Saberes docentes em relação aos discentes com altas habilidades/superdotação no contexto de ensino remoto / Teachers' knowledge in relation to students with high abilities/superdotação in the context of remote teaching

Débora Thalita Santos Pereira, Thelma Helena Costa Chahini

Abstract


O ensino remoto emergencial foi regulado pelo Conselho Nacional de Educação por meio do Parecer nº 5/2020, aprovado em 28 de abril de 2020, como alternativa para suprir a ausência das aulas presenciais por meio de encontros não presenciais. Conforme o referido documento, as atividades pedagógicas não presenciais devem ser aplicadas a todos os alunos de todos os níveis, etapas e modalidades de ensino. Sendo assim, o objetivo primário deste estudo correspondeu a investigar, por meio de pesquisa bibliográfica, quais os saberes que os docentes de alunos com altas habilidades/superdotação devem possuir para o contexto de aulas remotas. Nesse sentido, foi desenvolvida uma pesquisa bibliográfica de abordagem qualitativa, a partir do levantamento de material disponível a consulta pública na internet, como livros didático-pedagógicos, publicações periódicas e legislação sobre discentes com altas habilidades/superdotação e seu processo de ensino-aprendizagem. Após a seleção do material, foi realizada a análise para discussão dos dados e posterior compilação de sugestões de metodologias possíveis de aplicabilidade em sala de aula on-line. Os achados da pesquisa enfatizam que tanto os saberes quanto as práticas docentes precisam oferecer ao aluno com altas habilidades/superdotação desafios otimizados que integrem algo novo e motivem o desenvolvimento de suas habilidades e dinamicidade nas atividades, bem como incentivem a autonomia dos discentes, o aprofundamento dos interesses individuais e das habilidades criativas, críticas e de pesquisa. Assim, as metodologias ativas de aprendizagem são um diferencial no processo ensino-aprendizagem de discentes com as referidas necessidades educacionais específicas.


Keywords


Altas habilidades/superdotação, Ensino remoto, Saberes docentes

References


BRASIL. Câmara dos Deputados. Educação de alunos superdotados/altas habilidades: legislação e normas nacionais e legislação internacional. Brasília, DF: Câmara dos Deputados, 2010. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/estudos-e-notas-tecnicas/publicacoes-da-consultoria-legislativa/areas-da-conle/tema11/2010_645.pdf. Acesso em: 31 jul. 2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Parecer CNE/CP n°5, de 28 de abril de 2020. Reorganização do Calendário Escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da Pandemia da COVID-19. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 32, 1º jun. 2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=145011-pcp005-20&category_slug=marco-2020-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 3 ago. 2020.

BRASIL. Decreto nº 7.611, de 17 de novembro de 2011. Dispõe sobre a educação especial, o atendimento educacional especializado e dá outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, 18 nov. 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Decreto/D7611.htm. Acesso em: 31 jul. 2020.

BRASIL. Ministério de Educação. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/politicaeducespecial.pdf. Acesso em: 31 jul. 2020.

CAMARGO, Fausto; DAROS, Thuinie. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

FLEITH, Denise de Souza (org.) A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: orientação a professores. Brasília, DF: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Especial, 2007a. v. 1. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pec-g/192-secretarias-112877938/seesp-esducacao-especial-2091755988/12679-a-construcao-de-praticas-educacionais-para-alunos-com-altas-habilidadessuperdotacao. Acesso em: 10 jul. 2020.

FLEITH, Denise de Souza (org.) A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: atividades de estimulação de alunos. Brasília, DF: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Especial, 2007b. v. 2. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pec-g/192-secretarias-112877938/seesp-esducacao-especial-2091755988/12679-a-construcao-de-praticas-educacionais-para-alunos-com-altas-habilidadessuperdotacao. Acesso em: 10 jul. 2020.

FLEITH, Denise de Souza (org.) A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: o aluno e a família. Brasília, DF: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Especial, 2007c. v. 3. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pec-g/192-secretarias-112877938/seesp-esducacao-especial-2091755988/12679-a-construcao-de-praticas-educacionais-para-alunos-com-altas-habilidadessuperdotacao. Acesso em: 10 jul. 2020.

MAIA-PINTO, Renata Rodrigues. Desenvolvimento de Projetos de Pesquisa. In: FLEITH, Denise de Souza (org.) A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: atividades de estimulação de alunos. Brasília, DF: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Especial, 2007b. v. 2. p. 81-102. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pec-g/192-secretarias-112877938/seesp-esducacao-especial-2091755988/12679-a-construcao-de-praticas-educacionais-para-alunos-com-altas-habilidadessuperdotacao. Acesso em: 10 jul. 2020.

MARQUES, Danitiele Maria Calazans; COSTA, Maria da Piedade Resende da. Altas habilidades/superdotação: a intervenção educacional na precocidade a partir da teoria das inteligências múltiplas. São Carlos: Pedro & João Editores, 2018.

NAÇÕES UNIDAS BRASIL. Coronavírus: UNESCO reúne organizações, sociedade civil e setor privado em coalizão pela aprendizagem. Rio de Janeiro, 30 mar. 2020. Disponível em: https://nacoesunidas.org/coronavirus-unesco-reune-organizacoes-sociedade-civil-e-setor-privado-em-coalizao-pela-aprendizagem/. Acesso em: 3 ago. 2020.

NEVES-PEREIRA, Mônica Souza. Estratégias de promoção da criatividade. In: FLEITH, Denise de Souza (org.) A construção de práticas educacionais para alunos com altas habilidades/superdotação: atividades de estimulação de alunos. Brasília, DF: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Especial, 2007b. v. 2. p. 13-34. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pec-g/192-secretarias-112877938/seesp-esducacao-especial-2091755988/12679-a-construcao-de-praticas-educacionais-para-alunos-com-altas-habilidadessuperdotacao. Acesso em: 10 jul. 2020.

RENZULLI, Joseph. A concepção de superdotação no modelo dos três anéis: um modelo de desenvolvimento para a promoção da produtividade criativa. In: VIRGOLIM, Angela; KONKIEWITZ, Elizabete Castelon (orgs.). Altas habilidades/superdotação, inteligência e criatividade. Campinas: Papirus, 2014a. p. 219-264.

RENZULLI, Joseph. Modelo de Enriquecimento para toda a Escola: um plano abrangente para o desenvolvimento de talentos e superdotação. Revista Educação Especial, Santa Maria, v. 27, n. 50, p. 539-562, set./dez. 2014b. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/educacaoespecial/article/view/14676/pdf. Acesso em: 10 jul. 2020.

RENZULLI, Joseph. O que é essa coisa chamada superdotação e como a desenvolvemos? Uma retrospectiva de vinte e cinco anos. Revista Educação, Porto Alegre, n. 1, p. 75-131, jan./abr. 2004. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/375. Acesso em: 15 jul. 2020.

VIRGOLIM, Angela M. R. Altas habilidades/superdotação: encorajando potenciais. Brasília, DF: Ministério da Educação/Secretaria de Educação Especial, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/pec-g/192-secretarias-112877938/seesp-esducacao-especial-2091755988/12679-a-construcao-de-praticas-educacionais-para-alunos-com-altas-habilidadessuperdotacao. Acesso em: 10 jul. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n4-608

Refbacks

  • There are currently no refbacks.