Contribuição da realidade virtual em idosos / Contribution of virtual rehabilitation in elderly

Pâmela Coimbra Argenton Puga, Luisa Arantes Loureiro

Abstract


A terapia ocupacional é uma profissão capaz de realizar programas de intervenção com a realidade virtual, utilizando-se de smartphones, computadores, tablet e vídeo game, estimulando as funções cognitivas e declínios decorrentes das demências. Este estudo objetiva descrever a ação terapêutica da reabilitação virtual para idosos com demências. Verificar o quanto a realidade virtual influência nas atividades de vida diária dos idosos e demonstrar quais são as principais dificuldades em utilizar a tecnologia com os idosos com demências. Trata-se de uma revisão Integrativa da literatura com corte temporal de 2012-2018. Foram encontrados incialmente, de acordo com as palavras chaves, 363 artigos, foi realizado a seleção através da leitura de resumos e leitura na íntegra dos artigos, sendo selecionados para análise apenas 7 artigos. De acordo com os estudos, o treino cognitivo com uso de tecnologias é efetivo para prevenir e melhorar o desempenho cognitivo e déficits cognitivos causados pela senilidade e demências, além disso apresentaram melhora no desempenho de dupla tarefa, atenção dividida e memória, além de otimizarem as habilidades residuais e deficitárias. O uso da tecnologia estimula as funções cognitivas e executivas integralizando um melhor resultado com o declínio cognitivo nas demências. É escasso o número de artigos e pesquisas sobre a terapia ocupacional e a reabilitação cognitiva através da realidade virtual.

 

 


Keywords


Terapia Ocupacional, idosos, reabilitação, cognição, demência e realidade virtual.

References


AMERICAN OCCUPATIONAL THERAPY ASSOCIATION, AOTA. Estrutura da prática da Terapia Ocupacional: domínio & processo – 3º ed. Traduzida. Terapia Ocupacional Universidade de São Paulo, Brasil, v. 26, p. 1-49, apr. 2015.

ABRISQUETA G. J. Introdução à reabilitação neuropsicológica em idosos. In: BRISQUETA-GOMES, J.; SANTOS, F. H. (Orgs.). Reabilitação neuropsicológica: da teoria à prática. São Paulo: Artes Médicas, 2006. p. 137-154.

BATISTA J. S; WIBELINGER L. M.; A et al. Reabilitação de idosos com alterações cognitivas através do videogame Nintendo Wii®. RBCEH, Passo Fundo, v. 9, n. 2, p. 293-299, maio/ago. 2012.

BRITO, T. R. P; PAVARINI, S. C. L. Relação entre apoio social e capacidade funcional de idosos com alterações cognitivas. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 20, n. 4, p. 677-684, Agos, 2012.

CREPEAU E.B; SCHELL B. Analisando ocupações e atividades. In: Crepeau EB, Cohn ES, Schell BAB (Eds.). Willard e Spackman – Terapia Ocupacional. 11. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2011. p. 363-78.

CORRÊA, C. G; NUNES, F. Interação com dispositivos convencionais e não convencionais utilizando integração entre linguagens de programação. IN: Nunes FLS, Machado LS, Pinho MS, Kirner C. Abordagens práticas de realidade virtual e aumentada. XI Symposium on Virtual and Augmented Reality SRV; Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Computação - SBC; 2009.

COSTA, R; CARVALHO; L. A. V. O uso de jogos digitais na Reabilitação Cognitiva. In: SIMPÓ- SIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO, Juiz de Fora, 2005.

DIAS E.G ET AL. Atividades avançadas de vida diária e incidência de declínio cognitivo em idosos: Estudo SABE. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, ago, 2015.

FREITAS, E. V. P. L. Tratado de geriatria e gerontologia. 4. ed. [Reimpr.]. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.

MAPELLI D; ROSA E. D; NOCITA R; et al. Cognitive Stimulation in Patients with dementia: randomized controlled trial. Dement Geriatr Cogn Disord Extra, 2013.

MANERA V; CHAPOULIE E; BOURGEOIS J; et al. A feasibility study with image-based rendered virtual reality in patients with mild cognitive impairment and dementia. Journal PLOS ONE. March; 2016.

MATILLA M. O. R; MARTÍNEZ P. R. M; HUETEC J.F. Eficácia da terapia ocupacional e outras terapias não farmacológicas no comprometimento cognitivo e na doença de Alzheimer. Rev Esp Geriatria e Gerontologia; 2016.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Síntese de indicadores sociais: Uma análise das condições de vida da população brasileira. Meio impresso, 2016.

IKEDA, N.C.L.K; LEMOS, N.D; BESSE, M. A Terapia Ocupacional na reabilitação de idosos com Comprometimento Cognitivo Leve. Revista Kairós Gerontologia, set. 2014.

MERIANS, A. S; JACK, D.; BOIAN, R.; et al. Virtual reality – augmented rehabilitation for patients following stroke. USA: Physical Therapy. Sept, 2002.

MENDES, K. D. S; SILVEIRA, R. C. C. P; GALVÃO, C. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a Incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, Out-Dez, 2008.

MURAGAKI C.S; OKAMOTO K.H; FURLAN L; TOLDRÁ R.C. A utilização de jogos pela terapia ocupacional: contribuição para a reabilitação cognitiva. Anais do X Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e VI Encontro Latino Americano de Pós- Graduação – Universidade do Vale do Paraíba; São José dos Campos, SP: UNIVAP; 2006. p. 2524-2527.

NERI A.P.C. Os idosos como público estratégico. Novas possibilidades de comunicação para as relações públicas nas redes sociais digitais. Trabalho de Conclusão. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Departamento de Comunicação, 2014.

ORDONEZ T.N; YASSUDA M.S; CACHIONI M. Effects of a digital inclusion program in cognitive performance. Archives of Gerontology and Geriatrics, 2011.

PETERSEN R; STEVENS J.C; GANGULI M; et al. Practice parameter: early detection of dementia: mild cognitive impairment (an evidence-based review). Neurology, 2001.

PRINCE, M; ACOSTA D; CHIU H; et al. Dementia diagnosis in developing countries: a cross-cultural validation study. Lancet, 2003.

KUMAR, P; TIWARI, S.C; et al. Novel occupational therapy interventions may improve quality of life in older adults with dementia. International Archives of Medicine, 2014.

THATY M. Envelhecimento: Brasil – um país de idosos? Câmara dos deputados. Disponivel em:




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n10-586

Refbacks

  • There are currently no refbacks.