Necessidade de familiares cuidadores de pessoas idosas hospitalizadas em cuidados paliativos/Need of family caregivers of elderly people hospitalized in palliative care

Jacilene Santiago do Nascimento Trindade dos Santos, Larissa Coelho Barbosa, Maria Olivia Sobral Fraga de Medeiros, Clarcson Plácido Conceição dos Santos, Magna Santos Andrade, Rudval Souza da Silva

Abstract


Objetivo: caracterizar o cuidador familiar de pessoas idosas em cuidados paliativos, identificando suas principais necessidades afetadas diante do processo de cuidar. Métodos: estudo descritivo de abordagem quantitativa. Amostra constituída por 205 cuidadores familiares de pessoas idosas em cuidados paliativos internadas em um hospital público do Brasil. Os dados foram coletados a partir de um formulário aplicado durante os meses de agosto a setembro de 2019. Foi realizada análise descritiva a partir das frequências absolutas e relativas das características sociodemográficas, de saúde dos familiares e suas necessidades afetadas. Resultados: na sua maioria (78,5%) dos entrevistados eram mulheres, com idade média de 49 anos (13), casadas (45,4%), pardas (45,9%) e religião católica (48,3%). Vem prestando os cuidados há menos de dois meses (69,3%) e autodeclararam como condição de saúde razoável (41,5%). Como principais necessidades afetadas se destacam o descanso e bem-estar físico (50,7%), conhecer a condição de saúde/doença e tratamento do paciente (82,9%); fazer planos futuros (52,2%) e frequentar espaço religioso (66,3%). Conclusão: as necessidades afetadas apresentadas pelos entrevistados podem interferir diretamente na qualidade de vida dos cuidadores, predispondo às repercussões negativas nos aspectos biopsicossociais que envolvem a vida do familiar que exerce o papel de cuidador.


Keywords


Cuidadores, Família, Idoso, Cuidados paliativos, Sistemas de apoio psicossocial.

References


Veras RP, Oliveira M. Aging in Brazil: the building of a healthcare model. Cien Saude Colet 2018; 23(6):1929-1936.

Miranda GMD, Mendes ACG, Silva ALA. Population aging in Brazil: current and future social challenges and consequences. Rev. bras. geriatr. gerontol. 2016; 19(3):507-519.

Medeiros MOSF, Meira MV, Fraga FMR, Nascimento Sobrinho CL, Rosa DOS, Silva RS. Bioethical conflicts in end of life care. Rev. Bioét. 2020; 28(1):128-134.

Woodman C, Baillie J, Sivell S. The preferences and perspectives of family caregivers towards place of care for their relatives at the end-of-life. A systematic review and thematic synthesis of the qualitative evidence. BMJ Supportive & Palliative Care. 2016; 6:418–429.

McCabe M, You E, Tatangelo G. Hearing their voice: A systematic review of dementia family caregivers’ needs. The Gerontologist. 2016; 56:e70-e88.

Reigada C, Pais-Ribeiro JL, Novella A, Gonçalves E. The caregiver role in palliative care: a systematic review of the literature. Health Care: Current Reviews. 2015; 3(2): 1-6.

Pinkert C, Holtgräwe M, Remmers H. Needs of relatives of breast cancer patients: the perspectives of families and nurses. Eur J Oncol Nurs. 2013; 17(1):81-87.

Spatuzzi R, Giulietti MV, Ricciuti M, Merico F, Romito F, Reggiardo G, et al. Does family caregiver burden differ between elderly and younger caregivers in supporting dying patients with cancer? an Italian study. Am J Hosp Palliat Care. 2019; 36(11):1-6.

Delalibera M, Barbosa A, Leal I. Circunstâncias e consequências do cuidar: caracterização do cuidador familiar em cuidados paliativos. Ciênc. saúde coletiva. 2018; 23(4):1105-1117.

Ghani SNA, Ainuddin HA, Dahlan A. Quality of life amongst family caregivers of older persons with terminal illnesses. Procedia Soc Behav Sci . 2016; 234:135-143.

Cui J, Song Lk, Zhou LJ, Meng H, Zhao JJ. Needs of family caregivers of advanced cancer patients: a survey in Shanghai of China. Eur. j. cancer care. 2014; 23:562-569.

Washington KT, Meadows SE, Elliott SG, Koopman RJ: Information needs of informal caregivers of older adults with chronic health conditions. Patient Educ. Couns. 2011; 83(1):37–44.

Hudson PL, Hayman-White K. Measuring the psychosocial characteristics of family caregivers of palliative care patients: psychometric properties of nine self-report instruments. J Pain Symptom Manage. 2006; 31(3):215-228.

Meira EC, Reis LA, Gonçalves LHT, Rodrigues VP, Philipp RR. Women's experiences in terms of the care provided to dependent elderly: gender orientation for care. Esc. Anna Nery. 2017; 21(2): e20170046.

Areosa SVC, Henz LF, Lawiscg D, Areosa RC. Cuidar de si e do outro: estudo sobre os cuidadores de idosos. Psic., Saúde & Doenças. 2014; 15(2):482-494.

Jesus ITM, Orlandi AAS, Zazzetta MS. Burden, profile and care: caregivers of socially vulnerable elderly persons. Rev. bras. geriatr. gerontol. 2018; 21(2):194-204.

Gazabim ML, Ballarin S, Benedito AC, Krön CA, Christovam D. Perfil sociodemográfico e sobrecarga de cuidadores informais de pacientes assistidos em ambulatório de terapia ocupacional. Cad. Ter. Ocup. UFSCar. 2016; 24(2): 315-321.

Gutierrez LLP, Fernandes NRM, Mascarenhas M. Caracterização de cuidadores de idosos da região metropolitana de Porto Alegre (RS): perfil do cuidado. Saúde debate. 2017; 41(114):885-898.

Anjos KF, Boery RNSO, Pereira R. Quality of life of relative caregivers of elderly dependents at home. Texto contexto - enferm. 2014; 23(3):600-608.

Costa FFS. Lodovici FMM. O cuidador familiar de idosos em cuidados paliativos: limites e possibilidades. In: Fonseca SC (Org.). O Envelhecimento Ativo e seus fundamentos, 33-65. São Paulo, SP: Portal Edições; 2016.

Rezende G, Gomes C, Rugno F, Carvalho R, Carlo M. Sobrecarga de cuidadores de pessoas em cuidados paliativos: revisão integrativa da literatura. Medicina (Ribeirão Preto). 2016;49(4):344-354.

Silva AL, Teixeira HJ, Teixeira MJC, Freitas S. The needs of informal caregivers of elderly people living at home: an integrative review. Scand. J. Caring Sci. 2013; 27(4):792–803.

Delalibera M, Presa J, Barbosa A, Leal I. Sobrecarga no cuidar e suas repercussões nos cuidadores de pacientes em fim de vida: revisão sistemática da literatura. Ciênc. Saúde coletiva. 2015; 20(9):2731-2747.

Arias-rojas M, Carreno-moreno S, Posada-lopez C. Uncertainty in illness in family caregivers of palliative care patients and associated factors. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2019; 27:e3200.

Figueiredo T, Silva AP, Silva RMR, Silva JJ, Silva CSO, Alcântara DDF, Souza LPS, Souza AAM. Como posso ajudar? Sentimentos e experiências do familiar cuidador de pacientes oncológicos. ABCS Health Sci. 2017; 42(1):34-39.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-527

Refbacks

  • There are currently no refbacks.