A valorização de outros saberes na produção de novos conhecimentos / The valorization of other knowledge in the production of new knowledge

Marcos Flávio Portela Veras, Edna Aparecida de Oliveira, Meire Borges de Oliveira Silva, Patrícia Sheyla Bagot de Almeida, Simone Rodrigues de Paula Moura

Abstract


Este texto apresenta uma breve reflexão sobre a relevância da presença de alunos pertencentes a grupos culturalmente distintos nos vários níveis de formação acadêmica, bem como uma abertura para entender seus saberes, com vistas a realização de novas pesquisas e diferentes enfoques. Por meio de uma revisão de literatura são levantados alguns aportes teórico-metodológicos sobre a necessidade de explorar o contexto sócio-histórico de cada indivíduo no processo de produção de conhecimento, a dinâmica da cultura que deve ser valorizada e a importância da participação ativa do educando no processo de ensino-aprendizagem com sua subjetividade e sua história de vida. A ideia é provocar uma reflexão sobre as tensões que envolvem na prática a diversidade cultural na educação. Diante das garantias legais, pensar o acesso, o acompanhamento e a valorização desses saberes que são acionados e confrontados num ambiente de predomínio do pensamento científico ocidental. Sendo assim, o diálogo pode ser um importante caminho na busca de uma troca de perspectivas, onde haja ganho mútuo, tornando possível não somente a convivência, mas também descobertas e aprendizados em direção a novos conhecimentos. Logo, a participação de tais indivíduos na educação e pesquisa deve ser incentivada, havendo esforço para que tenham seus saberes valorizados e transformados em fonte de novas descobertas do conhecimento humano.


Keywords


Educação, Interculturalidade, Saberes, Pesquisa.

References


BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, [2016]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/ Constituiçao.htm. Acesso em: 15 fev. 2020.

BRASIL. LDB – Leis de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394. 1996. Disponível em: Acesso em 12 fev. 2020.

CHAUÍ, Marilena. A universidade pública sob nova perspectiva. Revista Brasileira de Educação [online]. Rio de Janeiro. No. 24, Dez. 2003.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 36. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2007.

GOMES, Ana Maria R. O processo de escolarização entre os Xakriabá: explorando alternativas de análise na antropologia da educação. Revista Brasileira de Educação. [online], Rio de Janeiro, v. 11, n. 32, Ago. 2006.

LARAIA, Roque de Barros. Cultura – um conceito antropológico. Rio de Janeiro: Zahar, 1986.

VERAS, M. F. P. Entre a fixação e mobilidade – um estudo das percepções territoriais de agrupamentos indígenas e não indígenas e das intervenções estatistas no Rio Cuieiras (Baixo Rio Negro). 2019. Tese. (Doutorado em Antropologia Social). Manaus: Universidade Federal do Amazonas, 2019.

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e Linguagem. 4.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n9-661

Refbacks

  • There are currently no refbacks.