Siderurgia 4.0: dimensão inteligente e sustentável / Siderurgy 4.0: intelligent and sustainable dimension

Anderson Gois Marques da Cunha, José Luiz Alves, Emanuel Ferreira Leite

Abstract


O estudo tem como lastro a pesquisa aplicada com ênfase no entendimento sobre os impactos da indústria 4.0 no gerenciamento ambiental no setor secundário, no que diz respeito à indústria do aço em seus diversos processos. O estudo da siderurgia no cenário nacional e do aço inseridos no contexto da 4ª Revolução Industrial traz relevante impacto sobre a Economia doméstica e global. Estrutura-se em uma análise qualitativa, exploratório-descritiva. Sendo lastreada em uma pesquisa bibliográfica apoiada em literatura especializada e materiais coletados a partir de banco de dados em meio eletrônico de artigos, periódicos e sites específicos que tratam do tema central Indústria 4.0, oriundos de base de dados Capes, ResearchGate, com ênfase temporal contemporânea entre 2016 e 2018.  Os subtemas abordados centram-se em sustentabilidade, novas tecnologias e inovação e tem como intuito a investigação de como essa nova abordagem da indústria no planejamento inteligível e sustentável em prol da não degradação ambiental. Os resultados observam que a indústria 4.0 no setor siderúrgico, apesar de ser altamente tecnológica, e recente no âmbito nacional, traz efetividade em uma gestão eficiente de resíduos, conferindo investimentos potenciais em prol do meio ambiente, e por outro lado ainda há tendência para aumento significativo da extração e uso de recursos naturais para suprir novas demandas. 


Keywords


Agenda 2030, Gestão de Resíduos, Manufatura Avançada, Sustentabilidade

References


ABREU, Diego. 9 megatendências da inovação que vão transformar a indústria. Agência de Notícias Confederação Nacional da Indústria (CNI), 2017.

AZEVEDO, Marcelo T. de. Transformação Digital na Indústria: Indústria 4.0 e a Rede de Água inteligente no Brasil. (Tese de doutorado). Escola Politécnica da Universidade de São Paulo: São Paulo, 2017.

BEIER, Grischa. Sustainable Impacts of Industry 4.0. (2018)

BEIER, Grischa; NIEHOFF, S.; ZIEMS, Tilla; XUE, Bing. Sustainability aspects of a digitalized industry – A comparative study from China and Germany. T. et al. Int. J. of Precis. Eng. and Manuf.-Green Tech. (2017).

BERBEL, José Divanil Spósito. Introdução à contabilidade e análise de custos: (simples & prático). São Paulo: Editora STS, 2017. Disponível em: Acesso em: 11 mar. 2019

CNI (Confederação Nacional da Indústria). Desafios para a indústria 4.0 no Brasil. Brasília: CNI, 2016

COSTA, Cesar da. Indústria 4.0: o futuro da indústria nacional. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo. São Paulo, 2017. POSGERE (ISSN 2526-4982), v. 1, n. 4, set.2017, p. 5-14.

CUNHA, Anderson Góis M. da; SILVA, Andrea F. Alves da; LEITE, Emanuel Ferreira; ALVES, José Luiz. Catador de Resíduos Sólidos: Uma abordagem empreendedora e sustentável. In: LEITE, Emanuel Ferreira.(Org.) Lições de Empreendedorismo. Recife: EDUPE, 2018.

DUTRÉNIT, Gabriela. Innovación, recursos naturales y manufactura avanzada: nuevos dilemas de la industrialización en América Latina. Disponível em: . Acesso em: 13 mar. 2019.

EUROPEAN PARLIAMENT. Industry 4.0 Digitalisation for productivity and growth. (2015). Disponível em: . Acesso em: 25 fev. 2019.

FIRJAN. Panorama de Inovação: Indústria 4.0. Disponível em: Acesso em: 14 mar. 2019.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GORNI, Antonio Augusto. A siderurgia e a indústria 4.0. Disponível em: Acesso em: 12 mar. 2019.

GRAY, David E. Pesquisa no Mundo Real. 2ª Edição Porto Alegre: Penso 2012.

INSTITUTO AÇO BRASIL. Dados estatísticos – Produção siderúrgica brasileira. Disponível em: < http://www.acobrasil.org.br/site2015/estatisticas.asp> Acesso em: 14 mar. 2019.

______. História do aço. Disponível em: Acesso em: 14 mar. 2019.

JESUS, Carlos Antônio Gonçalves de. Minério de ferro e aço. Disponível em: Acesso em: 13 fev. 2019.

LAURETH, Waleska Camargo. Convergência tecnológica, educação e trabalho: do discurso social global aos desafios regionais. Revista da ABET, v. 13, n. 2, jul. - dez. 2014.Disponível em: Acesso em: 19 mar. 2018.

LYRA, Alexandre Campos. Mensagem do Presidente (2018). Disponível em: Acesso em: 12 mar. 2019.

MAZZAFERRO, José Antônio Esmerio. Indústria 4.0 e a Qualidade da Informação. Soldag. insp. São Paulo, v. 23, n. 1, p. 1-2, mar. 2018. Disponível em: Acesso em: 13 mar. 2019.

ONU. Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – Agenda 2030 (2019). Disponível em: < https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/> Acesso em: 11 mar. 2019.

PASCOALOTTO, Adalberto de Souza. BUBLITZ, Michelle Dias. Desafios do presente e do futuro para as relações de consumo ante indústria 4.0 e a economia colaborativa. Rio Grande do Sul: PUCRS, 2018. Disponível em: < http://hdl.handle.net/10923/11394> Acesso em: 12 mar. 2019.

PINTO, Leonardo. O desafio social e os dilemas ambientais na indústria 4.0. (2017)

PORTAL DA INDÚSTRIA. Indústria do aço investiu R$ 3,6 bilhões em ações de proteção ambiental em três anos (2018). Disponível em: < https://noticias.portaldaindustria.com.br/noticias/sustentabilidade/industria-do-aco-investiu-r-36-bi-em-acoes-de-protecao-ambiental-em-tres-anos/> Acesso em: 14 fev. 2019.

SANTOS, Nilton Pereira dos. A fábrica de ferro São João de Ipanema: economia e política nas últimas décadas do Segundo Reinado (1860-1889). 2009. Dissertação (Mestrado em História Econômica) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. doi:10.11606/D.8.2009.tde-09122009-094712. Acesso em: 2019-03-15

SALTIÉL, R. M. F.; NUNES, F. A indústria 4.0 e o sistema Hyundai de produção: suas interações e diferenças. V SIMEP - Simpósio de Engenharia de Produção. Anais. Joinville: 2017. Disponível em: Acesso em: 10 fev. 2019.

SCHUMPETER, Joseph A. Capitalismo, Socialismo e Democracia. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura, 1961. Disponível em: < http://www.ie.ufrj.br/intranet/ie/userintranet/hpp/arquivos/100820171042_SchumpeterCapitalismoSocialismoeDemocracia.pdf> Acesso em: 10 mar. 2019.

STEFANI, Eduardo et al. Aplicabilidade da Filosofia Lean na Indústria 4.0. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.7, n.3, p. 21335-21348, mar. 2021. Disponível em: Acesso em: 15 mar. 2021.

VGRESÍDUOS. Como as Indústrias estão lucrando com as sobras de fabricação do aço? Disponível em: Acesso em: 14 mar. 2019.

WORLD BANK. Waste Not, Want Not – Solid Waste at the Heart of Sustainable Development (2016). Disponível em: Acesso em: 10 fev. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-259

Refbacks

  • There are currently no refbacks.