Variação temporal de larvas de Clupeiformes (Pisces, Teleostei) em um lago de várzea no Baixo Amazonas, Pará, Brasil / Temporal variation of Clupeiformes larvae (Pisces, Teleostei) in várzea lake in the Lower Amazon, Pará, Brazil

Áthila Rafael Rego Reis, Luan Robson Bentes dos Santos, Lucas Silva de Oliveira, Diego Maia Zacardi

Abstract


O lago Maicá está situado em área de várzea, na planície de inundação do trecho baixo do rio Amazonas, sendo considerado um ambiente piscoso que garante o alimento e renda para diversas comunidades e moradores do entorno. O estudo teve como objetivo conhecer e ampliar as informações sobre a ocorrência e distribuição temporal de larvas de Clupeiformes no lago Maicá, Santarém, Pará, localizado a cinco km da cidade de Santarém, região do Baixo Amazonas. Foram realizadas 12 coletas mensais durante o ano de 2015, com ciclos de amostragens no período diurno e noturno, distribuídas em nove estações georreferenciadas. O material biológico foi coletado por meio de arrastos horizontais na subsuperfície da coluna d’água, com auxílio de rede de plâncton cônica de 300 ?m. Para verificar possíveis diferenças de densidade larval entre os meses de amostragem foi utilizado análise de variância (ANOVA One- Way). Foram capturados um total de 2.191 indivíduos pertencentes a ordem Clupeiformes, distribuídos em três famílias, quatro gêneros e sete espécies. A densidade de larvas apresentou variação e diferiu entre os meses do ano, com maior valor registrado no mês de outubro, indicando o final da vazante o período de maior atividade reprodutiva desse grupo de peixes na região, ou seja, sob condições de altas temperaturas e baixos teores de oxigênio dissolvido na água. As informações demonstram a relevância do lago Maicá como área de berçário e desenvolvimento para larvas de Clupeiformes, ressaltando a importância de manter a integridade deste ecossistema aquático e propor ações de conservação para a manutenção das populações destas espécies que atualmente ocupam este manancial.


Keywords


Distribuição temporal, Sazonalidade, Manjubas, Apapás, Ambiente lacustre, Berçário.

References


ANDRADE, E. S.; ANDRADE, E. A.; FELIZARDO, V. O.; PAULA, D. A. J.; VERAS, G. C.; MURGAS, L. D. S. Biologia reprodutiva de peixes de água doce. Revista Brasileira de Reprodução Animal, v.39, n.1, p.195-201, 2015.

BALON, E. K. Clupeiformes. In: Encyclopedia Britannica, 2018. Disponível em: . Acesso em: 10/09/2020.

BATISTA, V. S.; ISAAC, V. J.; FABRÉ, N. N. A produção desembarcada por espécie e sua variação por macrorregião amazônica. In: BATISTA, V. S.; ISAAC, V. J.; FABRÉ, N. N.; GONZALEZ, J. C. A.; ALMEIDA, O. T.; RIVERO, S.; JÚNIOR, J. N. O.; RUFFINO, M. L.; SILVA, C. O.; SAINT-PAUL, U. Peixes e pesca no Solimões-Amazonas: Uma avaliação integrada (pp. 105-133), Ibama, Brasília, 2012.

BENTES, K. L. S., OLIVEIRA, L. L.; ZACARDI, D. M.; BARRETO, N. J. C. The relationship between hydrologic variation and fishery resources at the lower Amazon, Santarém, Pará. Revista Brasileira de Geografia Física, v.11, n.4, p.1478-1489, 2018.

CAJADO, R. A.; SILVA, F. K. S.; OLIVEIRA, L. S.; ZACARDI, D. M. Limnological characteristics effect of the Tapajós and Amazon Rivers about variability in the composition and abundance of fish larvae (Pará-Brazil). Journal of Applied Hydro-Environment and Climate, v.2, n.1, p.1-17, 2020.

CORRÊA, J. M. S.; OLIVEIRA, L. S.; CAJADO, R. A.; ZACARDI, D. M. Variação espaço-sazonal de juvenis de peixes associados a macrófitas aquáticas em um lago de inundação, Amazônia Oriental. Acta of Fisheries and Aquatic Resources, no prelo.

DÄNHARDT, A.; BECKER, P. H. Does small-scale vertical distribution of juvenile schooling fish affect prey availability to surface-feeding seabirds in the Wadden Sea? Journal of Sea Research, v.65, n.2, p.247-255, 2011.

ESTEVES, F. A.; SUZUKI, M. S. Comunidade Fitoplanctônica. In: ESTEVES, F. A. (Coord.) Fundamentos de Limnologia (pp .625-55). 3.ed. Rio de Janeiro: Interciência, 2011.

FERREIRA, E. J. G.; ZUANON, J. A. S.; SANTOS, G. M. Peixes comerciais do médio Amazonas: região de Santarém, Pará. Brasília, DF: Ibama, 1998. 210 p.

FISCHER, L. G., PEREIRA, L. E. D.; VIEIRA, J. P. Peixes estuarinos e costeiros. Rio Grande, RS: Pallotti, 2011. 131 p.

LE GUENNEC, B.; LOUBENS, G. Biologie de Pellona castelnaeana (Teleostei: Pristigasteridae) dans le bassin du Mamoré (Amazonie bolivienne). Ichthyological Exploration of Freshwaters, v.15, p. 69-383, 2004.

LOPES, C. A.; REYNALTE-TATAJE, D. A.; NUÑER, A. P. O. Reproductive dynamics of Lycengraulis grossidens (Clupeiformes: Engraulidae) and Platanichthys platana (Clupeiformes: Clupeidae) in a subtropical coastal lagoon. Brazilian Journal of Biology, v.78, n.3, p.477-486, 2018.

OLIVEIRA, L. S.; CAJADO, R. A.; SANTOS, L. R. B.; SUZUKI, M. A. L.; ZACARDI, D. M. Bancos de macrófitas aquáticas como locais de desenvolvimento das fases iniciais de peixes em várzea do Baixo Amazonas. Oecologia Australis, v.24, n.3, p.644-660, 2020.

PETERS, R. K. The role of prediction in limnology. Limnology and Oceanography. v.31, n.5, p.1143-1159, 1986.

PINHEIRO, D. T.; CORRÊA, J. M. S.; CHAVES, C. S.; CAMPOS, D. P. F. Diversidade e distribuição da ictiofauna associada a bancos de macrófitas aquáticas de um lago de inundação amazônico, estado do Pará, Brasil. Acta of Fisheries and Aquatic Resources, v.4, n.2, p.59-70, 2016.

PONTE, S. C. S.; OLIVEIRA L. S.; ZACARDI, D. M. Variação temporal de larvas de peixes de um lago de inundação como subsídio à gestão ambiental. Journal of Applied Hydro-Environment and Climate, v.1, n.1, p.1-13, 2019.

NAKATANI, K.; AGOSTINHO, A. A.; BAUMGARTNER, G.; BIALETZKI, A.; SANCHES, P. V.; MAKRAKIS, M. C.; Pavanelli, C. S. Ovos e larvas de peixes de água doce: desenvolvimento e manual de identificação. Maringá: EDUEM, 2001. 316p.

SILVA, A. C. G.; SANTANA, F. M.; SEVERI, W. Larvas de Clupeiformes da zona de arrebentação da praia de Jaguaribe, Itamaracá-PE. In: Congresso de Ecologia do Brasil, 8. 2007. Caxambu. Anais... (pp.1-2), Caxambu/MG. 2007.

SILVA, R. A.; SIEBERT, T. H. R. Levantamento dos principais peixes comercializados na feira do pescado de Santarém – Pará, de setembro de 2017 a janeiro de 2018. Revista Brasileira de Engenharia de Pesca, v.12, n.1, p.62-74, 2019.

SILVA, M. A. G.; GUIMARÃES J. M. J.; SILVA, N. F. C.; SANTOS, F. C. V.; UCKER, F. E. Caracterização pluviométrica de Santarém-PA, Brasil. Renefara, v.10, p.112-120, 2016

SIQUEIRA-SOUZA, F. K. e FREITAS, C. E. C. fish diversity of floodplain lakes on the lower stretch of the solimões river. Brazilian Journal of Biology, v.64, n.3, p.501-510, 2004.

SOARES, M. G. M; COSTA, E. L.; SIQUEIRA-SOUZA, F. K.; ANJOS, H. D. B.; YAMAMOTO, K. C.; FREITAS, C. E. C. Peixes de lagos do médio rio Solimões, EDUA, Manaus, Brasil. 2008. 176p.

WOOTTON, R. J.; SMITH, C. Reproductive biology of teleost fishes. New Jersey: Wiley-Blackwell. 2014. 496 p.

ZACARDI, D. M. A pesca artesanal em áreas de inundação no Baixo Amazonas, Pará: técnicas de captura e composição pesqueira. In: MENDES, L.C. (Org.). Aquicultura e Pesca: Adversidades e Resultados 3 (pp. 1-16), Ponta Grossa, PR: Atena Editora, 2020.

ZACARDI, D. M.; BITTENCOURT, S. C. S.; QUEIROZ, H. L. Recruitment of migratory Characiforms in the different wetland habitats of Central Amazonia: Subsidies for sustainable fisheries management. Journal of Applied Ichthyology, v.36, n.2, p.431-438, 2020.

ZACARDI, D. M.; BITTENCOURT, S. C. S.; NAKAYAMA, L.; QUEIROZ, H. L. Distribution of economically important fish larvae (Characiformes, Prochilodontidae) in the Central Amazonia, Brazil. Fisheries Management and Ecology, v.24, n.4, p.283-291, 2017a.

ZACARDI, D. M.; PONTE, S. C. S. Padrões de distribuição e ocorrência do ictioplâncton no médio rio Xingu, bacia Amazônica, Brasil. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v.9, n.4, p.949-972, 2016.

ZACARDI, D. M.; PONTE, S. C. S.; FERREIRA, L. C.; LIMA, M. A. S.; CHAVES, C. S.; SILVA, A. J. S. Diversity and spatio-temporal distribution of the ichthyoplankton in the lower Amazon River, Brazil. Biota Amazonia, v.7, n.2, p.12-20, 2017b.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-657

Refbacks

  • There are currently no refbacks.