Contracepção cirúrgica como método de controle populacional de cães e gatos na cidade de Jataí – Goiás (2016-2017) / Surgical contraception as a method of population control of dogs and cats in the city of Jataí - Goiás (2016-2017)

Rayanne Borges Vieira, Marcelo Figueiredo dos Santos Reis, Jéssica Ribeiro Magalhães, Patrícia Rosa Assis, Doughlas Regalin, Andréia Vitor Couto do Amaral

Abstract


O objetivo do presente trabalho foi a realização de contracepção cirúrgica de cães e gatos para controle populacional de forma a contribuir também à responsabilidade da tutoria dos animais.  As atividades do projeto objetivaram castrar cirurgicamente os animais de tutores de baixa renda e também animais errantes do município de Jataí-GO, em que posteriormente entraria para adoção ou voltaria para seu lugar de origem. Os procedimentos cirúrgicos constituíram-se de ovariosalpingohisterectomia (OSH) que consiste na remoção dos ovários, das tubas uterinas e útero para fêmeas e orquiectomia para machos (remoção dos testículos e parte do cordão espermático). Durante o período proposto, foi realizado um total de 113 cirurgias contraceptivas. Durante a entrevista para as consultas, sempre era repassado aos tutores sobre a importância em não deixar seu animal solto na rua, vacinação, zoonoses e quais as medidas poderiam ser tomadas quanto ao uso de coleiras, telas e outros. Notou-se que a população reconhece a importância da ação da castração, entretanto ainda são necessárias orientações e educação sobre tutoria responsável e transmissão de zoonoses, além de políticas públicas de controle de cães e gatos.


Keywords


animais de companhia, castração, zoonoses.

References


BAHR, S.E.; MORAIS, H.A. Pessoas imunocomprometidas e animais de estimação. Clínica Veterinária, n. 30, p. 17-22, 2001.

BORTOLOTI, R.; D’AGOSTINO, R. G. Ações pelo controle reprodutivo e posse responsável de animais domésticos interpretadas à luz do conceito de metacontigência. Revista Brasileira de Análise do Comportamento, São Carlos, v. 3, n. 1, p. 17-28, 2007.

CATAPAN, D.C.; JUNIOR, J.A.V.; WEBER, S.H. Percepção e atitudes do ser humano sobre guarda responsável, zoonoses, controle populacional e cães em vias públicas. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, v.22, n.2, p. 92-98, 2015.

DOMINGUES, R. R.; NEVES, M. M. Controle populacional de cães e gatos de rua: importância e métodos contraceptivos. Espaço do produtor, 2012. Disponível em: < https://www2.cead.ufv.br/espacoProdutor/scripts/verArtigo.php?codigo=29&acao=exibir >. Acesso em: 14 novembro. 2017.

FOSSUM, T.W. Cirurgia de Pequenos Animais. Rio de Janeiro: Elsevier. 2005. 1390p.

LANGONI, H.; TRONCARELLI, M.Z.; RODRIGUES, E.C.; NUNES, H.R.C.; HARUMI, V.; HENRIQUES, M.V.; SILVA, K.M.; SHIMONO, J. Conhecimento da população de Botucatu-SP sobre guarda responsável de cães e gatos. Veterinária e Zootecnia, v.18, n. 2, p. 297-305, 2011.

LOSS, L.D.; MUSSI, J.M.S.; MELLO, I.N.K.; LEÃO, M.S.FRANQUE, M.P. Posse responsável e conduta de proprietários de cães no Município de Alegre - ES. Acta Veterinaria Brasilica, v. 6, n. 2, p.105-111, 2012.

VIEIRA, A. M. L. Controle populacional de cães e gatos. Ciência veterinária dos trópicos, Recife, v. 11, suplemento 1, p.102-105, 2008.

WPA. World Animal Protection. Posse Responsável de Animais de Companhia e Controle de Populações Caninas. Anais da 1ª Reunião Latino-americana de Especialistas em Posse Responsável de Animais de Companhia e Controle de Populações Caninas; 1-3 de Setembro 2003; Rio de Janeiro, Brasil.

ZAGO, B. S. Prós e Contras na castração precoce em pequenos animais.2013. 30f. Monografia para graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n12-749