Influência da pressão de ar comprimido nas propriedades mecânicas e físicas de concreto projetado via úmida aplicado em túneis NATM / Influence of compressed air pressure on the mechanical and physical properties of wet shotcrete applied in NATM tunnels

Rodrigo Rogerio Cerqueira da Silva, Maeli dos Santos Tavares, Ana Mariana Aparecida do Nascimento, Thiago Henrique de Souza Lima

Abstract


A acomodação excessiva do solo durante escavações em taludes e túneis NATM faz com que o maciço perca sua capacidade autoportante e passe a exercer esforços sobre a estrutura. A aplicação do revestimento de concreto projetado impede esta acomodação exercendo função estrutural, além de tratamento do maciço através do preenchimento de vazios entre a junção da estrutura-maciço, possibilitando que aja como suporte em toda a superfície escavada, melhorando sua interação com o maciço. Assim, denota-se que suas propriedades são dependentes do processo de projeção utilizado por via seca ou úmida, bem como equipamentos, pressão de ar comprimido, mão de obra, além das propriedades específicas do concreto projetado como reflexão, desplacamento, liberação de poeira ou névoa. O objetivo do presente trabalho é avaliar através de modelos de correlações a influência da pressão do ar comprimido, nas propriedades físicas, mecânicas e elásticas, além do índice de reflexão durante aplicação de concreto projtado via umida. Os modelos de correlação foram estatisticamente significativos, ao nível de 95% de confiança, demonstrando que o aumento da pressão de ar comprimido, possui influência nas propriedades mecânicas e físicas do concreto projetado via úmida.


Keywords


Concreto projetado via úmida, túnel NATM, resistência a compressão, módulo de elasticidade, reflexão de concreto.

References


ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 13317. Concreto projetado – Determinação do índice de reflexão por medição direta. Rio de Janeiro, RJ, 1995.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR NM 67. Concreto: determinação da consistência pelo abatimento do tronco de cone. Rio de Janeiro, 1998.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 7680. Concreto - Extração, preparo, ensaio e análise de testemunhos de estruturas de concreto. Rio de Janeiro, 2007.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 13070: Moldagem de placas para ensaio de argamassa e concretos projetados. Rio de Janeiro, 2012.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 14026.Concreto Projetado-especificação. Rio de Janeiro, 2012.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 5738. Procedimentos para moldagem e cura de corpos de prova. Rio de Janeiro, 2015.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 12655. Concreto de cimento Portland - Preparo, controle, recebimento e aceitação - Procedimento. Rio de Janeiro, 2015.

ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 5739. Ensaio de compressão de corpos-de-prova cilíndricos de concreto. Rio de Janeiro, 2018.

ACI 506R – (1990), Guide for Shotcrete, ACI Manual of Concrete Practice, ACI, Detroit, Michigan, 1990.

ANSELL, A. In situ testing of young shotcrete subjected to vibrations from blasting. Tunnelling and Underground Space Technology, v. 19, n. 6, p. 587-596, 2004.

ARMELIN, H. S. Rebound and toughening mechanisms in steel fiber reinforced dry-mix shotcrete. Vancouver, Canada, 1997. 262p. Thesis (Doctor of Philosophy). Department of Civil Engineering. University of British Columbia.

ARMELIN, Hugo S.; BANTHIA, Nemkumar. Development of a general model of aggregate rebound for dry-mix shotcrete—(Part II). Materials and Structures, v. 31, n. 3, p. 195-202, 1998.

ASTM C 1140-91, “Standard Practice for Preparing and Testing Specimens from Shotcrete Test Panels”, American Society of Testing Materials, Philadelphia, 1991.

BANTHIA, N., TROTTIER, J.F., Beaupre, D. “Steel-fiber-reinforced wet-mix shotcrete: comparisons with cast concrete”, Journal of Materials in Civil Engineering, V. 6, No. 3, pp. 430-437. 1994.

CORRÊA, M. S.; BRITO, P. G. M.; DA CUNHA, R. R.; NETTO, A. D. R.; DE ALENCAR, A. F. R.; JUNIOR, F. G. Q. Estudo comparativo de desempenho mecânico e operacional entre aditivos redutores de água. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 8, p. 61695-61708, 2020.

COUTO, P.; CASCUDO, O.; CARASEK, H.; LOPES, A. N. M. Influência das condições de cura na absorção e permeabilidade de diferentes concretos. V Simpósio EPUSP sobre Estruturas de Concreto. Anais. São Paulo, Brasil, 2003.

FEYS, D., De SCHUTTER, G.; KHAYAT, K. H.; VERHOEVEN, R.. Changes in rheology of self-consolidating concrete induced by pumping. Materials and Structures, v. 49, n. 11, p. 4657-4677, 2016.

FIGUEIREDO, A. D. Parâmetros de controle e dosagem do concreto projetado com fibras de aço. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo, p.342, 1997.

FIGUEIREDO, A. D. O controle indireto da energia de compactação do concreto projetado. 53º Congresso Brasileiro do Concreto. IBRACON. Florianópolis-SC. 2011.

GASPARIM, J. C. Concreto projetado elaborado com cimentos especiais: análise segundo parâmetros de durabilidade. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. 2007.

GARSHOL, K.F. Sprayed Membranes. Simpósio Internacional de Impermeabilização de Estruturas Subterrâneas. SIIES, São Paulo, Brasil. V. 1, 2005.

GINOUSE, N.; JOLIN, M.; BISSONNETTE, B. Effect of equipment on spray velocity distribution in shotcrete applications. Construction and Building Materials, v. 70, p. 362-369, 2014.

GIRMSCHEID, Gerhard; MOSER, S. Fully automated shotcrete robot for rock support. Computer?Aided Civil and Infrastructure Engineering, v. 16, n. 3, p. 200-215, 2001.

GOEL, R. K. Experiences with shotcrete support in underground openings in Índia. Shotcrete for Underground Support IX, 2002.

HELLMICH, C. “Shotcrete as part of the New Austrian Tunneling Method: From thermochemomechanical material modeling to structural analysis and safety assessment of tunnles”, PhD Thesis, Vienna University of Technology, Vienna, Austria, 169 p. 1999.

MARTINS, P.A. Análise Numérica de Escavações Subterrâneas com Ênfase na Interação entre o Maciço e o Suporte em Concreto Projetado a Baixas Idades. Tese de Doutorado. Departamento de Engenharia Civil e Ambiental. Universidade de Brasília, Brasília, DF, p.194, 2008.

MELO NETO, A. A.; HELENE, P. R. L. Módulo de Elasticidade: dosagem e avaliação de modelos de previsão do módulo de elasticidade de concretos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CONCRETO, 44, Belo Horizonte, 2002. Anais... Belo Horizonte, 2002.

MENESES, A. D. B. Concreto projetado como revestimento de túneis na Ferrovia Norte-Sul: análise segundo parâmetros de durabilidade. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Goiás. Goiás, p.166, 2010.

MEHTA, P. M.; MONTEIRO, P. J. M. Concreto: microestrutura, propriedades e materiais. São Paulo: IBRACON, 2014.

MORGAN, D.R., Mcaskill, N.; Heere, R. “Proposed method for determination of early age compressive strength of shotcrete”, Shotcrete Magazine, v. 4, n. 2, p. 28-31, 2002.

ORESTE, P. P. A procedure for determining the reaction curve of shotcrete lining considering transient conditions. Rock Mechanics and Rock Engineering, v. 36, n. 3, p. 209-236, 2003.

OLUOKUN, F., BURDETTE, E.G., DEATHERAGE, J.H. “Rates of development of physical properties of concrete at early ages”. Transport Research Record No. 1284, Materials and Construction, National Research Council, Washington, D.C., N. 1284, p. 16-22. 1990.

PANET, M.; GUENOT, A. Analysis of convergence behind the face of a tunnel: Tunnelling 82, proceedings of the 3rd international symposium, Brighton, 7–11 June 1982, P197–204. Publ London: IMM, 1983. In: International Journal of Rock Mechanics and Mining Sciences & Geomechanics Abstracts. Pergamon, p. A16, 1983.

PANET, M., GIVET, P. D. C. O., GUILLOUX, A., DUC, J. L. D., PIRAUD, J., Wong, H. T. S. D. H. The convergence–confinement method. Press ENPC. 2001.

PILLAR, N. M. D. P. Propriedades mecânicas nas primeiras idades como preditoras das tensões induzidas e fissuração de concreto projetado reforçado com fibras. Tese. Universidade Federal de Santa Catarina. p.224. 2014.

PRUDÊNCIO, JR. Dosagem e métodos para controle de concreto projetado. Tese. Universidade de São Paulo, 1990.

SILVA, P. F. A. Concreto projetado para túneis. Pini, São Paulo, p.92, 1997.

SCHUTZ, R.; POTTS, D. M.; ZDRAVKOVIC, L. Advanced constitutive modelling of shotcrete: Model formulation and calibration. Computers and Geotechnics, v. 38, n. 6, p. 834-845, 2011.

TAYLOR, H. F. W. Cement chemistry. 2. ed. London: Thomas Telford, 1997.

YUN, K. K; CHOI, P., YEON, J. H. Microscopic investigations on the air-void characteristics of wet-mix shotcrete. Journal of Materials Research and Technology, v. 8, n. 2, p. 1674-1683, 2019.

ZHANG, S. P.; ZONG, L. Evaluation of relationship between water absorption and durability of concrete materials. Advances in Materials Science and Engineering, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-488

Refbacks

  • There are currently no refbacks.