Gestão socioambiental no setor de laticínios no Município de Sousa – Paraíba / Socio-environmental management in the dairy industry in the Municipality of Sousa – Paraíba

Ana Isabelle Gomes Lopes, Maria de Fátima Nóbrega Barbosa

Abstract


A partir do início do século XXI o mundo passou por diversas mudanças que trouxeram benefícios para a sociedade, mas por outro lado, gerou uma série de prejuízos socioambientais para esta mesma sociedade. As empresas do setor de laticínios são consideradas potencialmente poluidoras do meio ambiente. A partir de suas atividades industriais influenciam diretamente nos impactos ambientais. Diante disso, esta pesquisa se propõe a analisar as práticas de gestão socioambientais dos atores envolvidos com a atividade de laticínios no município de Sousa – PB. Para atingir esse objetivo foi realizado um levantamento teórico, além de aplicação de questionários aos orgãos e responsáveis pelo setor de laticínios do município. Os principais resultados revelaram que a maior dificuldade da implantação do sistema de gestão ambiental nestas empresas ocorre pela falta de investismeto dos seus gestores aliado as demandas dos orgãos governamentais. Entretanto, mesmo em meio as dificuldades, as empresas estudadas reconhecem que necessitam aprimorarem suas práticas ambientais e para isso procuram soluções simples com baixo custo. Mediante isso, recomenda-se que estas organizações agregem sistemas de gestão ambiental ao processo produtivo dos seus produtos, mesmo que não possuam capital suficiente para implantação da norma ISO 14.001. Assim, é possível iniciarem suas melhorias com a implementação da norma de gestão da qualidade ISO 9.000, visto que essa abrirá caminhos para o melhormento contínuo.


Keywords


Modelos ambientais, Qualidade total, Sustentabilidade.

References


ABNT NBR ISO 14001. Prefácio Nacional. Disponível em: https://www.ipen.br/biblioteca/slr/cel/N3127.pdf Acesso em: 05 jan. 2019.

ALMEIDA, J. R.; MELLO, C.; CAVALCANTI, Y. Gestão Ambiental: planejamento, avaliação, implantação, operação e verificação. Rio de Janeiro: Editora Tex, 2001.

BARBOSA, Maria de Fátima Nóbrega; GONÇALVES, Danilo Rodrigues; BARBOSA, Erivaldo Moreira. Práticas Socioambientais nas Empresas do Município de Sousa, PB: contribuições ao desenvolvimento local sustentável. Reunir, v.3, n. 1, jan. /abr., p. 103-124, 2013.

BARSANO, P. R.; BARBOSA, R. P. Gestão ambiental. Saraiva, p. 128, 2014. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788536521596/cfi/2!/4/[email protected]:0.0 Acesso em 15 dez. 2018.

BATALHA, Mário Otávio; SILVA, Andrea Lago da. Gerenciamento de Sistemas Agroindustriais: definições e correntes metodológicas. In: BATALHA, Mário Otávio. (Coord.). Gestão Agroindustrial. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2001.

CONSTITUIÇÃO FEDERAL. Do Meio Ambiente. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/consti/1988/constituicao-1988-5-outubro-1988- 322142-publicacaooriginal-1-pl.html Acesso em: 02 jan. 2019.

DALMORO, M.; CYRNE, C.C.S. Arquétipos da gestão ambiental: proposição de um modelo a partir de empresas gaúchas. Rev. Adm. UFSM, Santa Maria, v.10, p. 141- 156, 2017.

FILHO, B. A. C.; ROSA, F. Maturidade em gestão ambiental: revisitando as melhores práticas. Revista Eletrônica de administração, ed. 86, n°2, p. 110-134, 2017.

FILHO, R. C. et al. Cenário para Leite e Derivados na Região Nordeste em 2020. SEBRAE, 154p, 2013. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/Sebrae/Portal%20Sebrae/Anexos/estudo-Cenarios-para- leite-e%20derivados-NE.pdf Acesso em: 20 nov. 2018.

JUNIOR, J. E. S.; OLAVE, M. E. L. A gestão ambiental e seus benefícios econômicos: um estudo de caso da usina de beneficiamento de Laticínios Santa Maria Ltda. VIII EGEPE, Goiânia, 2014.

MARÇAL, N. A.; LUCENA, S. C. Projeto de Minimização do Impacto Ambiental em uma Indústria do Alto Sertão da Paraíba. Ecogestão Brasil. Disponível em: http://eventos.ecogestaobrasil.net/congestas/ Acesso em: 18 dez. 2018.

MARTENS, M. L.; NADAE, J.; CARVALHO, M. M. A Relação entre Empresas com Certificação Socioambiental e Empresas com Certificação de Qualidade. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 3, n. 3, p. 1-19, 2014.

MARTINS, P.S.; FILHO, E.E.; NAGANO, S.N. Fatores contingenciais da gestão ambiental em pequenas e médias empresas. Rev. Adm. Mackenzie, v.12, n°2, p. 156-179, 2015.

PEIXE, B.S.C.; CRISTINA, A.; BORNIA, A.C.; TEZZA, R.; CAMPOS, L.M.S.; Fatores

relacionados com a maturidade do sistema de gestão ambiental de empresas industriais brasileiras. Revista de administração de empresas FGV EAESP, v.59, n°1, p. 29-42, 2018.

PEREIRA, M.A.V.; MOREIRA, M.A. Análise Bibliométrica sobre Práticas de Gestão Socioambiental na Pequena Empresa. P2P & INOVAÇÃO, Rio de Janeiro, v. 5 n. 1, p.177-194, 2018.

PEREIRA, M.M.O.; ANTUNES, L.G.R.; MINEIRO, A.A.C.; BARBOSA, B.B.C.C.;

ANTONIALLI, L.M. Inovação ambiental em Laticínios: um estudo sobre as racionalidades presentes nos discursos de gestores. XIX ENGEMA, 2017.

PETARNELLA, L.; SILVEIRA, A.; MACHADO, N. S. Educação Ambiental e Ensino de Sustentabilidade: reflexões no contexto da administração. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 6, n. 1, 2017.

PINTO, T. J. A.; MARDEGAN, Y. M. L. Implementação do Sistema de Gestão Ambiental: Fatores críticos de sucesso. Ciências Farmacêuticas Sistema de Gestão Ambiental, p. 296-320, 2009. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/978-85-277-1942- 1/cfi/320!/4/[email protected]:0.00 Acesso em: 20 dez. 2018.

RABELO, W.A.; AMARAL, A. E. Implantação de um Sistema de Gestão Ambiental em uma Indústria de Laticínios, baseado nos Requisitos da NBR ISO 14.000.

Ecogestão Brasil. Disponível em: http://eventos.ecogestaobrasil.net/congestas/ Acesso em 07 jan. 2019.

RIOS, R. S.; OLIVEIRA. S.S. A Responsabilidade Social Empresarial e a Responsabilidade Civil Ambiental: uma aproximação neoinstitucional. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 2, n. 1, p. 74-96, 2013.

ROCHA, C. M.; MARÇANEIRO, M. B. Interface entre a Legislação Ambiental e as Estratégias de Inovações Organizacionais: o caso de duas empresas do setor de papel e celulose. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 3, n. 2, p. 165-178, 2014.

SALGADO, F. M. M. O Futuro do Leite no Brasil: uma análise de ambiente da cadeia produtiva de lácteos. Juiz de Fora: Universidade Federal de Juiz de Fora, 2013.

SEIFFERT, Mari Elizabete Bernardini. Gestão Ambiental: instrumentos, esferas de ação e educação ambiental. São Paulo: Atlas, 2007.

SILVA, R.R.; SIQUEIRA, E.Q.; NOQUEIRA, I.S. Impactos Ambientais de Efluentes de Laticínios e Curso D’água na Bacia do Rio Pomba. Eng Sanit Ambient, v.23, n. 2, p. 217-228, 2018.

SILVA, S.Z.; BORTOLUZZI, F.; BERTOLINE, G.R.F. Gestão ambiental e viabilidade para obtenção de certificação ambiental. Revista de administração Imed, v.7, n°1, p. 3-28, 2017.

SILVEIRA, M.P.; ALVES, J.N.; FLAVIANO, V. Os Desafios da Implantação da Gestão Ambiental: estudo de caso em uma indústria de laticínios. R. gest. sust. ambient., Florianópolis, v. 2, n. 2, p. 88 - 106, 2014.

TEODORO, M. E. Estudo sobre o Processo de Inserção da Variável Ambiental na Grande Indústria: a ISO 14000. Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – FFLCH, Dissertação de Mestrado, 2002.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-771

Refbacks

  • There are currently no refbacks.