Comportamento de jovens de Campo Grande, Mato Grosso Do Sul, frente às práticas preventivas do HPV e câncer de colo uterino / Behavior of young people from Campo Grande, Mato Grosso Do Sul, in front of HPV preventive practices and cervix cancer

Isabella da Silva Luz, Paulo de Tarso Coelho Jardim, Cecília Freitas Robalinho

Abstract


O câncer de colo do útero é considerado um problema de saúde pública relevante. Sua taxa de incidência vem decaindo ao longo das últimas décadas nos países em processo de transição socioeconômica, no entanto, a morbidade e mortalidade da doença continuam preocupantes. Diante de tal fato, nota-se que as medidas de prevenção foram indispensáveis nesse dinamismo. O principal fator de risco para o desenvolvimento de lesões intraepiteliais de alto grau e do câncer de colo do útero é a infecção pelo papilomavírus humano (HPV). Durante o período de dezembro de 2017 até julho de 2018 foi realizada a coleta de dados em uma amostra de 436 mulheres. A aplicação dos questionários foi feita para alcançar o objetivo do estudo de identificar o conhecimento e comportamento dessas jovens frente às práticas preventivas de infecção do HPV e câncer de colo uterino. Os dados obtidos com os instrumentos de pesquisa foram compilados em planilhas eletrônicas do Microsoft Office Excel e importados para o programa SPSS versão 25 onde foram feitas as análises estatísticas dos dados. A amostra foi composta por mulheres com idade média de 21,5 anos sendo que houve predominância dos cursos de graduação da área de ciências humanas e linguagens. Quanto ao comportamento preventivo das mulheres em relação ao HPV e ao câncer de colo de útero os resultados demonstraram que mais da metade (63,1%) das entrevistadas afirmaram já ser vacinadas contra HPV, enquanto aproximadamente metade (50,3%) já realizou exame preventivo, e quase 4/5 das mulheres fazem uso de preservativos durante as relações sexuais, sendo esse o método predominante dentre os demais analisados. Sobre o conhecimento a respeito da vacina anti-HPV, mais da metade das acadêmicas declararam saber da existência da vacina contra o HPV, entretanto, a maioria (65,8%) acreditava que a idade recomendada era de 9 a 14 anos, enquanto a idade recomendada correta seria de 9 a 26 anos, o que demonstrou uma informação com divulgação e entendimento geral equívoco.


Keywords


HPV, Câncer de colo uterino.

References


OSIS, Maria José Duarte ; DUARTE, Graciana Alves ; SOUSA, Maria Helena de . Conhecimento e atitude de usuários do SUS sobre o HPV e as vacinas disponíveis no Brasil. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 48, n. 1, p. 123- 133, feb. 2014. ISSN 1518-8787.

BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Apresentação contra o HPV, prevenção contra câncer de colo de útero no SUS e inovação tecnológica para o Brasil, 2013.

BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE E INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA (INCA). Diretrizes Brasileiras para o Rastreamento do Câncer do Colo do Útero – Atualização 2016. Coordenação de Prevenção e Vigilância. Rio de Janeiro. Ministério da Saúde, 2016.

CASARIN, Micheli Renata; PICCOLI, Jaqueline da Costa Escobar. Educação em saúde para prevenção do câncer de colo do útero em mulheres do município de Santo Ângelo/RS. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 16, n. 9, p. 3925- 3932, Sept. 2011.

PANOBIANCO, Marislei Sanches et al. Knowledge concerning HPV among adolescent undergraduate nursing students. Texto contexto - enferm., Florianópolis , v. 22, n. 1, p. 201-207, Mar. 2013

BRASIL. INCA. Instituto Nacional do Câncer. Tipos de câncer. Brasil. Brasília: Ministério da Saúde. 2015.

KNEIPP, Maria Beatriz et al. Vacinação contra o HPV. https://ares. unasus. gov. br/acervo/handle/ARES/2239, 2015.

DE OLIVEIRA, Lucia Maria Pereira Pereira; DE ANDRADE, Viviane Abreu. Uma Contribuição do Ensino de Ciências para a discussão e a prevenção do HPV no contexto do Programa de Educação de Jovens e Adultos. Revista Práxis, v. 8, n. 15, 2016.

VAIDAKIS, Dennis et al. Knowledge of Greek adolescents on human papilloma virus (HPV) and vaccination: A national epidemiologic study. Medicine, v. 96, n. 1, 2017.

BHATLA, Neerja et al. Cancer of the cervix uteri. International Journal of Gynecology & Obstetrics, v. 143, p. 22-36, 2018.

SIMMS, Kate T. et al. Impact of scaled up human papillomavirus vaccination and cervical screening and the potential for global elimination of cervical cancer in 181 countries, 2020–99: a modelling study. The Lancet Oncology, v. 20, n. 3, p. 394-407, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-580

Refbacks

  • There are currently no refbacks.