Programa de Excelência Acadêmica/Capes: Uma análise cientométrica sob a produção dos PPGs de Astronomia/Física / Academic Excellence Program/Capes: A scientific analysis under the production of Astronomy/Physics PPGs

Paulo Khoury Freire, Diogo Onofre Gomes Souza, Luciana Calabró

Abstract


Avaliando possíveis impactos do Programa de Excelência Acadêmica (PROEX)/CAPES, como política pública de pós-graduação, este estudo propõe uma nova abordagem metodológica para uma análise comparativa da produção intelectual entre diferentes grupos de Programas de Pós-graduação (PPGs). Neste trabalho, optou-se por utilizar como parâmetros o número de artigos publicados em periódicos científicos e o fator de impacto dos periódicos. Como grupo de estudo, selecionou-se a área de Astronomia/Física e o grupo de PPGs dessa área que, qualificados com as mais altas notas na avaliação da CAPES de 2004, foram apoiados pelo PROEX no primeiro triênio de funcionamento desse programa de fomento da CAPES. A análise compara a produção científica desses PPGs nos triênios pré e pós-criação do PROEX, sendo ponderada por um grupo controle, formado pelos PPGs que não obtiveram tal apoio. Os resultados mostraram que, ao menos em parte, o PROEX influenciou no aumento da quantidade e da qualidade da produção científica dos PPGs.


Keywords


Cienciometria, Fator de Impacto, Produção de artigos científicos, CAPES, Qualis, PROEX, Física, Astronomia.

References


BARATA, R. B. Dez coisas que você deveria saber sobre o Qualis. RBPG, Brasília, v.37, n.1, jan./abr. 2016.

SANTOS, L. A. A Administração Pública e sua organização na Constituição brasileira. Constituição de 1988 : O Brasil 20 anos depois. O Exercício da Política, v.2. Senado Federal., 2008. Disponível em: < https://www12.senado.leg.br/publicacoes/estudos-legislativos/tipos-de-estudos/outras-publicacoes/volume-ii-constituicao-de-1988-o-brasil-20-anos-depois.-o-exercicio-da-politica/a-administracao-publica-e-sua-organizacao-na-constituicao-brasileira>. Acesso em jul. 2020.

CLARK, B. R. The Modern Integration of Research Activities with Teaching and Learning. 1997. Disponível em: . Acesso em: jan. 2020.

SARARU, C-S. Considerations about administrative decentralization and local autonomy in Romania. Juridical Tribune. 2018. Volume 8, Issue 2, June 2018; 596-607. Disponível em: . Acesso em: julho 2020.

BRASIL. Lei nº 8.913, de 12 de julho de 1994. Disponível em: . Acesso em: julho 2020.

BRASIL. Medida Provisória nº 1.784, de 14 de dezembro de 1998. Disponível em: . Acesso em: julho 2020.

PESTANA, M. I. Trajetória do Saeb: criação, amadurecimento e desafios. Em Aberto, Brasília, v. 29, n. 96, p. 71-84, maio/ago. 2016. Disponível em: < http://rbepold.inep.gov.br/index.php/emaberto/article/viewFile/2691/2598>. Acesso em: julho 2020.

CASTRO, M. H. G. O Saeb e a agenda de reformas educacionais: 1995 a 2002. Em Aberto, Brasília, v. 29, n. 96, p. 85-98, maio/ago. 2016. Disponível em: . Acesso em: julho 2020.

MERTON, R. K. Social and democratic social structure. Social theory and social structure. New York: Free Press, 1957; 550-61.

MOREIRA, N. P.; SILVEIRA, S. F. R.; FERREIRA, M. A. M.; CUNHA, N. R. S. Eficiência e qualidade dos Programas de Pós-Graduação das instituições federais de ensino superior usuárias do Programa de Fomento à Pós-Graduação (PROF). Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 18, n. 67, p. 365-388, abr./jun. 2010, Disponível em: < https://www.scielo.br/pdf/ensaio/v18n67/a10v1867.pdf >. Acesso em: julho 2020.

SANTANA, J. C.; GARCIA, J. C. R.; TELES, L.; AGUIAR, N. Políticas públicas de acesso à informação científica: Portal de Periódicos da Capes. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, v. 17, n. 35, p.121-144, set./dez., 2012. Disponível em: . Acesso em: mai. 2020.

CAPES. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Sobre a CAPES. 2019. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2019.

______. Programa de Excelência Acadêmica (Proex). 2019a. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2019.

______. Avaliação. CAPES ajusta processos de entrada e permanência de programas de pós-graduação. 2018. Disponível em: https://www.capes.gov.br/pt/36-noticias/8999-capes-ajusta-processos-de-entrada-e-permanencia-de-programas-de-pos-graduacao. Acesso em: 01 jul. 2019

______. Portaria nº 156, de 28 de novembro de 2014. Diário Oficial da União, seção 1, nº 234, quarta-feira, 3 de dezembro de 2014. Disponível em: http://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/PORTARIA-N-156-DE-28-DE-NOVEMBRO-DE-2014.pdf. Acesso em: 20 jun. 2019.

BRASIL. Transparência Capes. Disponível em: . 2020. Acesso em: 2 março 2020.

Programa de Excelência Acadêmica – PROEX. Documento Básico de Orientações do Programa de Excelência Acadêmica – PROEX. 2004. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/relatorios/Orientacoes_Proex.pdf. Acesso em: 5 jul. 2019.

GARFIELD, E.; SHER, I.H. New factors in the evaluation of scientific literature through citation indexing. Reprinted in Essays of an Information Scientist, v. 6, n. 3, p. 492-498, jul. 1963.

GINGRAS, Yves. Os desvios da avaliação da pesquisa: o bom uso da bibliometria. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2016.

GLÄNZEL, Wolfgang. Bibliometrics as a research field: A course on theory and application of bibliometric indicators. 2003. [Documento eletrônico disponibilizado pelo autor através de seu Researchgate].

HU, X.; ROUSSEAU, R.; CHEN, J. In those fields where multiple authorship is the rule, the h-index should be supplemented by role-based h-indices. Journal of Information Science, v. 36, n. 1, p. 73-85. 2010.

LETA, J. Indicadores de desempenho, ciência brasileira e cobertura das bases informacionais. Revista USP, v. 89, p. 62-77, mar./maio. 2011.

PERSSON, O.; DANELL, R., WIBORG SCHNEIDER, J. 2009. How to use Bibexcel for various types of bibliometric analysis. In: Celebrating scholarly communication studies: A Festschrift for Olle Persson at his 60th Birthday, ed. F. Åström, R. Danell, B. Larsen, J. Schneider, p 9–24. Leuven, Belgium: International Society for Scientometrics and Informetrics.

SOLLA PRICE, D. J. Little science, big science... and beyond. New York: Columbia University Press, 1986.

SPINAK, Ernesto. Diccionario enciclopédico de Bibliometría, Cienciometría e Informetría. [S.l]: UNESCO – CII/II, 1996.

TAGUE-SUTCLIFFE, Jean. An introduction to informetrics. Information Processing and Management, v. 28, n. 1, p. 1-3, 1992.

CIRANI, C. B. S; CAMPANARIO, M. A.; SILVA, H. H. M. A evolução do ensino da pós-graduação senso estrito no Brasil: análise exploratória e proposições para pesquisa. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 20, n. 1, p. 163-187, mar. 2015 Disponível em: . 2015. Acesso em 4 set. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n11-618

Refbacks

  • There are currently no refbacks.