Avaliação do conhecimento das mães sobre aleitamento materno em Fortaleza / Evaluation of knowledge of mothers on breastfeeding in Fortaleza

Nathália Patrício Rebouças, Sabrina Cricia Barroso de Sousa, Jessyca Dayane Cavalcante Moreira, Maria Juliane Araújo Azevedo, Sherida da Silva Neves

Abstract


Objetivos: O estudo visa avaliar o conhecimento materno em relação ao aleitamento materno exclusivo e alimentação complementar. Metodologia: Nessa pesquisa, foram entrevistadas 12 gestantes atendidas nas unidades básicas de saúde de Fortaleza, constatando que 75% foram orientadas sobre amamentação no pré-natal. Resultado: Todas relataram saber da importância do colostro, mas apenas 25% relacionou essa importância com a proteção imunológica e 50% o fato dele ser nutritivo. 66,6% afirmaram que o bebê que mama precisa tomar água, e 75% que o bebê precisa tomar chá durante o período da amamentação. Conclusão: Concluiu-se que o baixo nível de conhecimento, sobre questões da amamentação reforça a importância do incentivo e da orientação para o aleitamento durante o pré-natal.

 

 


Keywords


Aleitamento Materno. Conhecimento. Colostro. Gestação.

References


AMARAL, Luna Jamile Xavier et al . Fatores que influenciam na interrupção do aleitamento materno exclusivo em nutrizes. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre , v. 36, n. spe, p. 127-134, 2015 . Available from . access on 15 June 2020. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2015.esp.56676.

BRASIL. Ministério da Saúde. Protocolos do sistema de vigilância alimentar e nutricional - SISVAN na assistência à saúde. [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde, 2008 [Acesso em 2017 abril 28]. (Protocolos de sistema de vigilância alimentar e nutricional SISVAN). Disponível em: http://www.saude.gov.br/bvs.

CALLEGARI, S. B. M; et al. Obesidade e fatores de risco cardiometabólicos durante a gravidez. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. [Internet]; 2014 [acesso em 2017 Maio 10]; 36(10) 27-60. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100- 72032014001000449

CAMPOS. V. M; SILVA, J. C; MASTROENI, S. S. DE BS. Excesso de peso e necessidade de tratamento medicamentoso em mulheres com diabetes gestacional. Scientia Medica [Internet]; 2014;[acesso em 2017 Maio 15]; 24(2): 1-10. Disponível em: http://pesquisa.bvs.br/brasil/resource/pt/lil-742476

FONSECA, M. R. C. C. DA, TRALDI, M. C. Sobrepeso e obesidade pré-gestacionais: repercuções sobre a gestação e parto. Rev. Bras. Ginecol. Obstet [Internet] ; 2014 [Acesso em 2017 Maio 10];26–36. Disponível em: http://revistas.ung.br/index.php/saude/article/view/1855

FONSECA, M. R. C. C; et al. Ganho de peso gestacional e peso ao nascer do concepto: estudo transversal na região de Jundiaí, São Paulo, Brasil. Cienc Saude Colet [Internet]; 2014 [acesso em 2017 Abr 8]; 19:1401–7. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413- 81232014000501401&lng=pt&nrm=iso&tlng=em

FORTE C. C; et al. Relação entre a retenção de peso nos primeiros três meses pós parto com ganho de peso e injestão alimentar durante a gestação. Rev. Bras. Saúde Matern Infant [Internet]; 2015 [acesso em 2017 Maio 10]; 15 (3): 279-287. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S151938292015000300279&script=sci_abstract&tlng=pt

JOB, H. DA G. C; PASSINI, R. JR; PEREIRA, B. G. Obesidade e gravidez: Avaliação de um programa assistencial. Rev. Ciênc. Méd [Internet]; 2005 [acesso em 2017 Abr 12]; 17(3):166. Disponível em: http://periodicos.puccampinas.edu.br/seer/index.php/cienciasmedicas/article/view/1143

KOWAL, C; KUK, J; TAMIM, H. Characteristics of weight gain in pregnancy among Canadian women. Matern Child Health J 2012 [cited May 21, 2017]; 16(3): 668- 76 Available from: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21431862

MAGALHAES, Elma Izze da Silva et al . Prevalência e fatores associados ao ganho de peso gestacional excessivo em unidades de saúde do sudoeste da Bahia. Rev. bras. epidemiol., São Paulo , v. 18, n. 4, p. 858-869, Dec. 2015 . Available from . access on 15 June 2020. http://dx.doi.org/10.1590/1980-5497201500040014.

RIBEIRO, A. M; et al. Baixo peso ao nascer e obesidade: Associação causal ou casual? Rev Paul Pediatr [Internet]; 2015 [acesso em 2017 Maio 8]; 33(3):341–9. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.rpped.2014.09.007

SILVA, D. G. DA; MACEDO, N. B. Associação entre peso gestacional e prognóstico da gestação. Scientia Medica [Internet]; 2014 [acesso em 2017 Abr 20]; Vol. 24 Issue 3, p58-73. 16p. Disponível em: http://bases.bireme.br/cgibin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=LILACS&lan g=p&nextAction=lnk&exprSearch=743664&indexSearch=ID

TEIXEIRA, C. S. S; CABRAL, A. C. V. Avaliação nutricional de gestantes sob acompanhamento em serviços de pré-natal distintos: a região metropolitana e o ambiente rural. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetricia [Internet]; 2016 [acesso em 2017 Maio 10]; 38(1):27–34. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S010072032016000100027&lng=en&nrm=iso&tlng=pt




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-618

Refbacks

  • There are currently no refbacks.