Interfaces entre a formação do professor e a biotecnologia / Interfaces between teacher education and biotechnology

Maria de Lourdes Silva Lima, José Sebastião Cidreira Vieira, Taciano Pessoa, Maria Amélia Barros Lima, Hugo da Costa Reis

Abstract


Diante das transformações que estão ocorrendo e ocorrerão nas políticas educacionais, o professor é e sempre será de grande valia para o desenvolvimento do aluno na construção de uma aprendizagem significativa que atenda aos anseios da sociedade. No entanto, é necessário que este profissional esteja qualificado para atender as necessidades educacionais da atualidade. Este artigo tem como objetivo proporcionar uma reflexão sobre a formação do professor e o uso da biotecnologia, sua relevância no ensino de Ciência/Biologia, como ferramenta de facilitação no ensino e aprendizagem. Realizou-se uma revisão bibliográfica considerando as contribuições de diversos autores, procurando compreender a importância da biotecnologia nas diversas áreas do conhecimento em especial no ensino da Biologia, sua relação com o meio ambiente. Concluiu-se que a formação continuada do professor é imprescindível para que possa acompanhar os avanços da ciência e dessa forma garantir êxito em sua vida profissional e pessoal.   


Keywords


Formação Docente, ensino da biologia, tecnologias, contextualização do ensino.

References


BIZZO, Nélio. Ciências: fácil ou difícil? 2 ed. São Paulo: Ática, 2000.

______. Ciências biológicas: orientações curriculares do ensino médio. Brasília: MEC/SEB, 2004.

BRASIL. Ministério da Educação (MEC). Secretaria de Educação Média e Tecnológica (SEMTEC). PCN+ Ensino Médio: Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais – Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias. Pág. 55-57. Brasília: MEC / Semtec, 2002.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia. São Paulo: Terra e Paz, 1996.

GUERRA, Denise M. de Jesus. Ciências e Educação Popular Comunitária: outros saberes, apropriações outras. Salvador: EDUFBA, 2012.

GUTIERREZ, Suzana. Professores conectados: Trabalho e Educação nos espaços públicos em rede. 2010. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2018.

HENNIG, Georg. J. Metodologia do Ensino de Ciências. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1989.

KRASILCHIK, Myriam e MARANDINO, Martha. Ensino de Ciências e Cidadania. São Paulo: Moderna, 2007.

MORAN, José M. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 21 ed. Campinas, São Paulo: Papirus, 2013.

OSÓRIO, Tereza Costa. Ser Protagonista. 2. Ed. São Paulo: Edições SM, 2013.

SIBILIA, Paula. Redes ou paredes: a escola em tempos de dispersão. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

TARDIF, Maurice & LESSARD, Claude. O Trabalho Docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 7. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 12. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-536