Extração das proteínas de sementes e polpa de Cucurbita maxima: uma análise experimental / Extraction of proteins from Cucurbita maxima seeds and pulp: an experimental analysis

Thaís de Oliveira Anastácio, Bruna Sanae Moroto, Janaína de Cássia Orlandi Sardi, Caio Fernando Ramalho de Oliveira, Maria Lígia Rodrigues Macedo

Abstract


As abóboras (Cucurbitaceae) estão distribuídas em mais de 120 gêneros e 800 espécies. Acredita-se que as abóboras foram cultivadas pela primeira vez no México, em 5.550 a.C. Devido ao melhoramento genético, hoje, as abóboras são cultivadas nas mais variadas condições climáticas em todo o mundo. Por este motivo, estudos acerca do potencial anti-helmíntico, anti-hipertensivo, hipoglicêmico, antimicrobiano e antioxidante de diversas espécies de abóboras são crescentes. Do ponto de vista nutricional, as Cucurbitáceas são fontes de vitaminas A, B, cálcio, ferro, silício e magnésio. Neste estudo descrevemos o processo de extração das proteínas presentes no endosperma das sementes e na polpa de Cucurbita maxima, variedade Duchesne (moranga). A farinha do endosperma das sementes foi utilizada para a extração de proteínas, utilizando tampão fosfato de potássio (KH2PO4) 0,1 M contendo 0,3 M de NaCl, pH7,6. Uma segunda metodologia de extração foi realizada utilizando água destilada. A extração em tampão fosfato apresentou um rendimento de 10,5%, enquanto a extração aquosa apresentou rendimento próximo de 0,6%. A partir da polpa, a recuperação de proteínas foi inversa: 0,2% para o extrato salino e 1,7% para o extrato aquoso. Dado o elevador teor de proteínas presente nas sementes, propomos seu uso como forma de suplementação nutricional e/ou probiótica, sendo necessárias análises complementares para investigar seu valor biológico, bem como as propriedades antimicrobianas e antifúngicas.

 

 


Keywords


Eletroforese, Extração de proteínas, Fitoquímico.

References


Kulczy?ski B, Gramza-Micha?owska A. O Perfil de Carotenóides e Outras Moléculas Bioativas em Vários Cultivares de Abóbora (Cucurbita maxima Duchesne). Moléculas [Internet]. MDPI AG; 4 de setembro de 2019; 24 (18): 3212. Disponível em: http://dx.doi.org/10.3390/molecules24183212

Paul M, Sohag MSU, Khan A, Barman RK, Wahed MII, Khan MRI. Pumpkin (Cucurbita maxima) seeds protect against formaldehyde-induced major organ damages. Heliyon. 2020 Aug 20;6(8):e04587. doi: 10.1016/j.heliyon.2020.e04587

Corrêa APC, Silva SDS, D’avila R, Krolow ACR, Zambiazi RC. Perfil de ácidos graxos do óleo de semente de abóboras crioulas (Cucurbita máxima L.). Embrapa Clima Temperado. 2013 [citado 21 maio 2021]. Disponível em: https://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/972995/1/cd2293871RV.pdf

Salehi B, Sharifi-Raf J, Capanoglu E, Adrar N, Catalkaya G, Shaheen S, et al. Cucurbita plants: From farm to industry. Applied Sciences, v. 9, n. 16, p. 3387, 2019. https://doi.org/10.3390/app9163387

ABD El-aziz AB, ABD El-kalek HH. Antimicrobial proteins and oil seeds from pumpkin (Cucurbita moschata). Nature and Science, v. 9, n. 3, p. 105-119, 2011 [citado 14 maio 2021]. Disponível em: http://free-journal.umm.ac.id/files/file/16_4859ns0903_105_119.pdf

Vale C, Loquete F, Zago M, Chiella P, Bernardi D. COMPOSIÇÃO E PROPRIEDADES DA SEMENTE DE ABÓBORA. FJH [Internet]. 20dez.2019 [citado 22 maio 2021];1(4):79-0. Available from: https://fjh.fag.edu.br/index.php/fjh/article/view/95

Kabbashi JAS, Koko WS, Mohammed SEA, Musa N, Osman EE, Dahab MM, et al. In vitro amoebicidal, antimicrobial and antioxidant activities of the plants Adansonia digitata and Cucurbit maxima. Advancement in Medicinal Plant Research, v. 2, n. 3, p. 50-57, 2014 [citado 13 abr 2021]. Disponível em: http://www.netjournals.org/z_AMPR_14_023.html

Tinoco LP, Porte A, Porte LHM, Godoy RLO, Pacheco S. Perfil de Aminoácidos de Farinha de Semente de Abóbora. Journal of Health Sciences, v. 14, n. 3, 2012. https://doi.org/10.17921/2447-8938.2012v14n3p%25p

PUMAR M, Freitas MCJ, Cerqueira PM; Santagelo SB. Avaliação do efeito fisiológico da farinha de semente de abóbora (Cucurbita maxima, L.) no trato intestinal de ratos. Food Science and Technology, v. 28, p. 7-13, 2008. https://doi.org/10.1590/S0101-20612008000500002

Cerqueira PM, Freitas MCJ, Pumar M, Santangelo SB. The pumpkin (Cucurbita maxima, L.) seed flour effect on the rat glucose and lipid metabolism. Revista de Nutrição, v. 21, n. 2, p. 129-136, 2008. https://doi.org/10.1590/S1415-52732008000200001

Laemmli UK. Cleavage of structural proteins during the assembly of head of bacteriophage T4. Nature, v. 227, n. 5259, p. 680-685, 1970 [citado 15 abr 2021]. Disponível em: https://www.nature.com/articles/227680a0#citeas

Silva MC, Corrêa AD, Santos CD, Marcos FCA, Abreu CMP. Extração da lectina da folha de mandioca (Manihot esculenta Crantz) e o efeito de cátions divalentes na atividade hemaglutinante. Food Science and Technology, v. 30, p. 103-107, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-20612010000500017

Souza TL, Bechtlufft MP. Determinação de proteínas totais presentes nos ovos do carrapato Boophilus microplus, via espectrofotometria pelo método de Bradford. SYNTHESIS| Revistal Digital FAPAM, v. 4, n. 1, p. 147-155, 2013 [citado 15 maio 2021]. Disponível em: https://periodicos.fapam.edu.br/index.php/synthesis/article/view/66/62

Bitencourt C, Dutra FLG, Pinto VZ, Helbig E, Borges LR. Elaboração de bolos enriquecidos com semente de abóbora: avaliação química, física e sensorial. Boletim do Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos, v. 32, n. 1, 2014. http://dx.doi.org/10.5380/cep.v32i1.36927

Lopes MV, Benevides CMJ, Lima JFO, Oliveira LC, Rodrigues JRF, Andrade LL, et al. Uso de farinha mista de trigo e semente de abóbora (Cucurbita spp) na elaboração de pão francês. Hig. alim., p. 88-93, 2008. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/vti-45342

Chonoko UG, Rufai AB. Phytochemical screening and antibacterial activity of Cucurbita pepo (Pumpkin) against Staphylococcus aureus and Salmonella typhi. Bayero Journal of Pure and Applied Sciences, v. 4, n. 1, p. 145-147, 2011. https://doi.org/10.4314 / bajopas.v4i1.30

AL-Ghazal TA. Evaluation of Antibacterial Effect of Cucurbita pepo (Yakten) Extracts on Multi-antibiotic Resistance Bacterial Strains Isolated From Human Urinary Tract Infections. Rafidain Journal of Science, 2012; 23(3): 1-7. doi: 10.33899/rjs.2012.44363




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n6-618

Refbacks

  • There are currently no refbacks.