculdade Afonso Cláudio, Instituto Superior de Educação Afonso Cláudio, Vitória, Espírito Santo.

TEIXEIRA, R. M. J.; GIUDIC, D. S.; RODRIGUES, J. A. 2010. Expansão Urbana e Impactos Ambientais: Análise do Beiru / Tancredo Neves-Salvador. Disponível em:

http://www.geo.ufv.br/simposio/simposio/trabalhos/trabalhos_completos/eixo11/075.pdf. Acesso em: 26.outubro.2011.

THOMAS, V.; PACKER, R. 2011. Está cada vez mais difícil achar água potável. Disponível em: http://www.envolverde.com.br/materia.php?cod=77623&edt. Acesso em 10 abril.2011.

TUCCI, C. E. M. Gestão de água no Brasil. Brasília: UNESCO, 2001. 156 p.

TUNDISI, J. G.; TUNDISI, T. M. Recursos Hídricos no século XXI. São Paulo: Oficina de Textos, 2011. 328




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-513

Refbacks

  • There are currently no refbacks.